“Fiz o maior contrato da história do Flamengo”, diz deputado federal

Julio Lopes foi vice-presidente de marketing do Mengo


O Flamengo é uma das maiores potências do futebol Sul-Americano. Não à toa, o Mengo atrai visibilidade para as marcas criarem interesse em estampar o nome no Manto Sagrado, além do desejo em também firmarem parcerias. Entrevistado pelo Coluna do Fla, o deputado federal e ex-vice-presidente de marketing do Fla, Julio Lopes (PP), lembrou de um dos contratos fechados pelo clube na época em que esteve no cargo.

— Eu sempre soube que o Flamengo seria uma marca internacional. Eu fiz o maior contrato da história do Flamengo, tenho muita honra de ter feito, que foi o contrato com a ISL, International Sport and Leisure (empresa suíça de marketing esportivo). Eu que imaginei aquilo com o Pelé, na época. Eu 4estava lá como vice-presidente de marketing, eu não era ainda vice-presidente geral, mas eu sabia que o Flamengo tinha um potencial internacional enorme -, disse o parlamentar, antes de prosseguir:

— E aí, eu fiz umas 50 ou 100 cartas para os maiores representantes do mundo da área do futebol. E eu mesmo assinando as cartas e mandando, dizendo que era do departamento de marketing do Flamengo e que queria fazer uma parceria e a ISL respondeu a minha carta. Foi exatamente assim que aconteceu -, completou.


As melhores ofertas para produtos do Flamengo: aproveite desconto e brindes!



VEJA O CORTE:

Julio Lopes foi reeleito Deputado Federal pelo Estado do Rio de Janeiro pela legenda PP. Na eleição desse domingo (02), o parlamentar obteve 50.019 votos, o que corresponde a 0,58% dos votos válidos do pleito. Agora, o ex-vice-presidente de marketing do Flamengo irá ocupar novamente uma cadeira na Câmara, em Brasília, pelos próximos quatro anos.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • AGORA parece fazer sentido a prisão do nosso GRDE presidente Edmundo SANTOS Filho que acabou c a hegemonia do EURICO e q deu TÍTULOS importantes ao Flamengo. Eu sabia que tinham armado contra ele, Edmundo, q disse q faria uma limpeza no clube, mas não sabia quem estava p trás. Agora, c esse infeliz aí, cara de e Paes, amigo do CABRAL pezão p MELLO piccianis e mais muitas outras más cias… se vangloriando, ou se entregando?, dá p ter uma ideia MUITO MELHOR do q REALMENTE aconteceu na época. Coitado, além de preso, acabou perdendo a mãe se n me engano, e sem poder fazer nada, preso…

  • Leco, estás enganado. A ISL foi a “parceira” do mandato de Edmundo Santos Silva, quando o Flamengo, em 2000, contratou muitos grandes jogadores e não tinha dinheiro pra pagar os salários, de onde veio a frase do Vampeta: Eles fingem que pagam, e a gente finge que joga. Gestão que causou o afastamento do Edmundo, com a falência da ISL.
    Essa do Ronaldinho foi a Traffic.

  • Tô enganado ou a ISL foi aquela acusada de não pagar a parte dela do salário do Ronaldinho Gaúcho causando a falta de empenho dele na época?

  • 15 meses depois a ISL faliu e deixou o Flamengo afundado em dividas com os jogadores contratados.

  • Esse foi um dos maiores parceiros de Cabral e pezão!!!! Não deveria estar no mesmo lugar que eles?… Isso é BRAZILLLLZILLLZILLLL!!!!….