Luxemburgo quer Flamengo ofensivo e com velocidade.

Compartilhe com os amigos
Vanderlei Luxemburgo assumiu o Flamengo em julho do ano passado e conseguiu tirar a equipe da tão indesejada confusão no Campeonato Brasileiro. Agora, à frente da equipe desde o início da temporada, o treinador espera um ano de maior tranquilidade, mesmo deixando claro que a ‘confusão’ está sempre com o Rubro-Negro. Com cinco reforços e um elenco mais enxuto, o treinador já pensa longe e vislumbra que o clube esteja na elite do futebol sul-americano em 2016.
– No ano passado pegaram uma bola de fogo e colocaram na minha mão. Agora é início de ano. Temos de começar bem a temporada, o Flamengo, em dois anos seguidos, passou próximo do rebaixamento, mesmo com conquistas. No Brasileiro temos que brigar entre os seis primeiros, estar na elite em 2016, é o nosso objetivo, com ou sem conquista. No planejamento, temos que estar na Libertadores. Fizemos uma análise do ano passado das coisas que aconteceram para o que queríamos neste ano e ano que vem. E Não existe Flamengo sem confusão, É por minuto mas a gente vai saindo dela. Mesmo assim é um baita clube para se trabalhar – disse o treinador.
Luxemburgo ainda destacou a montagem do elenco com a chegada dos reforços e espera montar uma equipe bem ofensiva para o decorrer da temporada e ainda deixou claro que irá prorrogar a pré-temporada durante do Campeonato Estadual, dando prioridade à parte física para a sequência do Brasileirão.
– Acabaram com o ponta há anos. Passaram a colocar dois atacantes e quatro no meio, em quadrado ou losango, com os laterais passando o tempo todo. Nesses últimos três anos, houve essa mudança. Passamos a ter dois homens dos lados, um atacante fixo e os laterais passaram a ser mais lateral mesmo. Esse é o perfil que eu vou ter, de velocidade. Dizem que é 4-3-2-1, mas para mim é 4-3-3, com atletas mais soltos. Antes era o ponta fixo, agora tem mais mudança de direção, ocupação de espaço. Velocidade intensa, com mudança de direção e dentro da característica do Flamengo, sempre ofensiva.

Fonte: Lancenet
Compartilhe com os amigos

Veja também

Comentários não são permitidos.