Joia da base retorna ao Flamengo após empréstimo a clube português

Atacante de 19 anos estava atuando pelo Acadêmica de Coimbra (POR)

O Mais Querido é conhecido por ser um celeiro de craques e grandes promessas. Fazendo valer o lema de que ‘Craque, o Flamengo faz em casa’, recentemente, o Mengo revelou Weverton para o futebol. Considerado como uma joia da base, o atacante de 19 anos foi emprestado ao Acadêmica de Coimbra (POR), mas retornou ao Rubro-Negro após o time português não exercer a opção de compra estabelecida no contrato.

A princípio, com Gabigol e Pedro como opções de ataque para o treinador Paulo Sousa, o atleta teria chance remota de ser utilizado na temporada. Com isso, o Flamengo optou em dá rodagem ao atleta, na expectativa de que o jovem retornasse de maneira mais madura. Weverton tem contrato com o Rubro-Negro até final de 2023, com multa rescisória de 45 milhões  de euros (R$300 milhões). O Mais Querido é detentor de 70% dos direitos econômicos.

Quem será o próximo a perder para o Mengão? Saiba como lucrar com previsões esportivas!

Pelo Flamengo, o atacante conquistou os títulos do Campeonato Brasileiro sub-20, sub-17, a SuperCopa do Brasil sub-20, o Campeonato Carioca sub-20 e o Torneio Otávio Pinto Guimarães, todos no ano de 2019; Já no ano de 2018, Weverton conquistou a Copa do Brasil sub-17.

Weverton é um jogador que integra uma das gerações mais valiosas do clube. Na base rubro-negra, o atacante jogou ao lado de Hugo Sousa, Lázaro e João Gomes, trio que faz parte do plantel atual do Flamengo. Além disso, atuou com o meio-campista Reinier e o centroavante Muniz, que atualmente estão na Europa. 

 No time principal, o elenco, que fez uma boa atuação pela Libertadores, confirmou a sua ida as oitavas de final da Libertadores, precisa virar a chave e focar no próximo confronto do Campeonato Brasileiro. O Mais Querido entra em campo contra o Goiás, às 16h30 (horário de Brasília), no Maracanã, em partida válida pela sétima rodada da competição Nacional. O Mengo é o 16° colocado na tabela, com apenas seis pontos.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *