Um novo formato para o Brasileirão? Parte 1

Caros Rubro Negros,

Me aproveitando deste “período sabático” no qual ficamos sem jogos oficiais do Flamengo gostaria de abordar um tema que vem sendo discutido antes discretamente e agora de forma cada vez mais pública: O formato do campeonato.

Peço nesse instante a paciência necessária a meus leitores para que leiam até o fim esta (longa) coluna que será dividida em 2 partes. E peço isso também porque normalmente quando se cogita qualquer discussão sobre o formato do campeonato brasileiro uma grande parte dos torcedores e dos jornalistas esportivos torce o nariz de imediato. E com certa razão! Afinal, desde que foi instituído formalmente um “campeonato Brasileiro” em 1971 em pouquíssimas ocasiões conseguiu-se repetir a forma de disputa de um ano para outro. E mesmo quando tal feito foi conquistado sempre tivemos fórmulas bizarras, tidas como injustas, que permitiram viradas de mesa, bagunças e que desprivilegiavam um planejamento mais sólido do clubes, entre outros muitos problemas. E isso de fato acabou com a chamada “era dos pontos corridos”. Foi um avanço fantástico!!

E daí já vão mais de 10 anos. Nesse período tivemos bons campeonatos e outros nem tanto. Tivemos campeonatos de bom nível técnico e outros nem tanto. E qualquer discussão levantada sobre o formato do campeonato costuma ser sumariamente encerrada com “elogios” a qualquer um que pense em um formato diferente. E sempre com argumentos como “na Europa é assim”, “É mais justo”, “é a melhor forma e pronto”, “isso é uma pensamento retrógrado”, “isso é choro de perdedor”. Eu quero sair dessa caixinha e pensar em outros fatores.

Assim, eu os convido agora a sair um pouco dessa zona de conforto que foi criada pela estabilidade, mais que necessária e bem vinda, que foi criada com a era dos pontos corridos. Faço isso por achar que podemos sim fazer algo melhor e também porque, no caminhar atual das coisas, cedo ou tarde algum cartola aloprado vai conseguir apoio para trazer de volta algum dos formatos toscos já utilizados ( conforme sugerido pelo Grêmio ) ou ainda criar um novo formato que coloque a perder tudo de bom que os pontos corridos já conquistaram até hoje. Na verdade a minha proposta é um hibrido dos pontos corridos que conhecemos. Tento pegar tudo o que tem de bom nos pontos corridos e atender ao público que sente falta de mais possibilidades para um final grandioso.

Por fim, nesse primeiro momento eu faço questão de ressaltar não quero ser de forma alguma o dono da verdade. Apenas gostaria de fomentar um debate mais saudável sobre o assunto e mostrar que podemos sim evoluir o formato de pontos corridos, aproveitando o que ele tem de bom, sem de forma alguma desmotivar os clubes a terem um planejamento melhor, a construírem uma estrutura e terem bons elencos. O objetivo é acrescer alguns fatores culturais e também alguns fatores que podem ajudar a fazer um grande espetáculo, algo de fato apoteótico, um grande evento. ( E que gere mais renda, visibilidade, marketing,etc).

E assim encerramos a primeira parte dessa coluna, guardando a 7 chaves a tal nova fórmula para o campeonato Brasileiro. Abraços e conto com o prestigio de todos para a segunda parte dessa coluna.

E aqui vai a segunda parte desta coluna, aonde trago a idéia que tive para o formato do Brasileirão.

Saudações Rubro Negras!!!

Luiz Henrique Amorim

contato@colunadoflamengo.com.br

Veja também

  • Sobre cotas de tv, a forma como vejo a melhor estruturação da liga deveria prever um modelo semelhante ao que se as nos eua, mas com duas possibilidades.

    A nível nacional e internacional, seria 100% igualitária entre os times das 2 primeiras divisões, totalizando em 60 times.
    Para as praças dos jogos, individual, cada um por si. Mas o modelo italiano, em que cada jogo tem um valor, cada time deve repassar 50% do valor daquele jogo ao seu adversário, seria um ótimo adendo….

  • Poderia continuar pontos corridos, mas uma final do campeão primeiro turno contra o vencedor do segundo, sendo apenas um jogo havendo vencedor ou se persistir o empate haveria um segundo e ainda assim permanecendo empatado, disputas de pênalti.

  • Concordo que a fórmula dos pontos corridos é a que mais privilegia o time que tenha um melhor planejamento para o ano inteiro, isso é muito importante para uma melhora dos nossos campeonatos, e que já temos a copa do Brasil com sistema de mata-mata, mas por que não implantar um sistema novo no campeonato brasileiro, juntando as duas fórmulas, mas apenas com finais no sistema mata-mata, primeiramente vou explicar minha teoria para não ficarmos em dúvida de nada, vamos lá.
    Nosso campeonato nacional é praticamente dividido em duas partes, pois nenhum time que começa o primeiro turno com um elenco, vai terminar o campeonato com esses mesmos jogadores, muitas transferências acontecem com o campeonato em andamento, entao primeiramente dividiriamos o campeonato em dois turnos, sendo dois campeonatos distintos. Com pontuação zerada ao fim do "primeiro turno". Um campeonato igual com 20 clubes, as primeiras 19 rodadas definiriam um campeão do turno, esse campeão já estaria garantido na grande final do campeonato. Agora vamos ao "segundo turno", a pontuação é zerada para todos os times, e começa um novo campeonato, com mais 19 rodadas, por fim teríamos um campeão, caso esse campeão se repetir no "segundo turno", não teríamos a grande final, pois não seria justo o clube que foi o melhor nos dois turnos ainda enfrentar mais dois jogos, caso isso não ocorra, e tivéssemos um campeão diferente do "primeiro turno" vamos a grande final, com cada campeão dos turnos, em um mata-mata, ida e volta, o time que tivesse a melhor pontuação somando os dois turnos decidiria a grande decisão em casa. Assim nosso campeonato teria a grande emoção do mata-mata, não deixando de privilegiar o planejamento dos clubes pelos pontos corridos. Os dois clubes campeões dos turnos já estariam automaticamente classificados para a libertadores, e as outras vagas seriam definidas com os times que tivessem a melhor pontuação somando os turnos, assim como para a copa sulamericana, e os quatro piores clubes em pontuação somados os dois turnos seriam os rebaixados! Bom essa é minha opinião para um campeonato mais emocionante e justo ao mesmo tempo.

  • Rubro negros não podemos perder nunca EBM, nessa eleição ,wallin se quiser só daqui a três anos, e olhe lá, bandeira é um cara apaixonado pelo mengao igual a nos mesmo, e é Honestíssimo ta provado . desejo tudo de bom para esse moço .com ele nos seremos o maior clube sul americano. Com certeza . saudações rubrunegas.

  • Então vai ser outra copa do Brasil
    Se for mata mata,pontos corridos muito melhor
    Pq vence qm manter uma regularidade até o final
    N um momento de sorte em uma ou outra partida
    E sobre a divisão das cotas d tever ,
    Pergunta pra coca cola se ela quer ganhar o msm da dolly

    • Muito boa essa da Coca cola e da Dolly… Kkkk

      Sobre o formato.. Eu não proponho exatamente um mata mata como nós conhecemos ….Os pontos corridos trouxeram ganhos que na podem ser deixados de lado….Temos que carregar isso…mas acho que podemos evoluir ainda mais o que temos por aí….abraços!!

  • vc podeira fazer uma reportagem do porque a FERJ recebe 10% da renda bruta dos jogos do flamengo, seria mais interessante.

