Udinese anuncia contratação de Pablo Marí, ex-Flamengo

Torcida rubro-negra chegou a fazer campanha pelo retorno do atleta, mas defensor não tinha o desejo de voltar a atuar no Brasil

O Flamengo está de olho no mercado de transferências, e um dos interesses dos dirigentes rubro-negros é fechar com um zagueiro para esta temporada. O nome de Pablo Marí chegou a ser especulado, mas o defensor acertou com a Udinese (ITA). O jogador foi anunciado na manhã desta quinta-feira (20).

Pablo Marí, que pertence ao Arsenal (ING), foi emprestado ao time italiano por empréstimo de seis meses. Ou seja, ele fica na Udinese até o final da temporada europeia: “Experiência internacional e liderança para a defesa. O jogador combina força física, qualidades técnicas e grande habilidade no jogo aéreo, características preciosas que o levaram aos principais palcos europeus“, enumerou o clube no anúncio.

O Flamengo chegou a sondar a situação de Pablo Marí no Arsenal, já que o zagueiro não vinha sendo utilizado no time inglês. Entretanto, o espanhol não tinha o interesse de voltar a jogar no futebol sul-americano, pois queria continuar na Europa. Depois disso, o defensor acertou a transferência para a Udinese.

Atualmente, o Rubro-Negro conta com apenas quatro opções para a posição: Gustavo Henrique, Léo Pereira, David Luiz e Rodrigo Caio. Este último, no entanto, ainda não tem previsão para retornar aos gramados, após complicações no joelho. Gabriel Noga e Cleiton, ambos do Sub-20, têm sido observados por Paulo Sousa, enquanto o Fla não fecha com um nome para o setor.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Este cara estava lá jogado e ninguém dava nada por ele, o Flamengo trás, ele se valoriza e sai, quando o Flamengo quer repatriar ele nega o Flamengo pela Udinese, quem é a Udinese na fila do pão? Cuspindo no prato que comeu…

  • Vida que segue… vira essa página. Fez sua história, e representou bem o clube. Honrou a camisa com muita dignidade, mas cada um tem suas escolhas. Temos que respeitá-las. É claro que a Udinese nem se compara ao Flamengo, mas para ele e sua família (e para muitos) viver na Europa… nem se compara.