Paulo Sousa fica surpreso com saída de Kenedy; atacante estava nos planos do técnico para 2022

Comissão técnica via potencial no jogador para ser aproveitado na temporada 2022

Por: Letícia Marques

Na última quarta-feira (12), o Flamengo anunciou a saída de Kenedy, que retornará ao Chelsea (Inglaterra). Como antecipado pelo Coluna do Fla, o clube inglês solicitou a volta imediata do atacante. O Rubro-Negro, por sua vez, tentou reverter a situação, visto que a comissão técnica de Paulo Sousa contava com o atleta para 2022.

Quando foi notificado da decisão do Chelsea, o Flamengo tentou correr contra o tempo para negociar com o clube inglês. Com a chegada de Paulo Sousa, Kenedy estava bem avaliado internamente e era visto como uma peça importante para o esquema tático do treinador.

Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!

No entanto, como dito, o Flamengo não conseguiu mudar a decisão do clube inglês e deu adeus ao atacante. A notícia foi considerada uma surpresa para a comissão técnica, que via potencial no atleta para ser crucial no setor esquerdo do campo, atuando como ala.

Kenedy retorna ao Chelsea por um pedido do técnico Thomas Tuchel. O principal motivo foi a lesão ligamentar no joelho de Ben Chilwell, que não jogará mais na temporada. Sendo assim, há apenas Marcos Alonso para atuar na ala esquerda e, por isso, o treinador informou aos dirigentes do Chelsea que precisaria do atleta que estava no Fla.

Além disso, é importante destacar que de acordo com a cláusula contratual, o Rubro-Negro ‘precisaria’ informar em dezembro sobre a compra dos direitos econômicos de Kenedy. No entanto, o clube carioca não respondeu nenhum contato do Chelsea. Em meio a isso e ao pedido de Tuchel, a equipe da Inglaterra exerceu a cláusula e solicitou o retorno.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • até que fim uma notícia boa em 2022, depois da contratação de outro estagiário (PAULO P) para Técnico, agora falta as saídas do entrega título ANDREIAS, as duas calamidades de zagueiros (GUSTAVO H + LEO P), os ineficazes laterais RENER e RODINEI e os sanguessugas DIEGO + DIEGO ALVES