Técnico alemão revela contato do Flamengo em 2020: “Estive aberto à aventura”

Jürge Klinsmann foi uma das opções do Flamengo após a saída de Jorge Jesus


Após a saída de Jorge Jesus, o Flamengo criou uma base na Europa, e iniciou reuniões com alguns técnicos para substituir o ‘Mister’. O escolhido foi Domènec Torrent, no entanto, outros treinadores participaram da ‘entrevista’ rubro-negra. Um deles foi o alemão Jürge Klinsmann, que falou pela primeira vez sobre a recuso ao time carioca.

Em entrevista ao UOL, o técnico falou sobre o contato do Flamengo e resumiu o ‘fim da novela’ como: “É difícil dizer o porquê de não ter dado certo”. Entretanto, além disso, aproveitou para rasgar elogios ao Mais Querido e não descartou a vinda para algum time sul-americano.

— Foi um pouco mais do que um rumor, mas, obviamente, os clubes têm muitas opções e tudo depende de com quais candidatos você conversar. O Flamengo é um dos maiores clubes do mundo, talvez o maior do Brasil, e tem torcida no mundo inteiro. É um clube fascinante de falar sobre – disse Klinsmann, antes de dizer se aceitaria trabalhar no Brasil hoje:


Camisas do Flamengo, acessórios e muito mais: compre e ganhe brindes na melhor loja online do Mengão!


—  Com certeza. Estive aberto a novas aventuras na minha vida inteira. Para continuar vivendo do futebol, é preciso estar aberto a tudo, todos precisam ter a mente aberta. Muitas décadas atrás, os treinadores nem consideravam deixar seus países, mas o tempo mudou isso. O Carlos Alberto Parreira, para usar um exemplo brasileiro, treinou em todos os cantos do mundo – finalizou.

Cabe destacar que o treinador alemão está sem clube desde a sua passagem pelo Hertha Berlim, que se encerrou em fevereiro de 2020. O treinador ganhou destaque com a Seleção Alemã entre 2004 e 2006. Além disso, acumula passagens pelo Bayern de Munique e Seleção dos Estados Unidos.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *