O Flamengo precisa pensar 2016 agora!!!

Caros Rubro Negros,

Estamos chegando ao fim de mais um ano que fica aquém das nossas expectativas como torcedores, esportivamente falando. Essa nossa decepção, porém, se dá apenas por que somos torcedores e no fim das contas vamos torcer e acreditar no melhor. Mas fazendo uma análise mais racional ficam claros os erros de planejamento e gestão durante o ano. São tantos que a posição atual do Flamengo é até lucro pensando aonde realmente merecíamos estar brigando.

A começar pelo planejamento do ano de 2015. Começamos o ano com nosso comandante sendo o já famoso “pofexô” que de fato teve um bom papel como bombeiro no fim de 2014, outro ano perdido. Porém a falta de direção e convicção da nossa diretoria em relação a escolha da manutenção do nosso técnico logo se faria visível. Em um momento, quando era pretendido pelo São Paulo, a posição foi de que Luxemburgo era vital para nosso “projeto”. Em coisa de 20 dias foi demitido. Ora….era fundamental para o projeto, foi demitido 20 dias depois por ter caído no campeonato estadual e por um inicio claudicante no brasileirão? Ou os sinais de que o trabalho não era bom já eram muitos e foi demitido em função disso? Mas….se o trabalho não era bom e já dava sinais claros, por que se posicionar contra a saída do técnico, colocando o mesmo como muito importante?? É difícil explicar… Depois contratamos Cristóvão Borges e uns 20 jogos depois contratamos Oswaldo de Oliveira. São 3 técnicos no ano. E há quem diga que o Oswaldo já estaria balançando ante a ventos não muito favoráveis…

Em seguida temos a questão da montagem do elenco. Aqui devemos sempre fazer uma ressalva à situação financeira do Flamengo, que mesmo depois de receber um tratamento mais profissional, ainda inspira muitos cuidados. E isso dificulta a montagem do elenco. Mas, mesmo com esse porém, os erros novamente saltam aos olhos quando olhamos para os acontecimentos. Não vou me alongar muito falando que passamos metade do ano sem meias criativos, que nosso badalado camisa 9 chegou em Julho, que nossos volantes e zagueiros deveriam ser estudados e que 4 ou 5 jogadores do nosso time dito titular ( estamos em outubro e ainda há dúvidas sobre os 11 titulares…) não fizeram parte da montagem inicial do elenco. Apenas a título de ilustração vou falar das nossas laterais. A nossa opção na lateral direita hoje é o Pará, sendo substituído pelo ainda um tanto roliço Ayrton, contratado no meio da temporada. Também temos eventualmente o improvisado e já sem identidade Luis Antônio. E no início do ano tínhamos o eterno Leo Moura e todo o embrólio que foi criado em torno de sua permanência ou não no Fla. Na lateral esquerda hoje temos o bom garoto Jorge, que na verdade é um grande achado. Para quem não se lembra o Jorge era a 4ª opção na lateral, atrás do Anderson Pico ( !! ), do Thalysson ( !!!!! ) e do badalado ( baladeiro ????) Armero, contratado no meio da temporada e já dispensado.

Posto isso, vamos a questão dos resultados traçados, metas e cobrança. Eu acredito que exista cobrança dentro do clube em relação a resultados ruins, contratações equivocadas e metas não alcançadas. Mas fica claro que a cobrança de alguma forma não está sendo efetiva. Mesmo tendo colocado tudo que foi posto acima e considerando a falta de qualidade e mesmo de “sangue” de alguns dos nossos jogadores, o elenco e o time do Flamengo são melhores do que o que vem mostrando nas últimas partidas. E como tudo é “tratado internamente” acaba que a torcida, a quem de alguma forma satisfações deveriam ser prestadas, fica a ver navios.

Uma nota especial deve ser feita aqui sobre o nosso Departamento Médico. É impressionante. Quem entra lá não volta mais, quando volta acaba se machucando novamente em função da contusão original ter sido mal curada…complicado isso viu.

Dessa forma acredito que, independente de quem ganhe as eleições no Flamengo no fim deste ano, (azul, verde, roxo, amarelo, cinza…tanto faz para a continuidade desse raciocínio) esse  alguém já tem que começar a planejar 2016 a partir de ontem na verdade. Já está atrasado. Sem perder o perfil sério em relação as defasadas finanças , tem que definir o perfil do técnico, pensando em alguém que seja contratado com a convicção de ficar a temporada inteira e aplicar uma metodologia de trabalho de acordo com o desejo de como o time jogue. Tem que decidir se esse homem é o Oswaldo ou se é outra pessoa. E ai o escolhido dever ter o suporte da diretoria para não ser demitido a qualquer oscilação. Em seguida , o elenco deve ser avaliado e a procura e o contato por possíveis reforços em posições carentes deve ser iniciada. O elenco deve estar pronto em Janeiro, para a pré-temporada e apenas contratações pontuais devem ser feitas. Tudo isso é urgente!!! E, principalmente, metas e cobranças por resultados devem ser feitas de forma mais eficiente, visto que eu dúvido muito que os objetivos traçados no inicio do ano de 2015 incluíssem ser desclassificado no estadual e na Copa do Brasil pelo pior time do Vasco dos últimos 15 anos, está em 10º campeonato Brasileiro faltando 7 rodadas pro fim do campeonato, emplacar novamente 3 técnicos no ano…

Curtas:

Nota 10: A torcida do Fla, em pleno Maracanã, vaiou o time em mais uma derrota em casa esse ano, agora para o Inter. Muito bem!! Afinal, somos todos torcedores e não bobos alegres que batem palmas pra qualquer coisa…

Nota 0: O Flamengo está cercado de “espertalhões” por todos os lados. É a FERJ, CBF, a própria Liga com seu ‘imparcial” CEO Alexandre Kalil… E ainda estamos em ano eleitoral e cada vez mais parecemos estar expostos . Fiz até uma coluna sobre isso mas volto a ressaltar: Temos que ficar de olho!!! É nesses momentos que “a vaca pode ir pro brejo…”

Saudações Rubro Negras!!!

Luiz Henrique Amorim

contato@colunadoflamengo.com.br

  • O Flamengo já tem pensado não apenas 2016. Já tem projetado até 2018. O problema é que o torcedor( todos nós) queríamos em 2015 o Flamengo pronto do ano seguinte. SRN

  • Para quem espera um time bom para 2016 leia um trecho de uma matéria abaixo.

    “No cenário pessimista, o clube teria R$ 35 milhões com patrocínios master e costas. De caixa livre, verba para investir, seriam R$ 5 milhões em 2016, R$ 20 milhões em 2017 e R$ 39 milhões em 2018. No cenário base, considerando a situação atual, seriam R$ 54,5 milhões em patrocínios como Caixa Econômica Federal, Jeep, Tim, Viton 44 e outros menores. Como caixa livre, os números saltariam para R$ 42 milhões em 2016, R$ 111 milhões em 2017 e R$ 133 milhões em 2018. No último cenário, o otimista, o patrocínio seria igual, com R$ 54,5 milhões. Esta conta não leva em consideração o contrato com a Adidas, por exemplo. Como caixa livre, R$ 76 milhões em 2016, R$ 174 milhões em 2017 e R$ 163 milhões em 2018.”
    Fonte(ESPN) :http://noticiasflamengo.net/noticia/flamengo-paga-r-190-milhoes-e-reduz-divida-monstro-em-25/

    • É por isto que o EBM está ganhando com folga as pesquisas p a presidência do Fla. Enquanto os outros ficam de fofoquinha falando mal da administração, pegando carona com as derrotas do time, falando uma porção de abobrinhas a equipe do EBM está fazendo prognósticos, elaborando metas e planejando o que fazer com os recursos financeiros e projetando para 2016, 2017 e 2018. É por isto que apesar dos erros cometidos eu torço p o EBM porque tenho muito medo do amadorismo voltar a comandar o clube. Eu esperava de Wallim uma postura semelhante mas estou decepcionado como ele está se comportando na sua campanha.

  • Se alguém espera um time bom, então aguardem lá em………………………….. 2018.
    Planejamento é não cair para segundona até lá, enquanto pagam dívidas enormes. Por exemplo em 2016 terão que pagar 150 milhões de dívidas. Não é nada pouco.

  • Estão todos tão preocupados com as eleições que esqueceram de planejar 2016, quando, a princípio, não teremos onde jogar aqui no Rio, por conta das olimpíadas. Pelo visto, a bagunça de 2015 se repetirá ano que vem, lamentavelmente.

    • Vc tá acompanhando as notícias??

Comentários não são permitidos.