“Globo recua e promete estilo inglês na divisão das cotas; privilégios de Corinthians e Fla acabam em 2019”

Luis Augusto Simon é um dos jornalistas esportivos mais sérios do país. Nos conhecemos há décadas. Fomos colegas no extinto Jornal da Tarde. Assim como o destino me reservou 17 anos cobrindo o Corinthians, grande parte de sua carreira foi dedicada ao São Paulo. Normal que eu tenha melhores fontes no Parque São Jorge. E ele no Morumbi.

O vice de futebol Ataíde Gil Guerreiro está pressionado. Sabe que oposição e situação querem que deixe o cargo. Os motivos são variados. Os principais. Sua relação com o ex-presidente Carlos Miguel Aidar. As várias denúncias que fez, revelada por e-mail, por esse blog, precipitaram a renúncia do ex-dirigente. Mas as críticas são que Ataíde demorou muito para agir, com o futebol cercado de sujeira.

E também há os famosos ‘cardeais’, dirigentes que consideram fundamental qualquer sócio seguir o estatuto do clube. E, para eles, é inaceitável um vice presidente agredir, tentar enforcar um presidente. Como ele mesmo assumiu ter feito com Aidar.

Além disso, os fracos resultados do futebol também contam. A falta de dinheiro, herança de Juvenal e Aidar, trava o clube. E atrapalha o polêmico dirigente.

Carlos Augusto Bastos e Silva sonhou em ser presidente. E já aspira a reeleição. Ele era da ala do falecido Juvenal. Ligado a Aidar. Leco não quer escândalos no clube. Tanto que as várias denúncias gravíssimas levantadas por Ataíde estão abafadas. Ele espera que um título apague a memória de todos.

Mas Leco não está conseguindo escapar da pressão pela demissão de Ataíde.

E o vice de futebol do São Paulo age como se estivesse nos últimos dias de comando.

Tanto que tem resolvido abrir a Caixa de Pandora do Morumbi.

Ao contrário do discreto Leco, ele resolveu escancarar os problemas. Assumiu os atrasos de direito de imagem, salários e premiação da Libertadores. Falou de forma estranhamente aberta sobre a greve dos jogadores. Sobre Michel Bastos.

E também falou à Transamérica sobre a briga entre Globo e Esporte Interativo (Turner) sobre a transmissão do Brasileiro na tevê fechada.

“O São Paulo não decidiu ainda, mas quando tomar uma decisão, garanto que não receberá empréstimo, será dinheiro de luvas. Não sabemos se assinamos com a Globo ou o Esporte Interativo. Existe um pré-contrato aprovado com a Globo, que só poderá entrar em vigor quando for aprovado pelo conselho deliberativo.”

Mas Menon não se conformou. E teve a chance de questionar Ataíde sobre essa guerra particular. Como quem já se tornou adepto da expressão ‘dane-se’, o dirigente escancarou a questão.

E Luis Augusto colocou no seu blog, no UOL.

Mensagem escrita pelo próprio dirigente.

“A Globo assinou com CORINTHIANS – Atlético Mineiro – Cruzeiro – Vasco – Botafogo- Vitória e Sport Recife assim:

Empréstimo de 40 milhões com devolução à partir de 2019 com juros e correção. Redução de 25 por cento nos contratos de tv aberta em 2.016:7/8.

” (A Globo) Fez esta mesma proposta para o SPFC.
Não aceitamos e estendemos a negociação inclusive com o Esporte Interativo.
Hoje não decidimos ainda, a decisão será terça no Conselho Deliberativo, temos duas propostas:

Globo:
Contrato de 2019 a 2024
Luvas 60 milhões (não é empréstimo)
Não reduzir os contratos atuais como os outros clubes assinaram
A partir de 2019 acabar com os privilégios do Corinthians e do Flamengo.

A distribuição da tv aberta e tv fechada de 1 bilhão e 100 milhões será assim:

40 por cento dividido pelos 20 clubes igualmente , 30 por cento pela classificação no campeonato e os outros 30 por cento pela exposição na tv.

Esta distribuição e a maior vitória do SPFC.

Esporte Interativo

40 milhões de luvas.

560 milhões apenas para a tv fechada com a seguinte distribuição:

50 por cento dividido igualmente entre os 20 clubes
25 por cento na classificação no campeonato
25 por cento exposição na tv medida pelo Ibope

Se houver retaliação da Globo na tevê aberta o Esporte Interativo nos indenizará .

A decisão será terça no Conselho Deliberativo.”

A revelação tem pérolas importantíssimas.

Sempre levando em consideração que é a palavra de Ataíde.

A primeira e mais importante. A Globo está disposta a acabar com o privilégio ao Corinthians e Flamengo. Situação que nasceu em 2011, com a implosão do Clube dos 13. A distribuição das cotas de tevê passaria a ser democrática, imitando o sistema inglês.

40% dividido pelos 20 clubes igualmente , 30% pela classificação no campeonato e os outros 30% pela exposição na tevê.

O Esporte Interativo vai pelo mesmo caminho. Mesmo se tratando apenas de tevê fechada.

50% dividido igualmente entre os 20 clubes
25% na classificação no campeonato
25% exposição na tv medida pelo Ibope

Isso é um avanço incrível na relação entre os clubes e a tevê.

Atinge o coração da ‘espanholização’, privilégio a Flamengo e Corinthians igual ao que Real e Barcelona têm no campeonato nacional espanhol.

Ou seja, os clubes brasileiros venceram. Com o auxílio da bilionária Turner, dona do Esporte Interativo, eles conseguiram fazer com que a Globo revertesse a grande injustiça que é a distribuição de cotas no futebol deste país.

Vale lembrar como ela é atualmente.

Na Série A, lógico.

Flamengo e Corinthians, R$ 170 milhões

São Paulo, R$ 110 milhões

Vasco e Palmeiras R$ 100 milhões

Santos, R$ 80 milhões

Cruzeiro/Galo/Grêmio/Inter/Flu/Botafogo R$ 60 milhões

Outros ex-integrantes do Clube dos 13, R$ 35 milhões.

Clubes que não eram integrantes, R$ 20 milhões.

Ataíde garante que a Turner indenizará os clubes se houver retaliação da Globo, na Série A. Por exemplo, se clubes optarem pelo Esporte Interativo na tevê fechada e, a emissora que detém o monopólio do futebol deste país, não mostrar mais nenhum jogo na aberta. Eles ganhariam dinheiro da Turner.

O desgaste de Ataíde no São Paulo teve efeito colateral inesperado.

Mostrou que o futebol brasileiro está perto de ser mais justo, democrático.

A distribuição das cotas de tevê são fundamentais para a vida dos clubes.

As equipes mais populares, Flamengo e Corinthians, devem ganhar mais. É justo.

Mas não tanto a mais como acontece atualmente.

A justiça e o bom senso parecem que vão prevalecer.

A fase dos ‘amigos dos amigos’ vai acabar…

Fonte: Cosme Rimoli

Veja também

  • O que eu acho mais sacanagem é o Flamengo ta se fudendo todo pra ser organizado e cortando na alma pra poder pagar suas contas pra vim um time de la fazendo tudo ao contrario e ganhar o msm. Eh foda!

  • A grande diferença não está na divisão de cotas mas sim na maneira de administrar o clube, vocês podem notar que esses clubes já estão pegando adiantamento para pagar depois, sendo que o Flamengo não o fará, depois eu quero ver qual vai ser a desculpa dos dirigentes para a má administração dos seus clubes, provavelmente nenhuma pois já não estarão mais lá, se não mudar o comportamento dos dirigentes não vai adiantar de nada, vão continuar gastando a rodo, e nesse ponto nós já mudamos, essa é a nossa vantagem.

    OBS: vale ressaltar que o Flamengo não é qualquer time, para fechar com o Fla a emissora terá que pagar uma luva bem alta.

