A chegada de Marcelo Cirino e as opções de Luxemburgo.

O Flamengo anunciou na tarde desta sexta-feira a contratação de Marcelo Cirino, atacante que pertencia ao Atlético Paranaense, tratado como um dos jovens de maior potencial do futebol brasileiro. A transação aconteceu por meio da Doyen Sports, que financiou a compra de 50% dos direitos de Marcelo, reportadamente por R$ 13 milhões, e os repassará ao clube. O Fla tem até 3 anos para pagar esse valor, com juros de 10% anuais, e se vender o atleta antes disso, receberá 20% do montante apenas.
Marcelo, de 22 anos, é mais uma opção de velocidade para o ataque do Flamengo, que teve nas jogadas pelas laterais e nos contra-ataques suas principais armas em 2014. Ele se juntará a Everton (com quem atuou em 2013 no Atlético), Gabriel, Paulinho e Nixon como os atacantes do elenco que jogam caindo pelas pontas. Com Alecsandro e Eduardo da Silva como opções para jogar mais centralizados, Luxemburgo terá que deixar três ou quatro desses atletas de fora do time titular (ainda mais se confirmada a chegada de um meia armador, que especulam ser Jadson).
O atacante tem como principais características a velocidade, a explosão física e a finalização. Ele se firmou no Furacão em 2012 e, em 2013, ano em que despertou o interesse de diversos clubes do futebol nacional, marcou 9 gols e deu 9 passes para gol em 42 jogos (37 deles como titular) da Copa do Brasil e
Prejudicado por uma lesão no começo da temporada de 2014, além de estar constantemente envolvido em boatos de que sairia do Atlético-PR, Marcelo viveu poucos bons momentos no ano. Foram apenas 6 gols e 5 assistências em 39 jogos entre Brasileirão, Copa do Brasil e Copa Libertadores. Os dados são do site Footstats.
Para incluí-lo no time, o técnico Vanderlei Luxemburgo tem várias opções. Uma delas não altera muito a postura tática da equipe em relação à de 2014. Ele pode montar o time com um centroavante fixo dentro da área, provavelmente Alecsandro. Everton manteria sua função pela esquerda e, na ausência de um camisa 10, Marcelo disputaria com Eduardo da Silva a vaga de um segundo atacante que fica mais próximo de Alecsandro. Márcio Araújo continuaria jogando pela direita, aumentando o poder de marcação da equipe, e Cáceres e Canteros completariam o meio campo. Com o tal meia-armador, que jogaria mais próximo do centroavante, Marcelo pode ir para a direita e Araújo ser sacado da equipe.
Outra alternativa é tirar Alecsandro e utilizar o croata ou Nixon como um falso 9. Nesse esquema, Marcelo cairia pela direita e Everton pela esquerda, eventualmente trocando de lado para confundir a marcação. Conforme os jogadores passarem a se entender mais em campo, Luxa pode promover algo parecido com o que aconteceu com o Atlético Mineiro de Levir Culpi no final da última temporada. Carlos e Luan jogavam abertos, mas não hesitavam em trocar de posição e intensificar a movimentação com Tardelli. Se estiver confortável em fazer Marcelo e Everton recomporem a defesa em todo ataque adversário, há ainda espaço para um meia armador.
Mas a escalação mais conservadora (e que Levir usou nos jogos decisivos) indica dois volantes mais presos no meio e um outro com mais liberdade para armar as jogadas. No Flamengo de hoje, essas funções poderiam ser executadas por Cáceres, Márcio Araújo e Canteros, respectivamente. Nenhuma dessas escalações propostas contempla Marcelo jogando como o atacante mais centralizado, já que o atleta não tem muita experiência nesse posicionamento e o Flamengo tem jogadores nos quais Luxa confia para a posição. Porém, se houver a necessidade dele jogar pelo meio, ele pode simplesmente substituir um dos centroavantes para Gabriel ou Paulinho assumirem sua posição pela direita.
Seja qual for a utilização que Vanderlei preferir, Marcelo potencializa o poder de fogo do Flamengo, além de dar profundidade ao setor ofensivo do elenco rubro-negro. Jovem, pode ser que ele sinta um pouco a pressão e cobrança de jogar no clube, principalmente se for a maior contratação do Fla na janela. Mas, a priori, fortalece, e muito, o Flamengo. A apresentação de Marcelo está marcada para às 15h30 desta sexta. Ele já deixou um recado para a torcida do Flamengo, que pode ser conferido abaixo.

Fonte: ESPN F.C.