Wallace assume favoritismo do Fla e elogia pré-temporada.

O capitão do Flamengo concedeu entrevista nesta segunda-feira. Com caras novas no elenco e a permanência da base de 2014, o zagueiro assumiu o favoritismo da equipe para o Carioca. Mas alerta:

– Dos cariocas, teoricamente, quem está mais ajustadinho somos nós, mas também somos os que vão ter mais cobrança. No futebol, não existe isso de vantagem, time mais arrumado. É só no papel. Todo mundo quer enfrentar o Flamengo e vencer. O Botafogo caiu e está se remontando, o Fluminense também, o Vasco, mas quando as camisas se enfrentam pesa a alma para vencer.
Wallace também fez uma retrospectiva do esquema da defesa do time na temporada passada, e criticou a cultura do futebol brasileiro em relação a marcação.
– Sofremos muitos gols no período em que estávamos mal, em último. A equipe estava desequilibrada. No Brasil, há uma mania de achar que o sistema defensivo é feito pelos zagueiros, mas são 11 jogadores. A partir do momento que o Vanderlei ajustou o time, ficamos até seis rodadas sem sofrer gols.
No Resort de Atibaia, o zagueiro avaliou a experiência, revelou suas táticas para relaxar e vê de forma positiva a oportunidade de fugir da correria para conhecer ainda mais seus companheiros de Clube.
– Trouxe três livros para cá, mas só consegui ler umas 30 páginas. Virei baiano mesmo esse ano, só durmo. Muito cansaço. Nunca estive tão cansado como esse ano. Só treino e durmo, treino e durmo. O Vanderlei está tirando nosso couro. É bom estar junto, você acaba compartilhando coisas que no Rio deixa ir embora. Tem aquela resenha, discute o treino…
Ele ainda deu seu voto para o prêmio de melhor jogador do mundo da FIFA, que será revelado na tarde desta segunda-feira.
– Meu voto é para Cristiano Ronaldo. Acho que foi o mais competente dos três.
Na parte da tarde, o Flamengo realizará seu primeiro coletivo no ano. O treinamento está previsto para as 16 horas.
Matéria escrita por Eduardo El Khouri
@EduardoElKhouri