Marcos Braz abre o jogo sobre futuro de João Gomes e Filipe Luís no Flamengo

Vice-presidente de futebol quebrou o silêncio sobre situação dos jogadores


Na última quinta-feira (29), Marcos Braz foi o convidado do PODFLA, o podcast do Coluna do Fla. Durante a participação no programa, que foi exibido ao vivo no canal do Youtube, o vice-presidente de futebol do Flamengo abriu o jogo sobre o futuro de João Gomes e de Filipe Luís no Rubro-Negro.

Não teve nenhuma consulta em relação ao atleta João Gomes. Não teve nada, pelo menos que a gente tivesse conhecimento, de Real Madrid, de Liverpool. Também, se tivesse, a gente, nesse momento, não tinha nenhuma preocupação em relação a contrato. O jogador estava seguro, tinha ainda dois anos de contrato com o Flamengo. E, se tivesse, não seria problema, porque ele não iria sair. Tem contrato em vigência, multa alta. Nós reconhecemos esportivamente o esforço dele, o que ele representa agora, a titularidade… O Flamengo aumentou, deu o reconhecimento, e o jogador nos deu mais um/dois anos de contrato. Hoje, o João tem cinco anos de contrato -, disse o VP.


As melhores ofertas para produtos do Flamengo: aproveite desconto e brindes!


Sobre Filipe Luís, cujo contrato se encerra ao final do ano, Marcos Braz revelou não haver nenhum tipo de conversa por renovação, e afirmou que o assunto será resolvido no momento certo. Cabe destacar que, caso o jogador entenda que não há condições de continuar jogando, existe um planejando para que o atual camisa 16 assuma algum cargo no clube.

O Filipe é um jogador de muita importância no Flamengo, nesse elenco, e a gente, no momento adequado, vai conversar com ele. Não teve conversa e não será problema caso tenha um interesse mútuo. Eu acho que isso não será nenhum problema na hora certa -, destacou.

Com João Gomes e Filipe Luís de titulares no time considerado ‘ideal’, o Flamengo buscará encerrar a temporada de 2022 com títulos. Finalistas das Copas do Brasil e Libertadores da América, o Rubro-Negro tentará superar Corinthians e Athletico-PR, para conquistar os troféus nacional e continental, respectivamente.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *