Após saída do Flamengo, Piris da Motta tem rescisão publicada no BID

Sem se firmar no Mengo, o jogador foi vendido ao Cerro Porteño, do Paraguai


O Flamengo segue fazendo a ‘limpa’ no elenco para 2022 e já conta com a saída de vários jogadores. O mais recente foi o paraguaio Piris da Motta. Sem muito prestígio no Rubro-Negro, o volante chegou a um acordo com o clube e acertou sua saída da Gávea. Nesta segunda-feira (17), a rescisão do atleta foi publicada no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF.

Piris deixou o Mengo e se transferiu para o Cerro Porteño, equipe do Paraguai. Na negociação, o Mais Querido recebeu cerca de 1 milhão de dólares (R$ 5,5 milhões na cotação atual) por 70% dos direitos do jogador. No entanto, o Fla ainda mantém 20% do atleta e pode lucrar em uma eventual venda. 


As melhores ofertas para produtos do Flamengo: aproveite desconto e brindes!


Aos 27 anos, o volante nunca conseguiu se firmar na equipe rubro-negra. Foram 57 jogos vestindo a camisa do Flamengo –  não balançou as redes em nenhuma oportunidade. Sem muitas chances de atuar, Piris da Motta chegou a ser emprestado para o Gençlerbirligi (TUR) entre 2020 e 2021, mas a equipe turca decidiu não exercer a opção de compra e ele retornou ao clube carioca.

Além do paraguaio, os seguintes jogadores que faziam parte do elenco principal já deixaram o Mengo em 2022: César, Bruno Viana, Hugo Moura, Vitor Gabriel e Kenedy. Outros atletas podem seguir o mesmo rumo, como é o caso de Michael, que desperta o interesse do Al Hilal, da Arábia Saudita. E em meio a essas indefinições, o Fla se prepara para dar início à nova temporada.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Pela primeira vez na vida, vejo um bom jogador, de boa índole, à nível de seleção e sem histórico de lesões, não ter dado certo no Flamengo. Que patamar estamos!!!