West Ham faz nova proposta por Paquetá e oferece quase R$ 300 milhões

Flamengo tem porcentagem sobre venda do meia


O Lyon (FRA) está cada vez mais próximo de vender Lucas Paquetá para o West Ham (ING). Depois de recusar uma primeira proposta pelo meia, o time francês recebeu uma segunda oferta dos ingleses, no valor de 57 milhões de euros, cerca de R$ 291,2 milhões.

De acordo com o jornal L’Équipe, o Lyon não aceitou a primeira proposta do West Ham, que era de 38 milhões de euros (R$ 193,1 milhões) por Lucas Paquetá. No entanto, houve uma contraproposta. A equipe francesa pediu 60 milhões de euros (cerca de R$ 300 milhões) para vender o ex-Flamengo. Agora, o clube inglês botou a nova oferta, de 57 milhões de euros (R$ 291,2 milhões) na mesa.


As melhores ofertas para produtos do Flamengo: aproveite desconto e brindes!


Dessa quantia, o Flamengo tem direito a 4% do valor da transação. Ou seja, o Mengo deve receber 2,28 milhões de euros (R$ 11,6 milhões), caso o Lyon aceite essa nova proposta do West Ham.

Sabendo da possível saída de Lucas Paquetá, que deve acontecer mais cedo ou mais tarde, o Lyon já mobilizou seus olheiros para repor uma provável saída do meia ex-Flamengo. Vendo que o brasileiro deu certo na equipe, a diretoria francesa observa duas joias rubro-negras.

LYON OBSERVANDO NINHO DO URUBU

O primeiro jovem do Ninho do Urubu que entrou no radar do Lyon para ser o substituto de Paquetá, é Victor Hugo, de 18 anos. As atuações regulares do jovem chamaram atenção de olheiros franceses, que indicaram o meia como um atleta com potencial. Agora, mais recentemente, é a vez de João Gomes, de 21 anos, entrar na mira do clube europeu.

João Gomes, vale lembrar, não está sob sondagem de um time da Europa pela primeira vez. Antes do interesse prévio do Lyon, o volante já despertou interesse do Manchester United (ING) e do Atlético de Madrid (ESP).

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Se acaso se concretizar a saída do Paquetá do Lyon e o clube buscar a contratação do Victor Hugo ou João Gomes, a atual Diretoria não pode permitir a venda de uma dessas “crias do Ninho” por menos de 40 milhões de Euros, tanto pelo potencial demonstrado pelos garotos como também por esta mesma Diretoria ter criticado a venda do Paquetá por 35 milhões de euros para o Milan, chegando inclusive a auditar essa transação quando assumiram o Flamengo.