    SRN #bocioteaocarioca

  • A questão é: quando terminar o contrato em 2024 e o Esporte Interativo não renovar o contrato. O que vai acontecer com os clubes que ficaram do lado do Esporte Interativo?

    Com certeza a Globo vai desejar os clubes mas irão com mais absoluta certeza que irão oferecer um valor muito inferior para aqueles que continuaram com a Globo.

    Outra questão é que até 2019 o Mengao já estará muito bem e estável financeiramente.

  • Pois eu espero que seja uma divisão igualitária. Isso irá fomentar o futebol. Cada vez mais tendo maiores investimentos, maior visibilidade fora do Brasil. Será uma maior renda. sem contar que o Flamengo receberá sempre uma cota maior.

  • Esqueceu de falar que o canal Interativo só irá fechar se tiver um determinado número de times ,não apenas o São Paulo, e nesse determinado teria que ter o Flamengo, lembrando que o contrato seria feito individual, assim o Flamengo só aceitaria se recebese o dobro de luvas que vocês estão recebendo.

  • Não se enganem: a Rede Globo disse tal patifaria porque tem medo de eventuais concorrentes tirarem seu monopólio sobre o futebol. Além disso, o Flamengo já se insurge, discretamente, como questionador da ordem estabelecida no futebol brasileiro. Como a Rede Globo pode garantir equidade na distribuição de cotas se ela negocia individualmente? Quem negociar por último, naturalmente, terá vantagem sobre os outros e demandará exigências que outros não se encontraram em condições de fazer!

  • Pessoal pelo que entedi , vai continuar tudo na mesma , só que agora a diferença se chamara luvas de qualquer maneira não sera iqual os valores exemplo a globo dara 20 milhões de luvas p Vasco mais o valor de contrato de 60 milhões total de 80 milhões
    A globo da 120 milhões de luvas p o fla mai os 60 de contrato total 180 milhões .
    Todo mundo recebe iqual o contrato mais as luvas fara a diferença , essa globo e esperta .

  • Não me preocupo muito com isso, se continuarmos no ritmo que estamos atualmente, até 2019 nossa divida será praticamente irrisória, CT da base e profissional estarão prontos (quem sabe até um Estádio), e teremos condições financeiras e estruturais para comprar, formar e manter jogadores bons e brigar lá em cima. Com consequência disso Sócio Torcedor e Patrocinadores vão bombar. E teremos fontes de renda suficientemente boas pra se preocupar com cotas de tv. Se o Fla não for prejudicado nisso e continuar recebendo uma boa quantia, e a parte que lhe é de direito (audiência), não vejo mal.

  • Tenho fe que ate 2019( exatamente o período em que a atual gestao estará no poder) já tenhamos equacionado todas as dividas e já nos encontremos no patamar de grande potência do Futebol não so na parte financeira mas tb no campo…. como merecemos e como tb foi prometido pela atual diretoria!

  • Também acho injusto o Flamengo curintia ganharem 170 milhões, como único clube nacional Flamengo deveria ganhar uns 200 milhões sozinho.

  • O flamengo tem que continuar com a globo,pois o ei vai falir com estes timecos que torcedores só torcem quando estão ganhando.

  • Num mundo ideal,o presidente da república, deveria ganhar no máximo 10 salários, políticos q dizem “trabalhar p povo”, 1 a 3(salários)Corrupção crime punível C toda fortuna pessoal,repassada ao povo,além de prisão perpétua. Quem lucrar mais como banqueiros, dividir 50% do lucro,C o povo e não a governos,Empreiteiros idem.Acham q o governo acha correto, dividir os ” seus lucros “,ou salários? Aí eu apoiaria a divisão de cotas sim.