    • São muitos temas e esse tema é interessante. Pra resumir ele no momento: isso conhece por que as federações são "chupinhas"era FERJ é uma das piores…mas ao que tudo indica os dias dela estão contados…

      Obrigado pela sugestão do tema. Caso tenha mais sugestões por favor não se acanhe em nos enviar!!!

      Abraços!!!

  • Pontos corridos do início ao fim.

  • Nem
    li. Não tem q mudar regulamento nenhum. Tem q mudar é a forma como os
    dirigentes administram os clubes…. EBM e o presidente do Palmeiras são
    exemplos. Elementos como o Eurico (eutorico as custas do vasco não tem
    mais espaço nos dias de hj..). Melhorando a administração, melhoram os
    próprios e tbm o campeonato!. Quem não se enquadra nos pontos corridos
    são os incompetentes ou safados e/ou os dois ao mesmo tempo!. PONTOS
    CORRIDOS BENEFICIAM OS CLUBES ORGANIZADOS, ORGANIZEM-SE!. Saudações
    sempre rubro-negras e st.. Ps: EBM por mais tres anos!. Não preciso de futebol pra viver, mudando o regulamento, coisa q não precisa (não é ai q tão os problemas), posso até cancelar meu st. e deixar o futebol de lado (já deixei a seleção dos gringos…. q jogam fora e dos corruptos…..marin, del nero, feldman, rinaldi….tô fora…..como disse não preciso deste tipo de futebol pra viver).

    • Quando o colega começa o comentário com "nem li" fica impossível um diálogo aberto sobre o assunto. Abraços!!

  • Os pontos corridos não devem acabar mas acho que pra ficar mas emocionante deveria a ver uma final entre o campeão do primeiro turno contra o campeão do segundo turno assim os times não se acomodariam no final do campeonato, poderiam fazer essa final em uma melhor de 3 jogos 1 jogo em casa 1 jogo fora e se for necessário o terceiro jogo em 1 campo neutro

    • Isso é fórmula de carioqueta, amigo. Evoluímos desse modelo para os pontos corridos.

      • E podemos continuar evoluindo. Abraços!!!

        • Com certeza. Andando para frente, não para atrás. SRN

          • Pois é. Por isso proponho a discussão. Para andarmos e não ficarmos parados na zona de conforto. Tenho certeza que podemos melhorar!!! SRN

  • O que acham dessa sugestão: O campeão do 1º turno do brasileirão (Pontos
    corridos) enfrentaria o campeão do 2º turno em jogo único, uma
    superfinal ou em 2 jogos lá e cá. E dos 2, o time que tivesse alcançado o
    maior número de pontos jogaria em casa, se fosse final única ou jogaria
    o último jogo em casa caso se optasse por 2 jogos.
    Poderia talvez dar a vantagem do empate pro que tivesse mais pontos no somatório geral, em caso de jogo único.
    Ao
    meu ver não seria uma fórmula injusta pois manteria quase toda a base
    dos pontos corridos e apimentaria o campeonato desde o início, porque o
    campeão do 1º turno já garantiria vaga na final.

    • Tá quase na hora de eu publicar a segunda parte dessa coluna…rs
      Abraços!!!!

    • Abutre Rubro Negro. Cheguei a pensar nesta fórmula que postou e esbarrei em um problema. Como ficaria a situação do rebaixamento? Digamos que no 1º turno um time fique absurdamente para atrás na pontuação, enterrado na lanterna e se recupere no 2º e consiga ser campeão em turno mais equilibrado. Será campeão e rebaixado?
      Tomando os vices como exemplo: Digamos que eles consigam fazer a melhor campanha da 2ª metade do campeonato, mas ainda assim seria insuficiente para escapar do rebaixamento no somatório geral. Como fica? Eles serão os campeões do returno e disputarão com o campeão do 1º o título?

      • Na minha sugestão(que trata de alguma forma de campeões de turnos) eu trato sobre isso. Campeão de turno não rebaixa. O rebaixamento fica como é hoje. Rebaixam os 4 últimos. Mas campeão de turno não rebaixa em hipótese alguma no campeonato corrente.

