Jogo suspenso: Flamengo é comunicado por autoridades peruanas sobre veto à partida desta terça

Por: Letícia Marques

Duelo entre Flamengo e Sporting Cristal estava marcado originalmente para as 21h30 (horário de Brasília), mas está suspenso por conta da situação política do Peru


Após uma semana de intensas movimentações nos bastidores e uma crise instaurada com o vice do Campeonato Carioca, o Flamengo se preparava para entrar em campo na noite desta terça-feira (05), a fim de virar a página e voltar a ter dias mais tranquilos. Contudo, a partida em questão, contra o Sporting Cristal, pela primeira rodada da Libertadores, foi suspensa, por conta da situação política do Peru, por volta de 19h (horário de Brasília). Porém, cerca de 30 minutos depois, o governo voltou atrás quanto ao toque de recolher e liberou a realização do duelo.

Desde o início da manhã desta terça (05), a incerteza sobre a realização do jogo se instaurou. Isso porque, o Governo decretou toque de recolher, a partir das 23h59. Pouco depois Félix Chero, Ministro da Justiça do Peru, se manifestou diretamente sobre o jogo: “Vai ter que ser remarcado. Um jogo de futebol não pode ter precedência sobre a tranquilidade do país”, disse à rádio Exitosa Noticias, por volta das 3h da manhã (horário de Brasília).

Mesmo com a situação política acalorada, o Flamengo manteve a programação normal para disputa do confronto. A Conmebol, entidade organizadora da Libertadores, também seguiu o planejamento, sem comunicar ao clubes sobre uma possível suspensão do jogo. Porém, por volta das 18h50 (horário de Brasília), as autoridades peruanas fizeram contato direto com as equipes, para afirmar que o confronto estaria suspenso. A delegação rubro-negro, entretanto, permaneceu no aguardo até a nova liberação do governo.

*Reportagem pode ser atualizada ao decorrer dos novos acontecimentos.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *