Conca – Parte II

A possibilidade da transferência do meia argentino Dario Conca do Fluminense para o Flamengo, interesse anunciado neste espaço há alguns dias, ganhou forma e conteúdo no final de semana com as primeiras declarações de Celso Barros, presidente da Unimed-Rio, a respeito do assunto.
O executivo conversou com a coluna na sexta-feira, conteúdo publicado na edição de ontem, e voltou a trocar ideias sobre o tema na tarde de domingo, inconformado com a tentativa de fazer dele, tricolor declarado, um vilão indesejável.
INJUSTO.
Barros, até então o mecenas salvador, agora é acusado de tentar tirar das Laranjeiras o astro principal do Fluminense.
O que não me parece verdade, embora as partes estejam mesmo num impasse de difícil solução: a empresa tem 80% dos direitos econômicos do meia e lhe pagava R$ 500 mil reais por mês a título de exploração da imagem com a camisa tricolor.
Agora, sem vínculo com o clube, o executivo não descarta a saída de Conca para um outro que possa estampar a marca Unimed na camisa.
FALA, CELSO!
“O que não me parece justo e inteligente é a empresa arcar com um contrato deste porte (R$ 12 milhões), sem ter nada em troca. O presidente Peter Siemsen (do Fluminense) poderia ter evitado o degaste. Bastava, por exemplo, expor nossa marca na manga da camisa durante a vigência deste contrato, que é o mais longo de todos. Mas, não: ele queria que renovássemos o patrocínio. Como não foi possível, optou-se pelo rompimento…”
CONCA!
Como o próprio executivo nos avisara na coluna de ontem, a diretoria do Flamengo encaminhou proposta aos dirigentes do Fluminense.
E, logicamente, ela foi recusada.
Celso diz ter sido informado do fato pelo vice de futebol Mário Bittencourt, mas não sabe quais serão os próximos passos.
Uma coisa eu garanto: Conca está preocupado e seu empresário acompanha tudo de perto.
A empresa ainda não pagou a parcela de dezembro (não existe 13º em contrato de imagem) e não sabe quando pagará janeiro.
SAÍDA.
A diretoria tricolor garante que não vai se desfazer do jogador e acho ótimo que ela pense assim.
Conca é importantíssimo para o Fluminense e, com o seu estilo, há pouquíssimos no mercado.
Mas será preciso comprar da Unimed este contrato de R$ 12 milhões referente aos direitos de imagem de Conca.
Quem sabe um novo parceiro não se interesse?
FINAL.
Na manhã desta segunda-feira, a diretoria do Flamengo anunciou que desistiu da contratação de Dario Conca.

Fonte: Blog do Gilmar Ferreira