        É só colocar na regra.
        Abraços!

        • Isso cria a possibilidade de uma aberração, Luiz Henrique Amorim.
          Vou dar um exemplo simples e ao mesmo tempo exagerado, pois é no exagero que nascem as aberrações.
          Em 2009 o Mengão foi Campeão conquistando 38 pontos no returno ( Cruzeiro conquistou 40). Coritiba foi rebaixado com 45 pontos. Toda a arrancada do Flamengo terminaria em uma disputa final entre Inter X cruzeiro.

          São 57 pontos por turno, não é impossível um time terminar com 07 pontos no 1º e com 38 pontos ser campeão do 2º.

          É preciso ter cuidado com fórmulas mágicas. Levamos muito tempo para ter um campeonato que faz justiça ao campeão. Esses modelos sempre foram a desgraça do brasileirão, foram anos lutando pelos pontos corridos.

          Nosso campeonato é bastante disputado. Vários são os times que podem se sagrar campeão, vaga para liberta e rebaixamento mantém o campeonato vivo até o final.

          • Não vejo problema nessa suposta aberração uma vez que estaria prevista em regra que o campeão de um turno não poderia ser rebaixado. Acho muito simples.
            Abraços!!!

          • Se o problema é ter final é melhor dividir em dois grupos de 10. Jogos de ida e volta. Classificam 06 de cada grupo com cruzamento invertido e mando de campo. Depois 04( desempate nos critérios) fazem uma semifinal. É uma fórmula existente que obriga a final. Os 08 que restarem do primeiro chaveamento disputam a permanência. Os oito que sobrarem classificam para a sulamericana. Os 04 semifinalistas vão para a Libertadores.

          • Ou simplesmente usa os pontos corridos para classificação para as semifinais. Com vantagem do empate segundo a colocação.

          • Também é legal.Eu gosto. Mas aí novamente os advogados dos pontos corridos vão tacar pedras dizendo que é injusto o 4 colocado eliminar o primeiro é tal…E que na Europa e assim…
            Na idéia ida turnos o time que é campeão dos 2 turnos ( e obviamente é o time com mais pontos no campeonato) é campeão direto. Isso mantém um característica dos pontos corridos e pode aplacar a ira daqueles que enxergam nos pontos corridos algo tão maravilhoso que sequer pode ser contestado.
            Antes pensei outro formato: pontos corridos como é hoje. Caso o segundo colocado fique a menos de 4 pontos do primeiro no final dos turnos teríamos uma final… Será que ficaria legal assim?

            Abraços!!!!

          • Isso é legal. Mas os advogados dos pontos corridos vão chorar um monte já na formação dos grupos….

            Por isso tentei humildemente pensar em algo que mantivesse a maior parte das características do campeonato de pontos corridos…um híbrido mesmo, que vou apresentar na segunda feira, na outra parte dessa coluna.

            Abraços!!!

        • Beleza. Eu ganho o 1º turno e vou para a praia. Coloco o time reserva no campeonato e vou excursionar fazendo amistosos

          • Compensa fazer isso e deixar a opor-se ser campeão direto, sem final? se compensar….

          • Se o que querem é que tenha a final, qual é a dúvida de que um time possa largar o campeonato sabendo que está garantido nele e ir disputar torneios e faturar com o seu time A?

          • Primeiro que pra fazer issoV(amistosos durante a temporada) o time precisa de autorização da CBF pelo que entendi. Segundo que ele vai perder a chance de ser campeão direto ao ser campeão do segundo turno também.

            Abraços!!!!

          • Primeiro que pra fazer isso(amistosos durante a temporada) o time precisa de autorização da CBF pelo que entendi. Segundo que ele vai perder a chance de ser campeão direto ao ser campeão do segundo turno também.

