Torcedores se revoltam com atuação de Diego em jogo do Flamengo contra o Tolima: “Constrangedor”

Aos 37 anos, camisa 10 foi escalado como titular com as ausências de João Gomes e Arão


Na noite desta quarta-feira (29), o Flamengo venceu o Tolima (COL), por 1 a 0, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa Libertadores da América. Sem João Gomes (suspenso) e Willian Arão (Covid-19), Diego Ribas foi escalado para começar a partida entre os titulares. Com a faixa de capitão, a atuação do camisa 10 revoltou os torcedores do Fla nas redes sociais.

No Twitter, rubro-negros demonstraram a indignação com o desempenho apresentado pelo meio-campista de 37 anos. Com contrato com o Flamengo até o fim de 2022, Diego foi alvo de comentários ressaltando como era ‘constrangedor’ vê-lo em campo.


Ganhe dinheiro com vitórias do Flamengo!


VEJA REAÇÕES:

Apesar das críticas pelo primeiro tempo apresentado, Diego Ribas voltou junto à equipe para disputar a etapa complementar. Ainda no começo do segundo tempo, o camisa 10, que chegou atrasado em quase todos os cortes que tentou fazer, recebeu cartão amarelo após uma entrada mais dura em Caicedo.

Depois de garantir o resultado positivo na Libertadores, o Flamengo vira a chave para voltar as atenções à disputa do Campeonato Brasileiro. Neste sábado (02), o Mais Querido enfrenta o Santos, pela 15ª rodada da competição nacional. A partida será realizada a partir das 19h (horário de Brasília), na Vila Belmiro, em São Paulo.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Excelentes comentários Joãozinho e Darcy. O mais engraçado é que o Arrascaeta TAMBÉM não jogou bem e NINGUÉM fala P**** nenhuma. Também acho que o tempo do Diego já passou e um retorno ao clube que o formou para encerrar a carreira, seria o ideal (ou ainda, investir em uma ou duas temporadas nos EUA). Mas essa implicância com o atleta está demais! Constrangedor é o que essa 1/2 dúzia de torcedores B**** gostam de fazer com nossos ídolos!

  • FAXINA NO VESTIÁRIO JÁ. NÃO DÁ MAIS PRA AGUENTAR ESSES “PANELEIROS”. ‘HOJE’ NÃO PASSAM DE UM GRUPO DE INÚTEIS QUE SÓ TEM FORÇAS PRA DERRUBAR TÉCNICOS.

  • Tudo bem, o Diego foi ídolo importante do Flamengo, por isso mesmo deveria preservar o que representou. Ele precisa saber o momento de parar. As atuações dele são patéticas. Não tem mais condições, não dá andamento no jogo, perde bolas dominadas, erra passes sucessivos e não marca. Anda em campo, prejudica a si e ao Flamengo. Ele já tem dinheiro suficiente, deveria preservar sua imagem. Agora será que o técnico não enxerga isso? não deveria escala-lo.

  • Um lembrete aos esquecido:
    Diego Ribas, além de ter conquistado muitos títulos, no Brasil e na Europa, proporcionou um dos momentos inesquecíveis da história vitoriosa do CR Flamengo, ao dar um passe magistral da intermediária do Mengão, até a área adversária, para Gabigol, fazer o gol do título da Libertadores 2019.
    Um de seus últimos gols, foi feito de genial bicicleta. Outro gol importante e belo, creio que foi contra o Corinthians, em que driblou a defesa e, cara a cara com o goleiro, deu um toque requintado, para a rede.
    Se hoje, nosso capitão não é o mesmo, dentro das 4 linhas, merece o respeito de todo rubro-negro digno.
    Tenho a certeza que, apesar de tanta falta de caráter de alguns, Diego Ribas continuará apaixonado pelo CRF, como já declarou várias vezes.

  • Diego Ribas não tem mais condições de jogar com a intensidade que o futebol atualmente exige. Carrega demais a bola, impedindo a transição rápida de contra ataque e quando perde a bola, volta trotando…
    Não dá mais! Mas a culpa não é dele ! É do Dorival que escala…

  • Belas palavras do Jonathan (abaixo).
    Diego foi um grande capitão e uma pessoa muito inteligente.
    Acho que, para Mengão, seu futebol não dá mais. Contudo, pela visão, pode e deve ser experimentado em algum cargo gerencial no clube que já se declarou apaixonado.
    Salve o nosso capitão e que não passe mais por estes desconfortos, em campo.

  • infelizmente um ex atleta com 20 minutos de jogo ja estava andando em campo e um absurdo essa diretoria mnater um jogador caro no elenco que nao esta rendendo nada. e o felipe luis tambem tomou todas nas costas.

  • O maior inimigo do Flamengo é a sua própria torcida, tiveram a audácia de vaiar o Gabigol depois da vitória contra o América. Já tá chato.

  • Diego Ribas não joga há muito tempo!! O Último jogo completo foi contra o Alto -PI!! Como querer que ele tenha ritmo e cadencia com tamanho período fora do time!!! E mesmo assim se entrega em campo!! Não tem mais idade para correr atrás de atacantes velozes e de jogar como “cabeça de área”!! É idolo!! Ama e respeita o clube como poucos e tem meu respeito por isso!!

  • Por conta do que pode desempenhar fisicamente, a um jogador de reconhecida capacidade técnica como o Diego Ribas, jamais poderia ser atribuída a função de um volante, um “desarmador”, que exige, para além do senso de marcação, grande vigor físico. Pelo contrário, a única forma de esperar algum rendimento positivo deste jogador com mais de 35 anos é utilizá-lo como organizador no meio campo sem obrigação de marcar. É assim que jogadores de nível técnico acima da média nessa faixa etária costumam ser utilizados com sucesso, como o foram o Douglas, no Grêmio, o Júnior, no Flamengo ou o Nenê, no Fluminense e Vasco e o Riquelme, no Boca Juniores. A meu ver, Diego poderá apenas ser efetivo como substituto eventual de Arrascaeta, ou, sendo preparado nos treinamentos para jogar, no máximo, 30 minutos, em outra função no meio de campo, com o objetivo de produzir uma variação tática durante um determinado jogo, desde que não seja a de volante, substituto de Arão ou João Gomes. Com a permissão de 5 substituições, tornou-se interessante ter no elenco um ou dois jogadores de reconhecida capacidade técnica que se utiliza apenas como substituições durante as partidas, para atuarem 30 minutos, no máximo. Esses jogadores não podem ser escalados desde o início, pois não têm condições em atuar em alta intensidade durante 90 minutos, mas podem atuar dessa forma cerca de 30 ou, no máximo, 45 minutos. Para isso, terão que ser treinados de forma diferenciada, específica.

  • Obrigado por tudo Diego. Sempre honrou o manto. Mas nesse momento seria interessante ter autocrítica e entender que ou para num time de ponta ou vai pra desafios menos exigentes. De qualquer forma você merece todo nosso respeito e reconhecimento.

  • A culpe de quem escala, e também de quem renovou com ele.
    Ele esta comprido contrato, e se escala, ele joga.
    Acho injusta essa perseguição, tem alguns que passam dos limites, ofendem, xingam, e ate desejam que ele se machuque, ou comemoram que ele machucou em 2019.
    Um absurdo, isso não e torcedor.
    Jogador e humano, tem família, tem filhos.

  • Até quando Dorival vai ficar babando esse velhote?

  • Nauseante.