Público de Flamengo e Corinthians no Maracanã faz Mengo lucrar no Brasileirão

Despesas, no entanto, superaram o valor que ficou com o Rubro-Negro


Na última quarta-feira (17), o Flamengo recebeu o Corinthians, no Maracanã, pelo Brasileirão, e contou com grande presença da torcida no estádio. Este foi o duelo derradeiro do Fla, em solo carioca, antes da final da Libertadores. E o apoio da Nação foi fundamental nas receitas do clube, já que o Mengo obteve lucro financeiro com o confronto.

No boletim financeiro da FERJ enviado à CBF, consta que o Mais Querido embolsou R$ 948.034,47 de lucro líquido. A receita total da partida foi R$ 2.033.427,50. No entanto, as despesas chegaram ao valor de R$ 1.051.008,36, e foi maior do que o montante arrecadado pelo Clube da Gávea.


Aproveite a boa fase do Flamengo para lucrar!


Cerca de 48.981 pessoas pagaram ingresso para assistir ao duelo entre as equipes com as duas maiores torcidas do país. Porém, mesmo entrando ligado no Brasileirão, o Rubro-Negro está focado na final da Libertadores, que ocorre neste sábado (27). O time carioca enfrenta o Palmeiras em busca do terceiro troféu na história da competição.

Mas antes, o Flamengo tem um compromisso pelo torneio nacional, já que enfrenta o Grêmio nesta terça (23), em jogo adiado da segunda rodada do Brasileirão. A bola rola às 21h (horário de Brasília), na Arena Grêmio, e o treinador Renato Gaúcho deve poupar os titulares visando o confronto sul-americano.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Custo muito alto, beneficio muito baixo, pois o gramado do maracana e um dos piores para a pratica do futebol atualmente, o gramado mais parece um pantano, o flamengo e um time de toque de bola rapido, o que no maracana e impossivel, quando o flamengo joga em um gramado descente, fatalmente ganha seus jogos com facilidade, exemplo, perdeu para o Internacional por 4 x 0 no marca, no Beira Rio deu um show de bola, nao ganhou de mais porque nao quis

  • O Maracanã está projetado para eventos Fifa. Para o futebol de clubes, onde precisa destinar 10% da capacidade para a torcida adversária e para outros eventos como shows, o estádio se torna inviável. Ele não tem opções de acesso seletivo e o formato (lay out) é muito engessado, fixo, gerando custos administrativos altos, com logística complicada.
    Também sou a favor de um estádio próprio para 40 ou 50 mil pessoas. Poderia ser com grama mista (sintética+natural), como no campo do Corinthians ou com grama sintética mesmo, como no Allianz Park, e deixar o Maracanã para jogos maiores. Mas é o tipo de investimento que o Flamengo não deveria fazer sozinho. Deveria buscar parceiros, tanto para o investimento, como para a administração.
    SRN

  • Absurdo essa despesa.
    Mengao demorou demais pra fechar uma parceria com alguma construtora.
    Ou até mesmo os Árabes…pq não vão lá nos Sheiks e negociam um financiamento com uma parceria futura? O que são 600, 700 milhões praqueles caras.
    Entendo que temos o Maracanã, mas essas despesas são absurdas.
    E outra….qual é o custo pra se jogar em Brasília?
    781.785,40

  • Absurdo essa despesa.
    Mengao demorou demais pra fechar uma parceria com alguma construtora.
    Ou até mesmo os Árabes…pq não vão lá nos Sheiks e negociam um financiamento com uma parceria futura? O que são 600, 700 milhões praqueles caras.
    Entendo que temos o Maracanã, mas essas despesas são absurdas.

  • Será que ninguém na diretoria, não percebe que sempre gasta mais do arrecada com o Maraca?
    Não seria melhor ter seu próprio estádio, ficar com todo o lucro?