Aliviado após vitória, Flamengo recebe a Liga Sorocabana.

Compartilhe com os amigos
A convincente vitória de quinta-feira diante do Paulistano por 97 a 81, na Arena da Barra, veio em ótima hora para o Flamengo. As duas derrotas consecutivas – três em quatro jogos pelo NBB – preocupavam um grupo acostumado a vencer. Contudo, o resultado largo e, principalmente, a exibição no segundo tempo lembraram algumas das apresentações da temporada passada, que impulsionaram o time na conquista de tudo o que disputou. Para não deixar a peteca cair, os cariocas têm mais um desafio, o terceiro da semana, desta vez, contra a Liga Sorocabana, lanterna deste NBB 7. Diferentemente dos dois anteriores, o jogo será no Ginásio do Tijuca, às 19h – o último antes da estreia na Liga das Américas. Nesta próxima segunda, a delegação viaja para o México, onde no próximo dia 23 inicia sua trajetória contra o Malvín, do Uruguai, na luta pelo bicampeonato da “Libertadores do basquete”.
Se a pressão sobre os ombros do elenco carioca foi aliviada pelo resultado positivo diante dos atuais vice-campeões, um possível relaxamento no jogo contra a pior campanha do Novo basquete Brasil não é nem cogitado. O objetivo é embalar e chegar no próximo final de semana com o moral lá no alto. Uma segunda vitória consecutiva também seria de muita valia na briga para permanecer entre os quatro primeiros da competição.
– Esse campeonato já nos mostrou que não tem jogo tranquilo. Seja fora de casa ou dentro. A Liga Sorocabana é um time forte, que joga fisicamente e com muito contato. Temos que estar atentos para isso e manter nosso ritmo de jogo, Se ficarmos pensando no que passou ou na tabela de classificação, corremos o risco de sermos surpreendidos novamente e perder mais uma – alertou José Neto, treinador do terceiro colocado do NBB ao lado do Minas.
A maior preocupação em relação ao rival é o intenso jogo físico que este costuma impor aos seus adversários. Desgastado das duas partidas disputadas em 48 horas, o Flamengo almeja repetir a defesa que realizou no terceiro quarto diante do Paulistano, quando só permitiu aos paulistas anotar 13 pontos.
– É um time que joga muito duro, por isso temos que repetir a postura defensiva desses dois últimos jogos. Não podemos ficar olhando para a tabela, pois esse campeonato já mostrou muitas surpresas, inclusive com a gente. Sabemos que não podemos mais bobear e perder jogos em casa se quisermos nos classificar entre os primeiros – salientou o capitão Marcelinho.
Devido à viagem do Flamengo, o jogo entre cariocas e paulistas foi adiantado. Ele é válido pela segunda rodada do returno, que será complementada entre os dias 19 e 21 de janeiro. No embate do turno, os rubro-negros suaram para derrotar o rival por 97 a 92.

Fonte: GE
Compartilhe com os amigos

Veja também