Jornalista vê Filipe Luís capacitado para ser técnico do Flamengo

Lateral tem mais um ano de contrato com o Flamengo e já declarou publicamente a vontade de ser técnico de futebol em futuro próximo


Líder do Flamengo dentro de campo, Filipe Luís já demonstrou vontade em se tornar técnico de futebol e, para o jornalista Renato Maurício Prado, o lateral tem tudo para comandar o Mengo. Em live do UOL Esporte, nessa quarta-feira (22), o comentarista disse, inclusive, que gostaria de ver o jogador integrando a comissão técnica do Rubro-Negro já na próxima temporada.

O meu candidato para integrar a comissão técnica do próximo treinador seria o Filipe Luís. Por mais que eu ache que ele ainda possa jogar, já gostaria de começar a ver ele como auxiliar de uma grande comissão técnica, se preparando para assumir o Flamengo em um futuro não tão longínquo — disse o comentarista.

Vale destacar que Filipe Luís teve o contrato renovado e permanece no elenco rubro-negro por, pelo menos, mais um ano. Entretanto, já com 36 anos de idade, o lateral caminha para a aposentadoria como jogador e, assim, é possível que 2022 seja a temporada derradeira do camisa 16 da Gávea.


Quer comprar produtos do Flamengo pela internet? Conheça a loja mais rápida e segura!


Filipe Luís, aliás, não esconde o desejo de se tornar um treinador no futuro. Em entrevista ao jornal O Globo, em janeiro de 2021, o lateral até revelou qual estilo de jogo deve adotar na beira do gramado.

Digamos que eu comece a treinar o Figueirense, clube que me revelou e é o clube do meu coração também. Proponho o jogo num 4-3-3 com saída sustentada com o goleiro? Ou vou para um jogo mais direto procurando o resultado? Tenho que adaptar meu estilo aos jogadores que tenho. É necessário, com o time lá embaixo, arriscar uma saída de bola? Vão dizer: ‘Mas você não tem uma ideia de jogo definida, só dá balão, é retranqueiro – disse, antes de prosseguir:

Eu vou ser ‘resultadista’ e ponto. Quero ganhar. Se com aqueles jogadores essa forma de jogar vai me colocar mais perto da vitória, então tenho que fazê-los acreditar nisso. Agora, num time grande, é obrigação jogar. Mais do que ter um estilo, é ser mais completo e se adaptar aos jogadores e ao adversário – encerrou Filipe Luís.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *