Veja todos os feitos da nova diretoria do Flamengo em apenas 100 dias no comando!


Prezados associados do CRF,
Estamos alcançando 100 dias de gestão e queremos dividir com vocês o que realizamos até agora.
Ao assumirmos a área financeira, o clube apresentava saldo devedor em conta corrente e diversos compromissos de curto prazo vencidos. Existia uma crise de credibilidade em relação ao Flamengo. Em conjunto com as demais áreas do Clube, buscamos elaborar fluxo de caixa de curto e longo prazo, englobando levantamento dos compromissos operacionais vencidos e vincendos, a fim de traçar estratégia de pagamento, ou mesmo, alongamento das dívidas através de parcerias com nossos credores.
Neste momento, foi identificado que o Clube possuía duas penhoras pela falta de recolhimento de impostos federais no valor total de R$ 25 milhões, duas penhoras de ações cíveis em torno de R$ 60 milhões e uma penhora de ações trabalhistas com saldo devedor de R$ 15 milhões. Tais penhoras, em conjunto com as antecipações de contratos, comprometiam 85% da receita contratada para o ano de 2013.
Após este primeiro mapeamento, efetuou-se profundo levantamento dos problemas tributários do Clube, especialmente quanto ao não recolhimento de impostos nos últimos anos, inclusive em relação aos parcelamentos existentes do Timemania e Refis que totalizavam aproximadamente R$ 9 milhões. Com este levantamento em mãos, procuramos a Secretaria da Receita Federal e a Procuradoria Geral da Fazenda Nacional para buscar uma forma de equacionamento destas dívidas. Em abril de 2013, através de pagamento de parte dos tributos atrasados e do recolhimento dos tributos de 2013, foi obtido parcelamento das dívidas previdenciárias e não previdenciárias e, conseqüentemente, obtida as certidões negativas de débito (CND) conjunta, do INSS e do FGTS. Ainda, em conjunto com a área jurídica foram obtidas as certidões negativas estaduais, municipais e trablahistas,  permitindo assim que o Clube consiga obter todos os tipos de patrocínio e incentivos fiscais necessários a prática esportiva no Brasil.
Em conjunto com as ações de equacionamento das despesas operacionais e tributárias, iniciamos um processo de refinanciamento de dívidas bancárias. Ao todo foram renegociadas em torno de R$ 45 milhões em dívidas com bancos credores.
Paralelamente a estas ações de equacionamento financeiro, contratamos a empresa de consultoria Ernst&Young para levantamento das dívidas do Clube em 31 de dezembro de 2012 e para levantamento dos controles existentes sobre os processos de receitas. O resultado deste trabalho será apresentado ainda no mês abril de 2013 e tem como finalidade auxiliar a administração do Clube nas tomadas de decisão.
Sobre a apresentação das demonstrações financeiras de 31 de dezembro de 2012,  tomamos como estratégia aguardar que todo o trabalho dos primeiros 90 dias fosse concluído (levantamento das dívidas fiscais, bancárias, trabalhistas, contas a pagar, contas a receber, etc…), para encaminhamento à aprovação dos demais órgãos da administração. Ainda, estamos auxiliando no equacionamento da explicação das contas do balanço do ano de 2011.
Adicionalmente, estamos trabalhando na redução das despesas operacionais de todas as áreas, tendo na área financeira, reduzido o quadro de pessoal em 26% e as despesas em 45%. Dentro deste espírito de trabalho em equipe, neste período de 100 dias foram ainda efetuados trabalhos em conjunto com diversas outras áreas do clube a fim de buscar a real situação das contingências trabalhistas e cíveis e do equacionamento dos processos de controles internos.
Nossos próximos passos são a contínua melhoria dos processos internos, principalmente com a máxima utilização do sistema de gestão (ERP) e no processo de melhoria de obtenção de novas receitas e aumento na arrecadação das atualmente existentes.
Temos absoluta certeza que a situação financeira do Flamengo será equalizada. Hoje estamos construindo os alicerces para, no futuro, conseguirmos atingir este objetivo. No medio prazo, seremos capazes de apresentar um clube totalmente estruturado para atender aos anseios dos associados com instalações de primeira linha e no lado esportivo (futebol, remo e esportes olímpicos) conquistar títulos e voltar a ser o maior clube do mundo.
Saudações rubras negras,
Rodrigo Tostes & equipe
Realizações da vice-presidência de Esportes Olímpicos
1) O que encontramos no departamento de Esportes Olímpicos:
– Déficit de R$ 14,5 milhões em 2012
– Atraso de três meses nos contratos de imagem e ajuda de custo aos atletas
– Equipes de ponta sem patrocínio
2) O que fizemos:
– Contratação de um diretor-executivo, com experiência no mercado
– Redução do deficit previsto para 2013 – R$ 5 milhões
– Fortalecimento das categorias de base
– Reavaliação e valorização das escolinhas
3) O que podemos esperar para os proximos 100 dias dentro do nosso plano para o CRF:
– Finalização de quatro projetos baseados em leis de incentivos (CNDs)
– Início das obras de recuperação do Ginásio Cláudio Coutinho
– Renegociação do contrato com o Comitê Olímpico Norte-Americano
– Criação da Escola de Esportes Sempre Flamengo
Realizações da vice-presidência Jurídica
1) O que encontramos no departamento jurídico:
– Descentralização das atribuições jurídicas
– Cerca de 500 ações trabalhistas
– Cerca de 180 ações cíveis
– Todas as CNDs vencidas
2) Realizações dos 100 dias de gestão:
– Redução para menos de 200 ações trabalhistas
– Pagamento de todas as 70 ações através de Ato Trabalhista
– Substituição do escritório responsável pela condução e elaboração das defesas na esfera trabalhista, gerando uma economia anual de R$160.000,00
– Sucesso nos principais casos cíveis que geravam penhoras (Consórcio Plaza)
3) O que podemos esperar para os proximos 100 dias dentro do nosso plano para o CRF:
– Redução para 100 ações trabalhistas
– Processos internos redesenhados
– Manter as CNDs
Realizações da vice-presidência de Marketing
1) Como encontramos o departamento?
– Inexistência de qualquer planejamento, performance e perspectivas
– Ausência de um patrocinador master há mais de 1 ano e meio
– Inexistência de um programa de sócio-torcedor
– Inexistência de um projeto consistente de licenciamento de produtos
– Poucos patrocinadores existentes com seus contratos expirados entre fevereiro e abril
2) O que já realizamos?
– Contratação de diretor executivo, com experiência de mercado
– Elaboração de um plano de ação de curto prazo, com metas ousadas mas factíveis.
– Priorização de busca por receitas incrementais, de longo prazo e recorrentes
– Assinatura de contratos de longo prazo com empresas de reconhecido prestígio internacional, como Adidas e Peugeot
– Garantia de R$ 398,4MM em receitas
– Renegociação de contratos buscando condições financeiras e estratégicas mais favoráveis ao clube (casos de bilheteria e sócio torcedor)
– Lançamento em tempo recorde do nosso programa de sócio-torcedor, o “Nação Rubro Negra”, que conta com mais de 13.000 “sócios”,já sendo um dos 10 maiores do Brasil em menos de um mês de vida
– Negociação com parte das lojas revendedoras exclusivas de produtos Flamengo, transformando-as em 22 lojas oficiais do CRF(não havia nenhuma)
– Ligação e atuação com o futebol professional, mostrando aos jogadores e comissão técnica a importância dos patrocinadores e da exposição de suas marcas
3) O que os sócios podem esperar ainda este ano?
