A possível falta de um 10 e o plano B para o Flamengo.

O tempo está passando e temos que pensar na possibilidade de que um craque camisa 10, da qual precisamos tanto não vai chegar… O que fazer então???

Apesar de não termos um “craque” armador para orquestrar o time no meio de campo, temos jogadores que podem fazer esta função mesmo que não seja com tanto êxito. Vimos há pouco, que o Luxemburgo testou o Eduardo da Silva jogando improvisado no meio como armador, fazendo um esquema sem um centroavante fixo na área e com pontas velozes (Marcelo, Everton e Gabriel)  flutuando no ataque e revezando suas posições, um esquema interessante da qual pode dar certo, porem não é a verdadeira praia do Eduardo da Silva jogar recuado.
Então observamos, que um esquema sem um armador de ofício, vem como primeira proposta jogar no contra ataque. O flamengo tem jogadores super velozes e jogando de igual pra igual contra um time que também vem pra cima, pode ser que dê certo. Porém… e se o time adversário jogar recuado? como vai ser?
Bem, acreditamos que será aquele sufoco que passamos no ano passado, porque jogando sem um armador o time joga sem um cérebro, e consequentemente,  ficaremos na base de chutões da zaga ou lançamentos de Canteros.
Pode dar certo? Pode… mas fica mais viável tentar novamente o nosso tão esperado e promissor Mugni ou o Arthur Maia nosso mais recente contratado para o meio de campo, e ambos, já demonstraram ter talentos.
Nessa linha de pensamento, é bom frisar que um time necessariamente não precise de um meio de campo armador. Podemos com o que já temos no elenco, utilizar um meia de ligação que mesmo não tendo o feeling de um meia armador,  mas que execute a ligação da defesa com o ataque de forma cadenciada ou com velocidade. Para isso, o Mugni e o Arthur Maia serão muito importantes nesta função.
Não precisaremos improvisar ninguém, já que improvisamos numa outra oportunidade, o Everton e o Gabriel que já fizeram essa função. O time jogando com os jogadores em suas devidas posições e nessa formação com o meia de ligação/armação, exploraremos bastante as laterais e linhas de fundo…. e esperaremos por boas jogadas individuais de nossos atacantes rápidos, habilidosos e inteligentes.
Esperamos que o Luxemburgo tenha paciência com os nossos meias atuais e trabalhe eles incessantemente, para que não precisemos ficar fazendo adaptações ao recuar o Eduardo novamente ou adiantar o Canteros. Deixem eles quietos nas suas reais posições de ofício, pois hoje temos opções.
Temos amistosos com ótimos e difíceis adversários para testarmos a nossa força. Esperamos que o Luxemburgo trate os jogos com seriedade, coloque em campo o melhor que temos e que a torcida veja os jogos com paciência e que não se deixem influenciar com  os resultados e tenham a consciência que estamos começando a temporada e ainda estamos em trabalho de preparação para os campeonatos  que iremos disputar.
SRN!!!

Por: Thiago Gallo Rodrigues / Silvan Filho