Flamengo acrescenta prioridade de contratação após saída de Kenedy

Em informação dada pelo Coluna do Fla, Chelsea exigiu retorno imediato do jogador para suprir carência no setor de campo


Na última quarta-feira (12), o Flamengo ganhou uma dor de cabeça inesperada para temporada. Isso porque, com o incalculado retorno de Kenedy ao Chelsea, dado em primeira mão pelo Coluna do Fla, o Mais Querido perde opções ofensivas e, agora, precisa ampliar o foco na janela de transferência se quiser manter a quantidade de alternativas para Paulo Sousa no setor.

A carência de alas ofensivos que atuem pela esquerda, principalmente após a lesão de Chilwell, fez com que o Chelsea ficasse sem saída e solicitasse o retorno de Kenedy de imediato a Londres. O Flamengo até entrou em uma queda de braço, tentou lutar pela permanência do atleta, mas foi derrotado por uma cláusula que dava liberdade ao clube inglês para solicitá-lo, caso necessário.

Enquanto o Chelsea ganha opção na ala ofensiva, o Flamengo perde. A saída de Kenedy, embora não tenha sido uma referência no setor rubro-negro, abre espaço para necessidade de dar a Paulo Sousa outra opção com características de força, velocidade e explosão. Conforme mencionado, o camisa 33 sequer chegou a ensaiar um futebol nível de lutar por titularidade, mas se apresentava como alternativa acima da média em relação aos elencos de rivais diretos.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


A informação sobre a saída de Kenedy foi dada com exclusividade pela reportagem do Coluna do Fla, na última quarta-feira (12). Vale pontuar, também, que o Flamengo ainda não havia depositado qualquer quantia pelo atleta ao Chelsea e, com a exigência de retorno exercida, o Rubro-Negro está isento de pagar 500 mil euros (pouco mais de R$ 3 milhões na cotação atual) previstos quando negociaram o acordo com vigência até 31 de julho.

Kenedy contribuiu com um gol e uma assistências nos 17 jogos pelo Flamengo. O tento ocorreu no triunfo por 3 a 1 sobre o Juventude, pelo Campeonato Brasileiro, no dia 13 de outubro de 2021, no Maracanã. Revelado pelo Fluminense, o atleta chegou ao Chelsea em 2015 e, no período até a chegada ao Rubro-Negro, foi emprestado para o Watford, Newcastle, Getafe e Granada.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Soteldo foi oferecido a preço de banana? Só se essa inflação afetou a banana também. Tem um mês que o São Paulo quer contratar ele e não conseguiram porque o jogador é CARO

  • Vão fazer pior ainda. Já notaram que NÃO FALAM MAIS DE VALORES? O Kenedy volta, e agora? O Chelsea vai devolver quanto? Na venda RUDICULA do João Lucas, KKK…, além do valor ser baixíssimo, ele q estava em a$$$cenção, valorizando, o flamengo ainda DESCONTOU p o comprador os meses q restavam de salários do contrato dele c o flamengo… Isso mesmo, está escrito, por exemplo, se faltava 10 meses p acabar o contrato e o flamengo tivesse q pagar 500 mil a ele, esse seria o desconto na hora de chegar aos 1 milhão de reais q foi o q pagaram por ele… Então? Será q os 6 meses do Kenedy foram abatidos dos 3 milhões do seu empréstimo? Ou será q morreu? O flamengo vai ter q pagar 3 m de reais mesmo? Até agora ninguém falou, ou perguntou? Pelo visto, o que entrar no lugar do Kenedy vai custar muito mais caro… E o ser reserva, ou não ter lugar no time? Por que não LANÇA AS JÓIAS DA BASE? POR QUE NÃO PODEM SE VALORIZAR? POR QUE TÊM QUE SAIR BARATOS….. (SO PARA O CLUBE?….)????…

  • Não consigo entender a diretoria do Flamengo, Soteldo foi oferecido a preço de banana, um cara que não precisa mostrar futebol, novo, mesmo antes da saída desta carniça já deveria ter comprado, ficam cochilando….