– Previsão de R$ 4MM em 2013 somente de empresas que usaram a marca Flamengo. Passamos a cobrar de quem devia ao CRF por contrato, mas não pagava. Antes, o clube não cobrava
– Negociações com 3 potenciais patrocinadores para a nossa camisa. Fechando com 2 deles,iremos alcançar R$80MM/ano(sem o bônus por conquistas), seguramente o maior valor da America Latina
– Perspectiva de, até dezembro, ser um dos 3 maiores programas de sócio-torcedor do Brasil
– Lançamento de um ambicioso programa de licenciamento de produtos
– Criação de um programa de “franquias”, com o objetivo de aumentar significativamente nossos canais de distribuição e, consequentemente, nossas receitas. – As 22 lojas oficiais que já existem aumentarão para 60 ainda este ano, tendo em seus contratos a previsão de migração para o modelo de franquias
– Retomar o projeto das “embaixadas Rubro Negras” sob um novo prisma de relacionamento de negócios.
Realizações da vice-presidência de Comunicação
1) O que encontramos no Departamento de Comunicação?
– Imagem negativa no mercado, com reflexo direto na abordagem dos principais veículos de mídia
– Ausência de porta-voz oficial
– Total falta de controle de informação (vazamento)
– Inexistência de qualquer trabalho coordenado de Comunicação Interna
– Inexistência de qualquer trabalho de criação e execução de Campanhas Publicitárias
2) O que a nova Comunicação fez em 100 dias?
– Contratação de diretor-executivo
– Nova aparelhagem de som para a sala de imprensa do CT (a instalar)
– Definição de porta-vozes
– Centralização da informação, fortalecendo o site oficial do clube
– Criação e padronização da Comunicação Interna (visual e conteúdo offline)
– Planejamento e execução das Campanhas Zico 60 Anos e Programa Nação Rubro-Negra
– Melhoria na logística de atendimento à imprensa no CT
3) O que sócios e torcedores podem esperar da Comunicação para os próximos 100 dias?
– Relançamento do site oficial, totalmente repaginado
– Planejamento de Comunicação exclusivo com os sócios
– Realização de treinamento com atletas no contato com a imprensa (media training)
– Finalização do Planejamento Geral de Comunicação, com metas de exposição de mídia e polarização de imagem
Realizações da vice-presidência de Comunicação
1) O que encontramos no Departamento de Comunicação?
– Imagem negativa no mercado, com reflexo direto na abordagem dos principais veículos de mídia
– Ausência de porta-voz oficial
– Total falta de controle de informação (vazamento)
– Inexistência de qualquer trabalho coordenado de Comunicação Interna
– Inexistência de qualquer trabalho de criação e execução de Campanhas Publicitárias
2) O que a nova Comunicação fez em 100 dias?
– Contratação de diretor-executivo
– Nova aparelhagem de som para a sala de imprensa do CT (a instalar)
– Definição de porta-vozes
– Centralização da informação, fortalecendo o site oficial do clube
– Criação e padronização da Comunicação Interna (visual e conteúdo offline)
– Planejamento e execução das Campanhas Zico 60 Anos e Programa Nação Rubro-Negra
– Melhoria na logística de atendimento à imprensa no CT
3) O que sócios e torcedores podem esperar da Comunicação para os próximos 100 dias?
– Relançamento do site oficial, totalmente repaginado
– Planejamento de Comunicação exclusivo com os sócios
– Realização de treinamento com atletas no contato com a imprensa (media training)
– Finalização do Planejamento Geral de Comunicação, com metas de exposição de mídia e polarização de imagem
Realizações da vice-presidência de Finanças
1) O que encontramos no departamento financeiro:
– saldo devedor em conta corrente
– diversos compromissos de curto prazo vencidos
– duas penhoras pela falta de recolhimento de impostos federais no valor total de R$ 25 milhões
– duas penhoras de ações cíveis em torno de R$ 60 milhões
– uma penhora de ações trabalhistas com saldo devedor de R$ 15 milhões
2) Realizações dos 100 dias de gestão:
– elaborar fluxo de caixa de curto e longo prazo
– estratégia de pagamento, ou mesmo, alongamento das dívidas através de parcerias com nossos credores.
