Jornal espanhol vê futuro de Reinier como imprevisível: “Batata quente na mão do Real”

Jovem está emprestado ao Borussia e deseja sair do futebol alemão

O Flamengo é conhecido por revelar diversos jogadores para o mundo. Além de Lucas Paquetá e Vinicius Jr, Reinier é um dos que chamaram atenção do futebol europeu. No entanto, o jovem ainda não conseguiu se firmar no Velho Continente e vem sofrendo críticas da imprensa.

Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!

O jogador foi contratado pelo Real Madrid em 2020, por 30 milhões de euros, ou seja, cerca de R$ 136 milhões na cotação da época. O projeto de carreira era semelhante ao de Vinicius Jr, porém, Reinier acabou emprestado para o Borussia Dortmund (Alemanha). De acordo com o jornal espanhol ‘Mundo Desportivo’, o meia é uma ‘batata quente’ na mão do clube merengue.

Ao que tudo indica, Reinier quer romper o contrato de empréstimo com o Borussia, mas aguarda a decisão do clube alemão. O Real Madrid, por sua vez, ainda não se envolveu na situação e também está esperando uma resposta dos alemães.

A ideia inicial do jogador é retornar ao Real, no entanto, o projeto para carreira de Reinier envolvia o empréstimo para outros clubes. A intenção é desenvolver a adaptação ao futebol europeu e, em meio a isso, passar pelo time B do clube espanhol volta a ser uma opção.

Cabe destacar que os números no Borussia não são animadores. Vestindo a camisa do time alemão desde agosto de 2020, Reinier disputou 30 jogos, marcou um gol e deu uma assistência.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Urubu Rei, onde há empresários, há cagadas…

  • Este empréstimo do Reiner foi uma das jogadas mais malucas que eu já vi no futebol. O garoto era reserva quando saiu do Flamengo, no Real Madrid só jogava no Castilla, e seis meses depois era jogador do Borussia Dortmund? Loucura, era óbvio que não ia ter espaço. Deveria ser emprestado pra uma equipe menor da Espanha, ou continuar comendo banco no Madrid como fizeram Vinícius e Rodrigo antes de começarem a ter destaque.