    • Sério? E quem ia querer trabalhar como político? Não defendo o roubo, nem o supersalário. Mas salário é uma coisa relativa. Se você for médico cirurgião e receber 20 mil mensais, tá ganhando pouco, porque a média que o mercado paga é superior ao dobro disso. O lance é que não se faz campeonatos sozinho. Não adianta o Flamengo ganhar 10x o que a Chapecoense ganha, ganhar o dobro, proporcional ao melhor desempenho e a sua torcida, talvez, e esse sistema permite isso, mas da forma como tá, desvaloriza o campeonato.

  • Seria mais justo: 50% audiência, 30% divididos igualmente e 20% pelo desempenho no campeonato.

  • “As equipes mais populares, Flamengo e Corinthians, devem ganhar mais. É justo”. Claro!!! Não é privilégio é justiça. Vamos lá:
    PPV, quem tem mais? Audiência, quem dá mais? E por ai vai…ainda querem o quê? A Globo que se cuide, para não dar um tiro no pé…se Flamengo e Curica partirem para outra, como fica? Flamengo tem sempre que ganhar mais mesmo.
    *Ah, querem igualar aos ingleses…então vamos lá: em 2019, teremos:
    Criação da liga Nacional;
    Vamos receber em libras;
    Calendário, será o mesmo da liga Inglesa (oba!!!);
    Fim dos estaduais;
    Fim das federações e confederação;
    E ai Globo, vamos nessa? Ai eu apoio.

  • Campeonato competitivo vende mais que campeonato de par ou ímpar, isso é fato. Quanto mais competitivo, melhor para todos, mais patrocínios, mais cotas, mais tudo. Temos 3 anos para reduzir ao máximo nossa dívida, resolver nosso CT e quem sabe resolver o problema do estádio, seja através do arrendamento do Maracanã, seja construindo um próprio menor. Isso são ações que contribuirão para o nosso sucesso a longo prazo, nos tornarão independentes da emissora de TV. Não existem dados concretos que no ano em que o Chorínthians foi rebaixado a audiência média da Série A foi menor. Então, fica complicado. A maioria das pessoas certamente gostaria de ver um bom jogo entre Atletico PR e Sport, se o jogo fosse bem jogado e bonito e isso passa por nivelar a grana. O Fla vai continuar a ser o maior de todos, indiscutivelmente, só que teremos que exercer o nosso amor pelo clube de outras formas, não só vendo a Globo (ou o EI).

  • Não me preocupo pois se o contrato só acaba em 2019, temos 3 anos para atingir o topo como uma das 3 equipes mais fortes do campeonato(sempre) , então não iremos ter problema se fizerem a divisão pois qual vai ser o time q mais vai passar na tv? Brigando pelo título, msm q fique em 3, ou se nós sairmos campeões iremos receber mais do que a gente recebe hj!!! atualmente o nosso contrato é muito bom pq não brigamos la em cima mais e quando estivermos(acredito q já este ano!)brigando nas cabeças não vai fazer diferença. o importante é o Flamengo brigando pelo título ai vc vai ver desespero das Marias-anti-flamengo!!!!kkkkkkkkkk

    Nossa força é a nossa torcida e não a TV, o Flamengo, acredito eu, será uma potência ate 2020 VAMOS FLAMENGO!!!!!!!

  • Engraçado que os clubes querem dividir o dinheiro da televisão como se fosse dinheiro do governo para um programa social, quando na verdade o dinheiro da televisão pertence à televisão, então ela vai distribuir conforme lhe convém, como lhe dá mais lucro. Afinal quem está pagando é uma empresa privada que utiliza seu orçamento da maneira que quiser. Querem socialimo, então dividam também seus estádios e CT com o Flamengo. sem mais

    • É isso brother..

      Até admito que os outros clubes briguem pra ganhar mais e diminuir a distância que os separam de Fla e Corinthians,mas vivemos no capitalismo e quem dá mais retorno à TV tem que ganhar proporcionalmente a esse retorno.Simples Assim.

  • É fato que um dia a “mamata” iria acabar.. até lá vamos nós capitalizando.. Pois a longo prazo é claro que seria gerado um desequilíbrio de forças… É estratégico e essencial o protagonismo do Flamengo na próxima adm do Maracanã para que possamos continuar dominando o futebol brasileiro com folga em termos de arrecadação.