            Terceiro que ele abriria mão de possíveis e importantes vantagens na possível final…

            E pra finalizar, é possível que o campeão de um turno fiquei sim fora de uma eventual final!!!! ( surpreendente não? Isso não está na minha proposta original, mas é possível de se pensar em um ponto aonde existem muitas possibilidades para decidir como a regra ficaria). Aguarde e confira!!!!

            Abraços!!!!

      • Campeões de turno não seriam rebaixados e no mais, usariam a pontuação geral dos 2 turnos pra rebaixar os piores.

  • Não mudaria o formato. Estão procurando cabelo em ovo.

    • Cara isso tudo não estaria mudando o nosso futebol em nada e digo mais tudo isso de visibilidade não mudaria uma coisa hoje qual o time que mais recebe no patrocínio máster? e qual foi o último título dele? Aí eu lhe pergunto como que os times estaria igual com esses formatos que vocês estado fomentando…

  • brasileirão de fevereiro a dezembro somente nos fins de semana e pontos corridos,
    copa do brasil e libertadores ja e mata mata e todos os jogos no meio de semana durando o ano todo, ai so arrumar as datas e proto, acho que da pra entender.

  • Só fazer dois turnos.

    Depois do primeiro turno zera tudo
    O campeão dos dois turnos fazem a final.

    Os rebaixados seria a soma dos dois turnos normal
    Assim como as vagas pra libertadores

    Mas eu ainda acho a atual fórmula melhor
    Acho q está errado e o calendário

    Tinha q se ajustar com o europeu por causa da janela.
    Esse negócio do time começar com um elenco e ir desfazendo é muito chato

  • Minha sugestão seria fazer um quadrangular final, ou um mata a mata a partir das semi. Explico: como todos sabem, o que vale no CB é a classificação para a Libertadores, claro num patamar acima o título. Tendo o quadrangular final, além de premiar os quatro classificados para a Libertadores com jogos que terão rendas astronômicas, a emoção das finais estaria de volta, sem a injustiça de oferecer a oportunidade de um oitavo colocado ser o campeão.
    Seria espetacular, grandes jogos com a atenção de todo o brasil, oferecendo uma ótima oportunidade para expansão das marcas dos clubes, ou seja seriam inúmeras as possibilidades….

    • A minha proposta é um pouco diferente mas não acho essa idéia bem bacana também. O problema ai vai ser a tal "injustiça". O cara ficou em 4º lugar 20 pontos atrás do líder e elimina o cara que ficou em 1º lugar. O que vai ter de gente tentando achar chifre em cabeça de cavalo…mas eu gosto da idéia!!! Abraços!!!!

      • Qualquer que seja a fórmula que vá com pontos corridos até o final e depois termine diferente será injusta, Luiz Henrique Amorim. Como vc mesmo disse, vale o que está na regra. Se for tratado assim, paciência.SRN

        • Justiça é um conceito muito relativo. Eu não vejo injustiça em diversos métodos fórmulas e não vejo essa justiça absoluta que tanto pregam nos pontos corridos….sem falar que o campeonato não pode ser mais justo do que interessante…acho que essas 2 características ( justiça e atratividade) tem que andar juntas…. E em prol de um produto mais interessante e atrativo vale a pena tornar as coisas um pouco ( eu disse um pouco) menos "justas".
          Abraços!!!!

      • Camarada, 20 pontos atrás do líder, aí forçou. Nenhum campeonato do mundo seria emocionante com essa diferença. Outra coisa, as séries poderiam ser melhor de três, com duas partidas na casa do time de melhor campanha, ainda com a vantagem do empate.

