Flamengo pode bater recorde de gols do clube na fase inicial da Libertadores

Rubro-Negro precisa de mais dois tentos na última rodada para igualar marca de 1982


A campanha do Flamengo na Libertadores 2022 é, até o momento, irretocável. Os 100% de aproveitamento só não vieram por conta do jogo contra o Talleres (ARG), mas o Mengão lidera o Grupo H tranquilamente, com 13 pontos. Além da alta pontuação, o setor ofensivo rubro-negro está ‘on fire’ neste começo de torneio, visto que já marcou 13 gols. Tanto que faltam apenas dois para que o Mais Querido iguale o ataque mais positivo de sua história na fase inicial da competição continental.

As primeiras participações do Flamengo marcaram época no quesito gols marcados. Foram 14 em 1981, 15 em 1982 (recorde que ainda está de pé) e 13 em 1984. As marcas foram tão expressivas que o Rubro-Negro só foi alcançá-las em 2020 e 2021, já depois de ter conquistado o bicampeonato da Libertadores. Vale destacar, no entanto, que não existia ‘fase de grupos’ bem definida no período em que Zico e companhia desfilavam nos gramados sul-americanos. O certame só veio a ser o que é a partir da edição 2000.

Desde então, o Flamengo teve 12 participações em Copa Libertadores e, como mencionado, atingiu ápice ofensivo nas últimas duas edições do torneio continental. Com 14 gols em cada, o Mais Querido teve excelentes campanhas na fase de grupos e se classificou com tranquilidade. No entanto, com os 13 desta temporada, o setor ofensivo rubro-negro pode até bater o recorde de 1982 e se tornar o ataque mais positivo da história do Flamengo no certame inicial da competição continental.

CONFIRA O NÚMERO DE GOLS DE TODAS AS CAMPANHAS DO FLAMENGO NA LIBERTADORES:

Década atual:
2022 – 13 Gols (faltando um jogo)
2021 – 14 Gols

Anos 10:
2020 – 14 Gols
2019 – 11 Gols
2018 – 7 Gols
2017 – 11 Gols
2014 – 10 Gols
2012 – 12 Gols

Anos 2000:
2010 – 11 Gols
2008 – 9 Gols
2007 – 10 Gols
2002 – 6 Gols

Anos 90:
1993 – 9 Gols
1992 – 11 Gols

Anos 80:
1984 – 13 Gols
1982 – 15 Gols
1981 – 14 Gols


Aproveite a boa fase do Flamengo para lucrar!


Ao todo, o Rubro-Negro já participou da Copa Libertadores em 18 oportunidades e foi campeão duas vezes. Mas a oportunidade de bater o recorde de melhor ataque da fase grupos, que é de 1982, nunca foi tão real. O último jogo do Flamengo nesta edição é contra o Sporting Cristal (PER), no Maracanã. Além de enfrentar o lanterna do grupo, já eliminado, o Mengão marcou três vezes nos outros dois duelos que disputou, diante de Universidad Católica e Talleres. O número é justamente o que o Fla precisa para superar a campanha recordista.

Apesar da ansiedade pela possibilidade de bater o recorde, o Rubro-Negro ainda tem um compromisso antes: o jogo contra o Goiás, pelo Brasileirão. O Flamengo enfrenta o Esmeraldino neste sábado (21), às 16h30 (horário de Brasília), no Maracanã. A partida contará com transmissão do Coluna do Fla, a mais rubro-negra da internet, com Rafa Penido no comando e Tulio Rodrigues nos comentários.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *