Saúde financeira permite ao Flamengo fazer jogo duro em vendas de Léo Pereira e Michael

A venda imediata renderia mais de R$ 73 milhões, mas o clube carioca tenta um lucro ainda maior

O Flamengo adotou cautela no mercado de transferências e, por enquanto, não executou nenhuma contratação. No entanto, o bom momento financeiro do clube faz com que mantenha a calma também na venda de seus atletas. As negociações para saída de Léo Pereira e Michael são exemplos disso.

O Rubro-Negro recebeu proposta para a venda do atacante para o Al-Hilal (Arábia Saudita) e do zagueiro para o Cruz Azul (México). As tratativas, ao todo, poderiam render R$ 73,7 milhões aos cofres. O Flamengo, por sua vez, endureceu as negociações e não facilitou a saída dos atletas.

Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!

A negociação por Michael, no entanto, está bem encaminhada. Após a recusa pela proposta de R$ 44,1 milhões, o Rubro-Negro se agradou com 46,4 milhões de reais oferecidos. Agora, o Flamengo aguarda a definição da porcentagem que pertence ao Goiás. Isso porque, o clube quer aumentar a margem de lucro na transação já que pagou R$ 38,4 milhões pelo jogador. A tendência é de que haja o acerto nos próximos dias.

O caso de Léo Pereira é um pouco diferente, visto que os valores do Cruz Azul sequer alcançam o que o Flamengo pagou pelo jogador. A proposta de cerca de R$ 27,3 milhões foi recusada de imediata pelo Mais Querido, que adota a mesma postura do caso Michael: aumentar o lucro na transação.

Internamente, o Flamengo não vê nenhum atleta como inegociável, mas o bom momento financeiro permite que as conversas sejam favoráveis ao clube carioca. Em meio a isso, cabe destacar que o Rubro-Negro já conseguiu aliviar a folha em quase R$ 30 milhões com a saída de dez atletas.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • A história dos 9mi de euros tava mto boa pra ser verdade. Mas isso de a cada hora um falar uma coisa diferente de outra, tá dando no saco de batatas de 15 Kg.
    Acho 46 mi de reais pouco, mas acho que quem tem que saber o valor do momento é quem entende de negócios e sabe quando é vantagem trocar recurso patrimonial com tempo de vida útil por recurso financeiro. Só espero que seja uma forma de abrir espaços para novas peças que possam ser mais úteis por mais tempo ao Flamengo.

  • Fazendo jogo duro para vender Leo Pereba. Dá pra entender uma coisa dessa? Michael tem é que fazer jogo duro mesmo, mas o outro que não me atrevo a repetir o nome, troca por duas mariolas e um saco de balas que está de bom tamanho.

  • Também acho que o momento é para termos muita calma. Estamos limpando a casa e abrindo espaço para a garotada, principalmente porque agora, no início do ano, só temos Carioquinha…
    CdoB só mais adiante (só entramos na 3a fase, q começa em abril), Brasileirão só começa em 10 de abril, e na Libertadores a fase de grupos só começa em 4 de abril também.
    Temos pelo menos uns 3 meses para avaliarmos o mercado já com a casa limpa e aproveitando os garotos que se destacarem no Carioquinha…
    Continuo apoiando 100% essa diretoria e torcendo pelo sucesso do Flamengo.
    SRN

  • Acho que devemos ter calma nas contratações, temos uma excelente equipe, ano passado perdemos títulos por bobagem, claro que reforçar o elenco é importante, mas com calma. Com relação aos reforcos de Flu, AM e Palm, garanto que não queríamos nenhum no nosso flamengo, se liga

  • Eu entendo perfeitamente a diretoria. Para quê contratar um jogador mediano, se podemos pegar na base? Exemplo: Nathan ou Gustavo Henrique? Noga ou Léo Pereira? Ferreirinha ou Matheus França? Sim, os outros foram mais testáveis, mas não tem o potencial, se bem trabalhados, que os da base. Se for para trazer alguém, tem que ser incontestável e já comprovado, para ser titular. E são negociações difíceis e caras, logo demoram mesmo. Quais contratações de outros clubes seriam titulares do Fla hoje? Quase nenhum! Então vamos com calma.. pagar um dinheirão em vários jogadores medianos, com altos salários, para ficar no banco para o carioca e início de CB e Brasileirão é burrice. SRN

  • não estou entendo essa diretoria ate agora nenhum reforço, precisamos mais do que numca de um zagueiro urgente pra ser titular. nao podemos contar com rodrigo caio, precisamos de um volante e mais um atacante de lados e sem falar no goleiro. e ate agora nada. palmeiras, galo, fluminense contratando e nos olhando o tempo.