Confira o balanço do segundo dia de reuniões do Flamengo na Europa

Dirigentes retornam ao Brasil na quinta (23) e vivem contagem regressiva


O Flamengo chegou à Europa no último fim de semana e, logo no domingo (19), iniciou a maratona em busca do técnico. A última segunda-feira (20) foi o segundo dia de reuniões em solo europeu, e o Coluna do Fla separou um ‘balanço’ do dia de Marcos Braz e Bruno Spindel, vice-presidente de futebol e diretor executivo da pasta, respectivamente.

Ao todo, foram três reuniões ao longo do dia. Em um primeiro momento, a dupla rubro-negra se encontrou com os agentes de Paulo Sousa, visto que no dia anterior já haviam conversado informalmente com o técnico. Logo depois, no início da tarde, Braz e Spindel sentaram à mesa com Bruno Macedo, empresário de Jorge Jesus e também de Carlos Carvalhal.

Como dito, em apenas uma reunião, o Rubro-Negro otimiza o tempo e trata sobre o futuro de dois treinadores. Cabe destacar que tanto Jesus quanto Carvalhal estão empregados no futebol português, um no Benfica e o outro no Braga, respectivamente. Ou seja, a dificuldade é semelhante: a multa rescisória.

Por fim, na última segunda (20), os dirigentes do Flamengo se encontraram com Mohamed Azfal, empresário de Rui Vitória. O técnico deixou o comando do Spartak Moscou na última quarta-feira (15) e, com isso, entrou no radar do rubro-negro. Mas, ao que se sabe, este foi o ‘entrevistado’ que menos agradou a Braz e Spindel.


As melhores ofertas para produtos do Flamengo: aproveite desconto e brindes!


Agora, o Flamengo entra no terceiro dia em Portugal e, inclusive, começa a contagem regressiva para retornar ao Brasil. Inicialmente, a passagem de volta está marcada para quinta (23), no entanto, caso o técnico ainda não esteja definido, há a possibilidade de adiar o retorno.

Ao que tudo indica, após as recentes declarações de Braz, o Flamengo não deixará Portugal sem ouvir Jorge Jesus pessoalmente. O vice-presidente de futebol concedeu duas entrevistas recentemente e afirmou que vai tomar café com o técnico português. Além disso, o dirigente revela que não foi para Portugal para contratar Mister, mas que se tiver chance, vai tentar.

Importante destacar que outro nome entrou no radar do Flamengo: Vitor Pereira. Isso porque, na segunda (20), o treinador foi demitido do Fenerbahce (Turquia) e, com isso, caso vença o ‘processo seletivo’ rubro-negro, o técnico tem um ponto a seu favor, que é não ter multa rescisória, visto que está livre no mercado.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Eu acho que o Flamengo não tem nenhum planejamento para a próxima temporada, e fica com essa de JJ somente para enganar a nação. Quando conseguirem um técnico os melhores jogadores já estarão em outros clubes.

  • O Flamengo tem que entender que a temporada na Europa termina no meio do ano, lá não é igual aqui que os técnicos trocam de time de acordo com a proposta, bem como não costumam serem dispensados no meio do ano, deveriam ser mais profissionais, deveriam der feito um contrato com Renato para um. Ano, ai findava em junho, período que os técnicos da Europa estão em final de contrato, agora só resta segurar o Maurício até o meio do ano, n se quiser um técnico estrangeiro