Quem é que sobe? Os destaques da Copinha promovidos aos profissionais

Logo após o fim da Copa São Paulo, vários jogadores que se destacaram no torneio recebem a oportunidade de subir para os profissionais. É o caso, por exemplo, de Maycon, do Corinthians, melhor jogador do torneio para o blog, que já foi elogiado por Tite e terá a chance de treinar no time de cima ao lado dos companheiros Matheus Pereira e Gabriel Vasconcelos. Veja quem vai subir nos principais clubes do país.

dsc_0088_1[3]Flamengo (campeão): o volante Ronaldo, o zagueiro Léo Duarte e o atacante Felipe Vizeu foram inscritos no Campeonato Carioca e já treinaram nos profissionais nesta quinta-feira, mas podem alternar de categoria durante o ano, de acordo com as necessidades do clube. O goleiro Thiago já compõe o elenco e há a expectativa pelo aproveitamento de outros jogadores no decorrer da temporada, como os meias Matheus Sávio e Lucas Paquetá, e o atacante Cafu.

Corinthians (vice-campeão): quatro jogadores vice-campeões passarão a treinar com os profissionais: o volante Maycon, o meia Matheus Pereira e os atacantes Claudinho e Gabriel Vasconcelos. A geração nascida em 1998, composta por nomes como Filipe (goleiro), Léo Santos (zagueiro), Samuel (lateral-direito), Renan Areias (volante), Léo Jabá (atacante) e Pedrinho (meia) é vista internamente com bons olhos e vai amadurecer nos juniores em 2016, junto com alguns reforços que certamente serão contratados.

Cruzeiro (semifinalista): Alex (meia) e Fabrício (zagueiro) sobem para os profissionais. Outros destaques da equipe, como o atacante Rick Sena e o lateral-direito Kevin, podem ganhar chances ao longo da temporada. Outros jogadores, como o lateral-direito Vitinho e o meia Cesinha, devem amadurecer por mais um tempo nos juniores.

América-MG (semifinalista): Matheusinho, destaque absoluto do time com quatro gols e cinco assistências, já treina nos profissionais. Por enquanto, só ele subiu. Outros jogadores que chamaram a atenção, como o goleiro Jori e o volante Zé Ricardo devem ficar um pouco mais de tempo na base.

São Paulo (chegou às quartas de final): o time viajou para a Libertadores Sub-20. Alguns jogadores estão cotados para subir após o retorno. Entre eles, o lateral-esquerdo Inácio, o volante Matheus Queiroz, os meias-atacantes Lucas Fernandes e David Neres e o centroavante Joanderson.

Sport (chegou às quartas de final): o meia Fábio e o atacante Wallace já atuaram no segundo tempo do amistoso contra o Argentinos Juniors, pela Taça Ariano Suassuna. E podem ficar no elenco ao longo do ano, dependendo do que mostrarem em campo.

Bahia (chegou às quartas de final): no momento, ninguém sobe. O objetivo do Bahia foi fazer a transição desses atletas dos juvenis para os juniores. Nomes como o centroavante Geovane Itinga, artilheiro do torneio com oito gols, vão ter que esperar um pouco mais para ter uma chance nos profissionais.

Ituano (chegou às quartas de final): sobem o meia-atacante Wesley e o volante Caprioli, que foi muito elogiado pela inteligência tática. Ambos já fazem parte do elenco que disputará o Campeonato Paulista.

Palmeiras (quarta fase): além do goleiro Daniel, que já treina nos profissionais há algum tempo, a tendência é que subam o zagueiro Augusto e o meia-atacante Kauê.

Internacional (quarta fase): os atacantes Yan Petter e Valdemir já atuaram no amistoso contra o Danúbio, do Uruguai, e estão sob o comando do técnico Argel Fucks. Há a expectativa pelo aproveitamento do zagueiro Léo Ortiz e do atacante Ariel, que está machucado.

Fonte: Na Base da Bola / GE

Veja também