Mansur vê ‘armadilhas’ para Fla e Flu em preços do Carioca.

Em decisão na qual Flamengo e Fluminense se posicionaram contra, a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro aprovou os valores entre R$ 5 e R$ 50 para os ingressos do Campeonato Carioca. Os preços promocionais, que agradaram Botafogo e Vasco, deixaram o Rubro-Negro e o Tricolor inconformados, já que alegam que irão perder dinheiro com o arrecadamento menor. Apesar de admitir que o estadual possui caráter popular, o jornalista Carlos Eduardo Mansur, de “O Globo”, disse ver a medida da federação como injusta. Segundo ele, a entidade deixa de buscar melhorar o Carioca como um todo – este ano, diferente de 2014, a disputa não conseguiu angariar um patrocinador.
– A vocação do Estadual é ser popular. O problema é que, do jeito que foi feito no Rio, ficou com cara de armadilha, de forma a prejudicar dois rivais e seus projetos econômicos. Acima de tudo, uma solução míope, sem um mínimo estudo comercial do campeonato. Mexe-se em uma questão, que é o preço, mas não se vê o todo, que é dimensionar, dar o tamanho que precisa ter. Você tem um campeonato barato no início, mas perde-se esse interesse ao longo do tempo, não vai ser atrativo. Corre-se o risco de ter isso mesmo com o preço baixo. Se fizesse um estudo comercial, levaria esse produto ao mercado e conseguiria recursos capazes de subsidiar o preço do ingresso – afirmou no “Redação SporTV”.
O Flamengo entrou com recurso para anular ou revogar a decisão da Ferj. O clube alega que os preços trarão prejuízos em todas as partidas do time no Carioca. O Tricolor, por sua vez, informou que votou contra a decisão pois possui projetos que beneficiam seus sócios e deixará o departamento de marketing incumbido de analisar o caso e encontrar uma solução.
Mansur acredita que a dificuldade de se encher os estádios de futebol no Brasil é um problema crônico. Segundo ele, a falta de conforto, segurança e atrativos diminui a demanda, o que impede os clubes de venderem pacotes para toda a temporada.
– A ocupação de estádio no Brasil é um desafio que os clubes não aprenderam a vencer. A média histórica do Campeonato Brasileiro é de 35%, ou seja, 65% dos ingressos costumam encalhar. Quem vai antecipar receita para um campeonato que, na véspera dos jogos, sabe-se que terá ingresso?
O Campeonato Carioca começa no dia 31 de janeiro. Neste dia, dois times grandes entram em campo: o Flamengo visita o Macaé, às 19h30, no Moarcyzão, e o Botafogo enfrenta o Boavista, às 17h, ainda sem local definido.

Fonte: SporTV

Veja também