  • Minha ideia de mata-mata seria acabar com os estaduais o campeonato começar em março e ter as 38 rodadas normais ai ao final as quatro ultimas estariam rebaixadas e as outras dezesseis equipes fariam o mata-mata sendo o 16* pegar 1* o 2* pegar o 15* assim por diante ate chegar a final que seria em um jogo único em um estádio escolhido desde o fim do ano anterior as vagas da libertadores ficariam com os quatro primeiros colocados que ficaram ao fim das 38 rodadas pq desse modo não haveria desinteresse durante a parte dos pontos corridos e quando chegasse no mata-mata os clubes teriam somente o interesse de buscar o titulo para ser campeão na copa do brasil os times da primeira divisão não participariam so participariam os times das séries B C D e os quatro rebaixados da serie A que no caso entrariam so dps do fim dos pontos corridos da serie A sendo desse jeito penso que seria uma boa oportunidade para os times menores alcançarem o sonho da libertadores e os rebaixados teriam a chance de salvar o ano dps de um rebaixamento sei que e meio estranho mais acho que seria legal kkk

  • Engraçado eu observo o Grêmio quando eles tinham dinheiro para montar elencos fortes e times competitivos ninguém falava nada de mudar a fórmula do campeonato, agora que o cenário não é muito bom para eles já que terão que arcar com estádio entre outras coisas a grana é curta querem apelar para o retorno do formato antigo porque sabem que em mata- mata não precisa ter elenco e regularidade, quanto ao formato atual eu gosto, acho que poderia incrementar o seguinte: se os campeões de turnos fossem diferentes os dois fariam um jogo extra em um estádio neutro para definir o campeão, muito mais justo e ganharia em emoção também.

    • e a unica possibilidade de se ter final.

      Fazendo dois campeonatos a parte em cada turno. Os campeões se enfrentariam.

      Seria justo e simples.

      • E mais ou menos por aí Lucas.
        Abraços!

    • Claro que a proposta do Grêmio é interesseira. É o tipo de idéia que empobrece essa discussão e da razão aqueles que simplesmente torcem o nariz para a idéia de discutir novos formatos. Por essas e outras eu acho q temos que discutir esse assunto…pra evitar a alopraçao de algum cartola medieval ensandecido….

      Abraços!!!!

  • Pontos corridos é a melhor forma… Ja temos uma CB no formato mata-mata. O que que ser feito é acabar com esses estaduais ridículos, estender o campeonato no ano todo, ter uma divisão mais justa de cotas para que todos times formem bons elencos.
    Imagina um mata-mata que o Fla tem o melho time e chega num mata-mata perde para o ultimo classificado. Acabar com o pontos corridos é retroceder.

    • Será mesmo que é a forma perfeita? Eu acho que podemos evoluir isso sem acabar no "lugar comum" do que existia aqui antes… Bom… Pelo menos eu vou fazer a minha sugestão… Rs
      Abraços!!!!

      • so existe tres campeonatos que leva a algum lugar, brasileirão, copa do brasil e libertadore, esses campeonatos deveria durar o ano todo, qual o problema de copiar da europa, so muda o inicio do campeonato na europa começa em agosto e no brasil poderia começar me fevereiro. sera que e tão dificil e tem que acabar com as federações elas que atrasam o desenvolvimento no brasil.

        • Podemos copiar a Europa….e eu também acho que podemos fazer algo melhor do que apenas copiar…podemos aperfeiçoar…
          Abraços!!!

    • Cotas tem que ser divididas pela audiência amigo. A globo tem os direitos e faz o que bem entender. Justíssimo. Quem traz mais patrocínio para ela. Ganha mais. Simples assim. Se vc está falando de uma cota da cbf que ganha e não divide. Tudo bem. Acho que um campeonato com mata-mata seria ideal. Traria mais audiência e mais emoção. Os mais preparados iriam se sair bem, pela lógica, mas pode trazer mais emoção com a torcida por clubes de menor gabarito que possivelmente fique entre os 8 melhores. Torço pra isso.

      • Sobre as cotas eu até falei na minha coluna anterior. concordo com você.

        Sobre o formato… Logo mais eu posto a parte 2 da coluna.

        Abraços!!!!

