Sem caô: Flamengo aplica três goleadas em três jogos e se garante nas oitavas da Liga Mundial de Beach Soccer

FOTO: ALYSSON RODRIGUES/FLAMENGO BEACH SOCCER

O Flamengo encerrou, na manhã desta quarta-feira (23), a fase de grupos da Liga Mundial de Beach Soccer, com o impressionante índice de 100% de aproveitamento. Após golear o Al-Arabi e o Shahim Khazar, o Rubro-Negro fez mais uma vítima na Turquia: o Boca Gdansk, da Polônia, encarou o Fla tentando ser o primeiro a superar o Mais Querido no torneio. Porém, sem dar chance para o azar, a equipe carioca venceu por 7 a 4.

O goleiro Elinton Andrade, uma das referências da equipe, analisou o terceiro triunfo consecutivo e comemorou o bom resultado obtido na partida desta quarta. Ele destacou também que o jogo foi feito com estudo e cautela, testando opções para as próximas ocasiões.

O jogo foi um pouco atípico em relação ao que vai ser a competição. A gente já sabia da primeira colocação. Poderíamos ficar em segundo, mas só em caso de uma ‘catástrofe’. A primeira colocação era garantida pelo que a gente vem apresentando. Como o regulamento tem a punição para quem recebe dois amarelos, e isso vai até as quartas de final, chegou a hora também de ser inteligente quanto a essa possibilidade –, disse ele, antes de prosseguir:

– Foi um bom jogo para dar uma diminuída na intensidade de alguns. São sete jogos, hoje foi o terceiro. O futebol de praia tem muito essa intensidade, um jogo atrás do outro, sem muito temo de recuperação. Foi uma oportunidade de aproveitar e estudar situações, com quartetos novos e jogadores que atuaram por mais minutos, e eles foram bem, dentro da ideia que o Rodrigo Fernandes (treinador) e o Paulo Gil (capitão) falaram na preparação.

Goleiro Elinton em ação na partida contra o Boca (Foto: Alysson Rodrigues/Flamengo Beach Soccer)

Veja Flamengo x Grêmio onde você estiver, inteiramente de graça!


Ainda sobre as oportunidades, ele também citou o jovem Geovani, seu substituto, que atuou na partida: “Foi um bom resultado. Tomamos mais gols do que nos outros jogos. Demos oportunidade ao Geovani (goleiro da seleção sub-20), que é um menino. Muito importante que ele tenha mnutos de jogo para a competição e até para o futuro dele. Querendo ou não, com o projeto Geração, nossa ideia é ter 12 no elenco sendo formados no clube”.

Diferente das outras partidas, não houve um artilheiro isolado. Seis jogadores do Flamengo marcaram um gol, além de um ter sido contra: André Lourenço, Lucas Calmon, Llorenç Enzo, Eudin, Paulo Henrique e Gustavinho foram os rubro-negros responsáveis por balançar as redes. Meloyan, do Boca Gdansk, foi quem marcou contra o próprio patrimônio.

Sobre o próximo compromisso, Elinton brincou e mostrou que está ligado também no futebol de campo: “Amanhã é um jogo importantíssimo, que a gente vai com essa energia do Flamengo x Grêmio hoje (pela Libertadores, no futebol de campo), Flamengo ganhando, e a gente com essa empolgação para seguir na Liga Mundial.”

Classificado para a fase eliminatória, o Flamengo se prepara para enfrentar o BSC Vybor, da Ucrânia, nas oitavas de final. A equipe rubro-negra já sabe que voltará à arena nesta quinta-feira (24), em duelo mercado para as 08h45 – horário de Brasília.

Veja também