O último ano de Léo Moura no Flamengo.

Nesse ano o lateral direito Léo Moura completará 10 anos de Flamengo, um caso raro no futebol dos dias de hoje. Com 35 anos o jogador (e Maomé) é indiscutivelmente o único ídolo no elenco atual rubro-negro e desde que chegou é titular absoluto, tendo pouquíssimas vezes seu posto ameaçado. Neste ano, Léo Moura ganha mais uma sombra para posição. Pará acaba de chegar do Grêmio e é a aposta da diretoria para brigar pela vaga. Concorrência, aliás, é o que não faltou ao capitão durante esses anos, sendo Wellington Silva que atua hoje pelo Fluminense o que mais se destacou.
O fôlego já não é o mesmo para subir ao ataque e descer para recompor a marcação, resultando em alguns (ou quase todos) lances de perigo para os adversários. O torcedor mais otimista se lembra de Júnior, que trocou a lateral direita pelo meio campo e aos 38 anos foi o maestro na conquista do penta brasileiro. Acontece que Júnior está a anos luz a frente de qualquer jogador no elenco do Flamengo e até na própria Seleção Brasileira (ou no mundo), por isso mesmo que Léo consiga exercer a função, ainda assim não será uma ciência exata. Outro fator que soma contra o Léo Moura é o alto nível que os veteranos estão conseguindo atuar.  Nos últimos anos vimos Seedorf, Paulo Baier, Alex e Zé Roberto que fez uma temporada espetacular jogando pela lateral esquerda aos 40 anos.
O torcedor rubro-negro não é ingrato ao Léo Moura, muito pelo contrário. Todos reconhecem a importância do camisa 2 para o rubro-negro. Porém o tempo de Léo Moura passou e a torcida, que tanto o admira, não quer ver o craque peregrinando por times pequenos ou em algum rival, como foi especulado durante a novela sobre a renovação de contrato no ano passado.
Léo Moura desde que chegou ao Flamengo tem mais títulos que todos os rivais cariocas juntos (o que não é tão difícil) no mesmo período somando 5 estaduais 2007,08,09,11,14, duas Copas do Brasil 2006 e 13 e o histórico brasileiro de 2009. Individualmente conquistou 4 anos seguidos o prêmio de melhor lateral direito de 2006 a 2009.

Fonte: Lanceativo