  • Vou pensar como empresário, se eu sou dono de uma emissora eu ia dividir 100% do valor de acordo com a audiência, que é o que me dá retorno. O choro é livre.

  • História pra boi dormir. E os times que já assinaram com a Globo até 2024? Tem que cumprir. Vão rescindir com o Corinthians pra fazer a vontade do Santos ou São Paulo? Conta outra. Se fizer isso mesmo vai dar um tiro no pé. Não assinamos nada ainda e temos tudo pra conseguir um contrato excelente.

  • Ih, é agora que os advogados gratuitos da Globo, que por aqui transitam, vão cortar os pulsos!.

    • Cortei os meus, chamem a SAMU por favor. Kkkkk

      • Carapuça 01. O próximo, por favor!. Kkkk

  • Nessa divisão se fizermos as contas o Flamengo vai receber aproximadamente o mesmo que valor desse ano se estiver sempre no G4. 40% divididos igualmente daria 20 milhões + 30% por quantidade de jogos exibidos + 70 milhões + 30% por classificação no campeonato 70 milhões. Total 160 milhões. Mas mesmo assim é furada o Flamengo assinar um contrato assim. Melhor continuar como está, na verdade o Mengão não pode receber o mesmo que o time regional de SP. Somos muito maiores e alcançamos o pais inteiro. SRN

    • Pelas minhas contas seriam 22.000.000 divisão igual dos 40% de 1,1 bi.

      Depois, 30% de 1,1 bi daria 330.000.000 para audiência, o que provavelmente Flamengo e Cú ficariam com 15%, não acredito mais que isso. Daria 49.500.000.

      Depois, 30% de 1,1 bi daria 330.000.000 para classificação, o que o Flamengo não tem ido bem, ficando meio de tabela, assim ficaria com 5%. Daria 16.500.000.

      Soma total: 22 + 49,5 + 16,5 = 88 mi.

      SERIA UMA PERDA GIGANTE PARA O FLA “NESTE CENÁRIO”.

      • Fiz uma conta parecida,nem outros grandes clubes seriam favorecidos. Prevejo um futuro,caso seja assim, C Audax,Tombense e RB Brasil, todos times de empresários e sem torcida, ganhando parecido C grandes q irão se arrepender.

        • Pois é! Tá errado isso aí. Deveria ser no mínimo:
          50% dividido por audiência (estimativa 82,5 mi para Fla por 15% dos 50%)
          30% dividido igual (16,5 mi)
          20% dividido classificação (11 mi)
          Total = 110 mi
          É o mais justo!! Flamengo dá audiência gigante independente de ganhar o campeonato ou não.
          MENOS QUE ISSO É ALTAMENTE INJUSTO COM O FLA.

          A questão principal é saber quanto o Flamengo deverá receber da parte que for para audiência. Eu não acredito que irão pagar mais que 15%. O que vcs acham? Seria mais que 15%?

  • Já que o FLA que dá mais audiência vai receber o mesmo que um clube de meno expressão, já posso assistir jogos pela Band ou EI Maxx. kkkkkkkkkkk

  • Justo foi o Flamengo divulgar o seu nome nas décadas de 30 e 40. Depois na década de 80, com executivos , fizeram grandes feitos administrativos e se refletiram em campo ao longo da década.

  • No modelo inglês a audiência de QPR x West ham,é “enorme,” assim como América MG x Bragantino ou Macaé. Prevejo audiências pífias.Caso seja verdade,os grandes vencedores serão os pequenos.Aí vão poder pagar “torcedores”, p encher estádio, América MG coloca 2,a 3mil de média, Macae,nem mil.

