Radar do Flamengo: veja 4 opções de técnicos após saída de Dorival

Vítor Pereira é o favorito para assumir o Flamengo, mas outros técnicos podem pintar no clube


A informação da não renovação de Dorival Júnior no Flamengo pegou toda a torcida rubro-negra de surpresa na noite desta sexta-feira (25). Vítor Pereira, português, ex-Corinthians, é o favorito para assumir a função. No entanto, existem outras possibilidades no mercado em que a diretoria do Mais Querido pode abordar. Além do já citado, Jorge Jesus é sempre um nome no radar do clube. Há ainda os desempregados, como André Villas Boas e Marcelo Gallardo. Confira a situação de cada um.


As melhores ofertas para produtos do Flamengo: aproveite desconto e brindes!


VÍTOR PEREIRA

Atualmente desempregado, Vítor Pereira comandou o Corinthians de fevereiro a novembro deste ano. O português agradou a diretoria do time paulista, que desejava a renovação. No entanto, o técnico alegrou problemas pessoais para retornar ao país de origem. Pelo Alvinegro, terminou na quarta posição do Campeonato Brasileiro e teve o Flamengo como carrasco em dois mata-matas: nas quartas de final da Libertadores da América e na grande decisão da Copa do Brasil.

Flamengo e Vítor Pereira têm conversas avançadas. O Mengo ofereceu uma proposta de R$ 22 milhões pelo treinador. As negociações acontecem há dez dias, através do empresário Giuliano Bertolucci, responsável por intermediar as conversas. O português gostou da oferta do Rubro-Negro e atua diretamente nos diálogos, mesmo estando de férias com a família.

JORGE JESUS

Desde 2020, quando deixou o Flamengo para voltar ao Benfica (POR), Jorge Jesus sempre é lembrado no noticiário rubro-negro. No final de 2021, o Fla tentou repatriar o Mister, mas não obteve sucesso. Agora, neste fim de ano, o vice-presidente de futebol do Mengo, Marcos Braz, fez contato com o campeão da Libertadores 2019, mas ouviu que era preciso esperar até o meio do ano para qualquer situação.

Jorge Jesus era a prioridade da diretoria para caso o acerto com Dorival Júnior não ocorresse. No entanto, o treinador está empregado, no Fenerbahçe, da Turquia. Por lá, lidera o campeonato local e terminou em primeiro no grupo na fase de classificação da Liga Europa e disputará as oitavas de final.

ANDRÉ VILLAS-BOAS

Parado desde a temporada 2020/2021, quando comandou o Olympique de Marselha (FRA), André Villas-Boas foi alvo do Flamengo no final do ano passado, após a saída de Renato Gaúcho. Inclusive, nas redes sociais, a torcida rubro-negra criou um ‘tuitaço’ pedindo a contratação do português para o Mengão. No entanto, a diretoria acabou acertando com outro lusitano, Paulo Sousa.

Villas-Boas é discípulo de José Mourinho, consagrado técnico português dos últimos anos. Ambos treinaram times como Tottenham (ING), Chelsea (ING) e Porto (POR). No entanto, na última sexta-feira (18), em entrevista na Europa, André revelou que não deseja retomar a carreira no momento, para curtir a família. O último trabalho ocorreu até fevereiro de 2021.

MARCELO GALLARDO

Único ‘não português’ da lista, o argentino Marcelo Gallardo é outro nome que costuma estar no noticiário dos clubes brasileiros quando estão sem técnico. Também desempregado, após oito anos no River Plate (ARG), o treinador sonha com uma proposta da Europa. Porém, a oportunidade ainda não surgiu.

Recentemente, Gallardo foi procurado pelo Atlético-MG, que acertou com Eduardo Coudet. Para a diretoria do time mineiro, o técnico respondeu que vai tirar alguns dias para estudar na Europa. Em oito anos no comando técnico do River Plate (ARG), o ex-jogador ganhou duas Copas Libertadores (disputou três finais), uma Copa Sul-Americana, três Recopas Sul-Americanas, um Campeonato Argentino e três Copas Argentinas, além de outros títulos menores.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • “Jorge Jesus era a prioridade da diretoria para caso o acerto com Dorival Júnior não ocorresse.”
    Fonte: FumeiUmBeck
    O JJ veio pro RJ na expectativa de um contato da diretoria( a fase do Fla era péssima). Mas a Diretoria do Flamengo esperou o JJ assinar com os Turcos para mandar o Paulo Souza embora.