– Ao todo foram renegociadas em torno de R$ 45 milhões em dívidas com bancos credores.
– redução das despesas operacionais de todas as áreas
3) O que podemos esperar para os próximos 100 dias dentro do nosso plano para o CRF:
– contínua melhoria dos processos internos
– melhoria de obtenção de novas receitas
– aumento na arrecadação das receitas existentes
Realizações da vice-presidência de Secretaria Geral
1) O que encontramos na Secretaria:
– Má gestão dos recursos, financeiros e de insumos
– Precariedade no banco de dados dos sócios
– Problemas referentes à informática (sistema integrado de acesso à Gávea) que impactavam diretamente nas funções da Secretaria
2) As realizações da Secretaria nos 100 dias:
– Aumento exponencial do número de novas associações, consequentemente de receita para o clube
– Parceria com o Fla-Gávea, absorvendo o diretor-executivo Alexandre Petroni, que acumula as duas áreas, dando maior celeridade na resolução de problemas especialmente operacionais.
3) O que podemos esperar para os próximos 100 dias dentro do nosso plano para o CRF:
– Implementação da Secretaria On-line, de forma a permitir que o sócio / possível sócio faça um contato on-linecom o Clube através da nossa página na Internet. Isto também possibilitará a associação de futuros sócios que residam fora do Rio e/ou Brasil;
– Criação de novas formas de pagamento para títulos e mensalidades;
– Lançamento e realização de programa de recadastramento dos Sócios, para atualização do Banco de Dados e otimização do sistema de cobrança de mensalidades;
– Atuação, junto ao TI e ao Fla-Gávea, com o objetivo de melhorar o sistema e controle de ingresso de sócios na sede.
Realizações da vice-presidência de Administração/ Fla-Gávea
1) O que encontramos no Fla-Gávea:
– gravíssimos problemas de infraestrutura física e tecnológica
– mão de obra desmotivada e sem investimento em capacitação
– processos de recrutamento descentralizados e sem padrão
– patrimônio mobiliário sem controle
– área de compras sem crédito no mercado
– almoxarifado com parcos controles e decrépito armazenamento
– campo da Gávea absolutamente deteriorado
2) O que fizemos:
– Controle rígido de acesso ao clube
– Avaliação e detecção de risco da piscina do clube, através de laudo técnico
– Entrega de documentos para a seguradora do Ginásio Cláudio Coutinho
– Avaliação completa do sistema de fornecimento de energia
3) O que podemos esperar para os próximos 100 dias dentro do nosso plano para o CRF:
– pintura total (externa e interna) do nosso Clube e do Ninho do Urubu
– racionalização do espaço para estacionamento na Gávea que carece de reformas urgentes e de uma utilização que atenda as reais necessidades de nossos associados
– Criação de calendário de eventos
– instalação de novas catracas com identificação biométrica e de totens de atendimento para pagamento
Realizações da vice-presidência de Remo
1) Como encontramos o departamento
– Gastos dispensáveis
– Estrutura administrativa falha
– Necessidade imperiosa de profunda reformulação da Academia do Remo
– Salários dos atletas com dois meses em atraso
2) O que fizemos nestes 100 dias?
– Elaboração de projeto de formação de remadores e o grupo médico (embrião do projeto Soma do Remo). A equipe é tetra campeã estadual, com destaque para a Fabiana Beltrame, campeã mundial, em 2011.
– Expansão e melhorias nas instalações sofreram
3) O que esperar para os próximos 100 dias?
– Entrega à aprovação do Conselho Diretor dois programas e oito projetos
– Proposta de construção do Centro de Excelência do Remo, sob autossuficiência financeira e a formação de atletas de nível internacional
Fonte: Site Oficial

E aí Nação, o que vocês acharam? Comentem! Siga-nos também no 

Veja também