Dirigente do Internacional fala sobre disputa por Paulo Sousa: “Não entramos em leilão”

Clube gaúcho tentou a contratação do técnico português, mas viu o comandante preferir o Flamengo

O Flamengo tem um técnico para a temporada 2022: Paulo Sousa. Detalhes separam o Mengo do anúncio oficial, mas o comandante já organiza a mudança para o Brasil. Durante o processo de negociação entre as partes, no entanto, o Internacional apareceu ‘no caminho’ do Rubro-Negro, mas segundo o diretor executivo Paulo Bracks, o clube gaúcho se nega a participar de ‘leião’ por profissionais.


Quer comprar produtos do Flamengo pela internet? Conheça a loja mais rápida e segura!


– Felizmente ou infelizmente, esbarramos com dois profissionais empregados. A cautela na sondagem, na conversa, nos fez direcionar ao Medina. Iniciamos uma negociação dentro das possibilidades que tínhamos no momento. Essa negociação travou. Avançamos por um segundo nome (Paulo Sousa) até o momento que houve uma palavra que nos fez retirar do negócio, que é leilão. O Internacional não vai entrar em leilão. E se soubesse que ia culminar em leilão, não teria nem entrado -, disse o dirigente, em entrevista coletiva.

A fala de Paulo Bracks foi concedida nesta segunda-feira (27), em entrevista coletiva realizada para a apresentação do novo técnico do Internacional: o uruguaio Alexander Medina. Como dito anteriormente, Paulo Sousa, preterido pelo Colorado, optou por comandar o Flamengo.

Paulo Sousa já organiza os detalhes da mudança e chegará ao Rubro-Negro com comissão técnica completa. Seis profissionais vão acompanhar o português no Flamengo e trabalhar para recolocar o Mais Querido no caminho das vitórias.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *