Ano novo, ‘velhos hábitos’: rotina do Flamengo com Paulo Sousa é semelhante à de Era Jesus

Primeiro dia de trabalho do novo treinador gera mudanças na rotina rubro-negra

A ‘Era Paulo Sousa’ no Centro de Treinamento Ninho do Urubu se iniciou na última segunda-feira (10), com a reapresentação do elenco principal para a temporada 2022. Ao todo, a comissão técnica ficou cerca de 12 horas no CT e definiu a implementação de ‘velhos hábitos’ na rotina dos atletas.

Ficou definido que todos os treinamentos, de terça a domingo, serão na parte da manhã, sempre às 08h (horário de Brasília). Além disso, está de volta o ponto biométrico que marca o ponto dos atletas e, por fim, as refeições obrigatórias no CT Ninho do Urubu. Nos dias de treino pela manhã, tomam café da manhã e almoçam. Se o turno for o da tarde, lancham e jantam no local.

Quem será o próximo a perder para o Mengão? Saiba como lucrar com previsões esportivas!

Além disso, o uso de celulares nas refeições está proibido. A ideia principal de Paulo Sousa é unir o plantel do Flamengo. Cabe destacar que a maioria destas medidas são semelhantes ao período em que Jorge Jesus estava no comando do clube. A restrição aos aparelhos eletrônicos, inclusive, caiu rapidamente com Jesus.

Com os velhos hábitos sendo rotina novamente no CT, Paulo Sousa prepara uma mudança inédita na rotina dos atletas. A comissão técnica pediu à diretoria do Flamengo para que seja viabilizada uma estrutura no Maracanã para que os atletas jantem juntos após os jogos. A ideia, inclusive, contempla a família dos jogadores que forem ao estádio.

MUDANÇAS NO ROTINA RUBRO-NEGRA COM PAULO SOUSA:

– Treinos matutinos

– Ponto biométrico

– Refeições obrigatórias

– Proibição aos celulares nas refeições

– Jantar no Maracanã após os jogos

* As informações foram divulgadas pelo Globo Esporte.

Veja também

  • Cacarubronegro, com Ceni foi exatamente o contrário. Ele tinha pulso, porém não sabia como gerir o grupo. Era muito duro na forma de trabalhar.

  • Uma coisa é certa, com Ceni e Renato, os jogadores mandavam no clube, agora, parece que
    a coisa inverteu, tomara que prossiga e dê certo.

  • Está certíssimo !!! Um clube de futebol deve ser gerido como uma empresa.
    Não só na parte financeira, mas também os jogadores devem ser vistos como funcionários que são cobrados por sua produtividade.
    Clube de futebol não é zona, não é zueira, é coisa séria !!!!

    Tenho certeza que os funcionários, ops jogadores, vão abraçar esse comprometimento !!!

    É isso que queremos ver……o trabalho sendo feito com seriedade…..os Títulos são consequência do trabalho sério a ser feito !!!!

Comentários não são permitidos.