        • vc viu como muitos são a favor de cotas mais justas, o fla vai ganhar mais na audencia e ppv.

          • Como eu te disse, acho que tem muita coisa pra ser discutida na frente…abraços!!!

          • Como assim ganhar mais na audiência? O fla não recebe mais por ter 50 milhões assistindo o jogo. Se for essa quantidade e 1 telespectador o fla não ganha nada. Quem ganha é a emissora que negocia com os patrocinadores o quanto eles vão pagar para colocarem suas propagandas no ar. Não entendo essa proposta de cotas iguais. A globo compra os direitos de imagem e faz o que bem entender. Interferir nisso é inconstitucional. É um mercado privado e não público. Se for assim. Quero uma parte dos meus impostos para os clubes. Não é justo? Rsrs parece-me que as pessoas não pensam antes de escrever. Vão na onda de alguns vascaínos e não analisam a realidade.

          • vc e atrasado, no brasil se ganha no ppv, em outros países a audiencia se ganha tambem. vamos ler um pouco

          • Realmente você precisa ler muito amigo. Não é pouco não. Pra escrever melhor e saber se expressar com clareza. Ppv não chega nem perto do pagamento dos direitos de imagem da globo. Ajuda o clube mas não resolve. “Em outros países a audiência se ganha também”. Entendi nada…kkkkk

        • Amigos na minha opinião quem está acabando com nosso futebol e a globo pois transmitido jogo de um time só é não aceita outra emissora transmitir outro jogo automaticamente esconde os outros clubes da mídia resultado está a maioria dos clubes sem patrocínio na camisa lógico que as empresas não vai patrocina um time que não passa na televisão tudo bem se a globo paga mais por os direitos de imagens pode escolher que jogo vai transmitir e deixar que as outras emissoras transmita outro jogo simples asim . Só que todos nós sabemos que a globo não paga mais e que na verdade tem um esquema entre os presidentes dos clube que todos se vende para a globo . A globo alega que transmite o time que dá mais audiência todos sabem que não é verdade se fosse verdade não tinha problemas em a band transmitir outro já que a audiência deles estavas garantida com o time que escolheu . Se os brasileiros são apaixonado por futebol e só tem um jogo sento transmitido pelas as tvs logicamente que vai da audiência (GLOBO MANIPULADORA DOS BRASILEIROS )

    • Perfeito. Saudações!.

  • Minhas Sugestões malucas:

    * Acabaria com a primeira divisão.
    * Acabaria com a segunda divisão.
    * Haveria apenas um campeonato nacional.
    *Acesso seria pelo Ranking dos campeonatos. estaduais. No caso do RJ seriam os 5 primeiros do Ranking.

    • Radical né? O problema aí é que corremos o risco de termos times de ponta desocupados boa parte do ano, como já acontece com diversos clubes menores….aí bye bye planejamento…
      Abraços!!!!

      • Ah sim! Claro.
        Porém haveria a copa do Brasil, libertadores, do nordeste etc etc
        Por isso seria um campeonato muito competitivo.

        • Será que esses torneios (excessão feita a libertadores) seriam suficientes para atrair a atenção dos torcedores, patrocinadores e mídia a ponto de não se perder enormemente o investimento é o planejamento em caso de eliminação precoce no principal torneio nacional?
          Abraços!!

          • Um ponto que esqueci de comentar e é importante dizer que esse meu pensamento desse novo modelo de campeonato está baseado na possível Liga das Américas.
            Essa sim seria a principal competição que os principais clubes brasileiros iriam participar independente do Ranking nacional. Todos sabemos quais são os principais clubes do Brasil: 4 de São Paulo, 4 do RJ, 2 do Sul, 1 do nordeste, 2 mineiros.

    • Com todo respeito… isso e um bolo doido…

      • Kkkkkkkkkkkkk
        Acho bolo mais doido ainda esse brasileirao.

