“Melhor gramado do Brasil”, prevê diretor do Maracanã após reforma

Estádio passa por processo de mudança de campo, e será implantado modelo de grama híbrida

Templo do futebol brasileiro, o Maracanã vem enfrentando problemas com o gramado há anos e, após muitas tentativas sem sucesso de resolver – com medidas paliativas -, a gestão do estádio optou por remover todo o campo e iniciar a implantação da grama híbrida. Com a expectativa nas alturas e um alto investimento, o CEO Severiano Braga prevê a transformação do Maraca no ‘melhor gramado do país’, conforme divulgado pela revista Veja.

Com a reforma total, o campo do Maracanã será um modelo híbrido, ou seja, com 90% da grama natural e 10% de sintética. Para a mudança, foram investidos R$ 4 milhões, e a expectativa é de que o estádio seja entregue em março, para a disputa das semifinais do Campeonato Carioca.


Quer comprar produtos do Flamengo pela internet? Conheça a loja mais rápida e segura!


Para realizar a mudança do gramado, em dezembro, foi necessário raspar todo o campo e plantar uma nova grama, que vai ficar em crescimento até fevereiro, quando haverá a implantação das fibras de polietieno, que serão colocadas a 18 centímetros de profundidade e dois sobre a superfície.

Sem o Maracanã, a casa do Flamengo no Campeonato Carioca será na antiga Ilha do Urubu, o estádio Luso-Brasileiro. O Mengo estreia no dia 26 de janeiro, contra a Portuguesa.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *