Sócio-torcedor do Flamengo! A única falha – 2ª parte.

O artigo “Sócio-torcedor do Flamengo! A única falha.” deu o que falar nos últimos dias, recebi vários comentários e email’s de rubro-negros querendo dar sua opinião a respeito do texto, que baseava-se na aposta que se o sócio-torcedor flamenguista pudesse votar para presidente do clube o programa de filiação teria uma grande quantidade de novas adesões.
Alguns concordam e outros discordam sobre essa permissão, e isso caros leitores, é a essência da opinião, porque cada individuo têm a sua. É sempre importante esse contraditório, para que vejamos se realmente a nossa opinião é firme e segura.
Desde que me conheço por gente eu sou Flamengo. Meu avô rubro-negro fanático foi o principal responsável por isso, e lhe agradecerei por toda vida. De 1984 para cá, já festejei (brasileiro de 2009), já chorei (perder na final da Copa do Brasil para o Santo André), já me magoei (a saída de Ronaldinho Gaúcho), já sonhei (ataque dos sonhos do Flamengo), já desanimei (time do Flamengo de 2006), mas o que eu mais fiz foi viver o Flamengo.
E como eu, existem mais 40 milhões. Alguns vivendo intensamente isso, outros um pouco menos. Alguns conseguindo ir em quase todos jogos do mengão, outros sem nunca ter ido num jogo na vida. Alguns com a camisa nova da Adidas, outros com a velha camisa de flanela da Petrobrás. Alguns utilizando todos os benefícios que o sócio-torcedor têm, outros nem sabem da existência do programa de filiação.
Mesmo assim, todos desejando o sucesso do clube. Flamengo é assim, depois que você vira torcedor, é como um casamento, na alegria e na tristeza.
Por isso, acho que todos os 40 milhões de Flamenguistas podem escolher quem irá nos representar na frente do clube mais querido do Brasil!

Quem vota para presidente do Brasil, que mexe com a sua vida na maior plenitude da questão, tem totais condições para votar para presidente do Flamengo.
Em cima disso, os que vivem intensamente pelo rubro-negro (na minha visão os sócios torcedores), estes sim, com certeza deveriam ter este direito.
Hoje o sócio-torcedor do Flamengo, é feito através da internet. Preenchendo um cadastro básico de dados, apresentando um cartão de crédito válido, realizando um débito inicial, o rubro negro já é parte integrante do programa de filiação flamenguista.
Hoje existem vários institutos e entidades renomadas pelo mundo, com milhões de associados que realizam votação para seu corpo diretor através da INTERNET, garantindo a confiabilidade do processo, e a segurança e integridade da informação (voto).
Agora volto a entrelaçar os pontos: Se esse sócio-torcedor conseguiu realizar o seu cadastro pela rede web, porque ele não conseguiria votar por lá também?
Com isso o sócio não precisaria se deslocar até a sede do clube para realizar a votação, poderia realizar no conforto da sua casa, sem gastar a mais para exercer seu direito de voto, e isso caros eleitores, motivaria ainda mais o torcedor rubro-negro a se filiar ao programa sócio-torcedor.
No meu próximo e último artigo sobre o tema, apresentarei algumas sugestões e descrição de projetos envolvendo tecnologia para alavancar o programa sócio-torcedor rubro-negro.
O Flamengo não é meu, e nem seu.
O FLAMENGO é dos flamenguistas.
O Flamengo é nosso!!!
Saudações rubro negras,
Abraços!
Rodrigo Pereira

Contato: rodpereira84@gmail.com