    • Meu deus.. Quanta asneira…kkk a melhor parte foi a dos melhores jogadores do brasileirão ganharem um dia com cr7, messi…kkkkkkkkkkkkkkkklkkkkkkkkk é MUITA SÍNDROME DE VIRA-LATA…kkkkkkk chorando de rir

      • Kkkkkkkkkkkkk
        Claro que sim

        Você acha mesmo que Brasil é um País sério?

        • Eu prefiro ter uma visão mais positiva….de que um dia ainda chegaremos lá!!! Abraços!!!

          • Luiz, há muita diferença entre querer o melhor e deixarem fazer o melhor.

          • De fato. Mas eu ainda acho que podemos fazer desse país um lugar melhor… Depende do povo em primeiro lugar….
            Abraços!!!!

    • Kkkkkkk. Ai sim…. O guerrero vai se esforçar muito mais… Vai pensar:"vou arrebentar pra poder conhecer o santiago bernabeu e almoçar com o cr7…kkkkkkk

    • Boa pessoal eu acho até uma excelente ideia discutir uma melhor forma para o nosso futebol mais primeiro temos que parar e entender o porque que esse formato não está dando certo, pois se na maioria dos países da certo o porquê que aqui não dá, existe algo que nos impede até hoje de revelar excelentes jogadores ecencialmente Brasileiro.

      Fica a pergunta a todos como montarias uma Seleção hoje e pode ver que no máximo só teria dois ou três jogadores que sairia em boa parte da lista.

      • Eu não associo a questão de revelar jogadores com o formato do campeonato. Esse problema pra mim vem da atuação da base, da atuação dos empresarios ç e outros fatores ainda… Assunto muito complexo, por sinal.

        Abraços!!!

  • So nao sei o porque dessa cisma com os pontos corridos.

    • Por que o fim das coisas deve ser algo mais "apoteótico"…. Por que uma possível final do campeonato mais importante do país pode ser um evento único em termos de mídia, marketing e arrecadação. Por que corremos o risco da discussão se dar em um nível mais baixo do que o adequado para o bem do nosso futebol… Porque eu acredito que sempre que podemos melhorar e sair da zona de conforto… E muitos outros motivos….

      Mas acho quero principal deles é: porque não podemos discutir o assunto? Parece um tabu…rs
      Abraços!!!

      • Pro campeao o final sempre é apoteótico.

        Você esquece que os clubes precisam de um torneio que tenha um calendário com inicio e fim. Fora as milhares de viradas de mesa sempre que se muda a formula. Qual a lógica de jogar pontos corridos todos contra todos, pra depois ter um torneio a parte no mata mata? Desvaloriza totalmente a primeira fase e os estádios tem aquele media de publico pífia que todos nos lembramos.

        Você esquece que os pontos corridos valorizam sua temporada. O primeiro jogo vale tanto quanto o ultimo e penso que que é dessa estabilidade que os clubes precisam pra conseguir melhores patrocínios.

        Queria muito que o Flamengo disputasse titulo esse ano e talvez se fosse mata mata tivéssemos alguma chance, mas nem vou entrar no mérito da justiça, que esse nem você conseguiu refutar no texto.

        • Eu acho que você vai se surpreender um pouco com a parte 2 da coluna Lucas…afinal…Como eu disse nessa primeira parte…. Eu tento manter o que existe de bom no formato atual….Sem uma volta ao passado de formatos bizarros e viradas de mesa que eu também citei aí….E também trato brevemente sobre a questão da justiça…
          Abraços!!!

  • Muito boa a matéria, seria genial conseguir a junção dos pontos corrido com a emoção de um mata-mata. em falar ter um evento digno de toda emoção que uma final pode gerar sem falar no faturamento que tal evento pode proporcionar! Parabéns pela Matéria e que venha a Segunda parte.

    • Obrigado!!! Espero que a minha sugestão agrade!!! Abraços!!!

Comentários não são permitidos.