De volta às raízes, Bruno Henrique marca presença em jogo amador em Minas Gerais

No último domingo (23), o atacante compareceu à partida da Copa Itatiaia


Após a segunda semana intensa de trabalho sob o comando de Paulo Sousa, os jogadores do Flamengo receberam folga no último domingo (23). Bruno Henrique, um dos principais atletas da equipe, aproveitou para prestigiar a Copa Itatiaia, torneio amador de Minas Gerais – que inclusive venceu em 2012, atuando pelo Inconfidência. O atacante voltou às raízes e marcou presença na final da competição que ocorreu no Estádio Independência, em Belo Horizonte.

Satisfação minha representar esse grande campeonato que é a Copa Itatiaia. Tive o prazer de jogar e ganhar. O mais importante é estar aqui. Estive no Inconfidência, na Arena do Jacaré, e pude ganhar (em 2012). A gente sabe o prazer que é disputar esse campeonato. Estou no campeonato profissional, mas acompanho o campeonato amador e sei o quanto é importante para todo mundo que acompanha. Que essa Copa nunca termine. Quando eu voltar, ainda vou jogar uma copa dessas — disse, antes de completar:


Camisas do Flamengo, acessórios e muito mais: compre e ganhe brindes na melhor loja online do Mengão!


É uma emoção. É um filme que passa mesmo. Eu não tenho nem palavras para descrever esse momento. Recebi o convite da Itatiaia de estar aqui nesse grande campeonato. Eu sei a importância que tem. Tenho certeza que todo mundo que está aqui sabe a importância dessa Copa. Como falei, essa Copa nunca pode acabar, porque é um campeonato muito gigantesco no futebol amador de todos os lugares. Vocês estão de parabéns por tudo o que vocês fazem por essa Copa. Eu sempre sonhei em jogar em um campo onde os profissionais jogavam. Tenho certeza que todos os jogadores que estão aqui hoje sentem essa sensação — finalizou, em entrevista à Rádio Itatiaia.

O torneio, organizado pela Rádio Itatiaia, foi responsável direto pela ascensão de Bruno Henrique na carreira como profissional. Com o destaque no campeonato, o jogador foi observado pelo Cruzeiro e chegou a ser registrado pela equipe. No entanto, não atuou pelo clube e rodou por vários times do interior de Minas e de Goiás, antes de despontar de vez no cenário nacional.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Cuidado aí BH porque este pessoal da Itatiaia aí junto com alguns dirigentes mineiros e parte dos árbitros da CBF têm uma inveja enorme do flamengo , vc disputou e ganhou, deve ter muitos bons jogadores aí no torneio que inclusive podem se profissionais, mas Rodrigo Caetano, a itatiaia que agora é a formiga do deserto, não prestam, “safados” anti flamenguistas.

  • Por que não fez um contrato com o jogador para ver se ele se destaca no Flamengo pra depois vender ele por um percentual maior?????? Não entendo!