Montillo reitera vontade de jogar no Flamengo.

O meia Walter Montillo, principal alvo do Flamengo no momento, concedeu entrevista no Ninho do Urubu nesta terça-feira. O argentino reiterou a vontade de defender o Rubro-Negro e tornou a cobrar uma posição do Shandong Luneng. O jogador, de 30 anos, insistiu que espera uma resolução rápida, opondo-se contra o nascimento de uma eventual novela.
– Já expressei a vontade de ir para o Flamengo, mas não posso ficar falando todo dia isso aí. Minha parte já foi falada, agora é a vez do Cuca e do presidente de dar um retorno para o Flamengo. Senão vai virar uma novela, coisa que eu não quero.
Aos 30 anos, Montillo alegou dificuldade de adaptação e pretende deixar a China após uma temporada de sucesso no país: participou de 26 partidas, marcou dois gols e ajudou na conquista do título da Copa da Ásia. O principal motivo para sua saída seria por não ter encontrado escola para o filho Valentim, de seis anos. Ele ainda tem o caçula Santino, de quatro, portador de Síndrome de Down e que nasceu com má formação no intestino e no coração.
– Foi assinado (um termo que garantia condições solicitadas pelo argentino ao Shandong). Por isso que estou reclamando, não sou louco. Não sou doido e quero voltar a jogar no Brasil porque quero. Minha família não tem o conforto que foi assinado no contrato, não consegui coisas pro meu filho que pedi antes de assinar. Não voltei no início (para o Brasil no ato do descumprimento da cláusula), porque, como gosto muito do Cuca, falei com minha esposa de ficar um ano, fazer acontecer esse ano, e depois falaria com o clube. O presidente e o representante que o clube tem em São Paulo sabiam que tínhamos de ter uma conversa até o término do campeonato. Voltei a pedir a mesma coisa, pedi o que tenho assinado em contrato.
Questionado se o descumprimento da cláusula referente ao filho facilita o retorno para o Brasil, Montillo não soube responder e revelou quais pedidos fez à diretoria do clube chinês.
– Não sei se facilita, porque tenho contrato assinado por mais dois anos. No plano familiar, que e o primeiro que tinha falado no contrato, não foi feito dessa maneira. Acho que não pedi muito. Queria fonoaudiólogo, fisioterapeuta e um professor de espanhol. Não quero viver num castelo, numa mansão. São coisas que preciso para o meu filho. Senão o tempo que perdi não vou recuperar nunca.
Montillo bateu na tecla de que a pendência agora se refere a um entendimento entre as direções de Flamengo e Shandong.
– Flamengo e Shandong estão se falando entre eles. Agora está entre os presidentes dos clubes, com o Cuca. Tenho que treinar pensando que vou jogar uma final no dia 14 com o Shandong. Se não voltar, tenho que continuar treinando para chegar da melhor forma ao Flamengo – afirmou.
Pesa a favor do Rubro-Negro o fato de o clube chinês ter contratado Diego Tardelli e somar cinco estrangeiros no elenco, que conta ainda com os brasileiros Vagner Love, Aloísio e Júnior Urso. De acordo com o regulamento local, o time pode utilizar apenas três atletas de outras nacionalidades por partida.
O Shandong, que já enfrentou o Palmeiras no último sábado, encara o Botafogo no próximo dia 24, quando o Engenhão será reaberto, às 18h.

Fonte: GE