Pedro marca quatro vezes nos últimos cinco jogos e reassume protagonismo no Fla

Atacante balançou as redes contra Altos-PI, Talleres (ARG), Universidad Católica (CHI) e Goiás


No último sábado (21), o Flamengo venceu o Goiás por 1 a 0 e retomou o caminho das vitórias no Brasileirão. Apesar da formação ofensiva e das inúmeras oportunidades, o Mais Querido só balançou as redes uma vez, mas a vitória continuou sendo essencial. Autor do único gol da partida, Pedro retomou a boa fase após ficar 13 jogos sem marcar. O atacante fez a festa da Nação em quatro oportunidades nos últimos cinco jogos que disputou.


A sequência de Pedro é realmente muito forte. Como mencionado, o centroavante encerrou um jejum de 13 partidas no jogo contra o Altos-PI, em Teresina, e não parou mais. O Artilheiro Reverência balançou as redes contra Talleres (ARG), Universidad Católica (CHI) e Goiás, os dois primeiros pela Libertadores e o outro pelo Brasileirão. Além disso, o jogador demonstrou enorme eficiência, visto que finalizou na meta em apenas seis oportunidades, e quatro entraram.

Com o tento diante do Goiás, Pedro se tornou vice-artilheiro do Flamengo na temporada, empatado com De Arrascaeta. Ao todo, o atacante já marcou sete vezes em 2022 e só é superado por Gabigol que, até o momento, balançou as redes em 15 oportunidades. Os dois centroavantes do Mengão, inclusive, jogaram juntos em plena sintonia contra o Goiás, com o camisa 9 realizando uma função mais ‘armadora’.


Aproveite a boa fase do Flamengo para lucrar!


Pedro segue à disposição de Paulo Sousa para a sequência da temporada. Após vencer no Brasileirão, o Mais Querido vira a chave e foca todas as atenções na rodada final da Libertadores. Nesta terça-feira (24), o Flamengo, já classificado, enfrenta o Sporting Cristal (PER), no Maracanã. A partida acontecerá às 21h30 (horário de Brasília) e contará com transmissão do Coluna do Fla, a mais rubro-negra da internet, no YouTube.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • E o portuga “esquece” o Pedro no banco….kkkkkk Me lembro da Copa de 1970, quando disseram que Pelé, Rivelino, Tostão e Jairzinho, 4 típicos “Camisa 10”, não podiam jogar juntos. Zagallo colocou os 4 pra jogar e foi campeão mundial. Quem tem competência…