  • Mais do que justo. Não temos que pensar só no Flamengo, temos que pensar no futebol brasileiro, que sempre foi encantador graças a seu equilíbrio. Não quero que chegue o dia em que eu comemore campeonato brasileiro com a mesma indiferença que comemoro o carioca. O que vale mais? O hexa ou os 33 carioquinhas? A graça dos títulos é a emoção que geram, não só seu número. Quero que sejam muitos e intensos! Flamengo tem que ser campeão pela sua tradicional raça, com a torcida empurrando, e não apenas porque tem mais dinheiro. Se for pa torcer por dinheiro, vou ser torcedor modinha do Real Madrid.

    • Se o Flamengo não arrumar a casa até lá pode esperar a gente ficando atrás de vários times no quesito arrecadação, pois não temos estádio e isso faz uma diferença gigantesca

  • Não sei se isso é verdade ou não

    Mas se o Fla continuar recebendo mais, apesar da diferença ficar menor em relação aos outros clubes não vejo razão para preocupação

    Até lá nossa dívida já terá se tornado irrisória, CT da base e profissional já estarão totalmente concluídos, e quem sabe até um estádio. Teremos condições financeiras e estruturais suficientes pra continuar brigando sempre em cima, contratando e formando bons jogadores. E o ST se tudo isso der certo estará bombando. O que mais teremos é fonte de renda além das cotas de tv.

  • seria bom o Flamengo fechar com a Record ,band ou sbt so para embolar tudo

  • Tá tranquilo nação. Não acreditem nisso não!
    Juntas, as audiências de flamengo e de corinthians, desbancam o restante dos outros grandes juntos! Acham q a Globo vai perder estas bocadas chamadas flamengo e corinthians??? Nunk!!!
    SRN

    • Também não levo muita fé nisso não nem Globo nem EI são bobos essa concorrência é melhor pra nós EI percebeu isso quando televisionou os amistosos sem Fla serão apenas mais uma

    • O mercado exige isso cara. Não se engane. Ou você acha que todos os outros clubes mais alguns patrocinadores que não são comuns a Flamengo e Corinthians simplesmente não interessam para a Globo? Pode não ocorrer da maneira como foi anunciado, mas é bem lógico que isso aconteceria.

      E outra, 30% seriam pela classificação no campeonato, o que favorece a nós também, afinal, a partir de 2019 acho difícil terminarmos o brasileirão abaixo de 7° sendo meio pessimista.

      • É isso mesmo brother.

        Sinceramente acredito que já a partir desse ano vamos sempre brigar na parte da cima da tabela,o que nos favorece na divisão por performance e 30% da grana será dividida pela audiência,e isso nos favorece ainda mais.Além do mais o Fla vai negociar com a Globo ou EI em posição privilegiada pois foi um dos clubes que não procurou a Globo pra solicitar adiantamento de dinheiro.

    • Irar acontecer ,muito clubes já se acertaram com a globo recebendo um empréstimo .para os que não a globo está dando luvas .só para o São Paulo ofereceram 60 milhões de luvas .Por isso não me assusta essa divisão de cotas ,para fechar com o Flamengo teria que oferecer no mínimo 100 milhões menos que isso não aceitaria.

  • Não assinamos e nem adiantamos nada, a faca e o queijo estão nas nossas mãos…agora que precisamos de um estádio isso não é novidade pra ninguém…

  • Tudo estória para boi dormir. Se a Globo ou o EI não derem o que o Fla quiser não vai ter televisionamento dos nossos jogos. E ai não t lucro. O pano pra manga ai é longo….que ninguém se desespere nem se descabele, como dizia minha saudosa avó. SRN

  • Não assinamos nada ainda então é questão de ver o que é melhor para a marca Flamengo e seus parceiros…
    acredito que pra ser realmente “justo” deveria ser assim:

    40% dividido igualmente entre os 20 clubes

    20% na classificação no campeonato

    40% exposição na tv medida pelo Ibope

    e os clubes iriam receber por quantidade de torcedores logo os que tem mais torcida vão receber mais e os clubes pequenos/medios receberiam uma boa grana.

  • Mais um motivo para mandar a Globo para a PQP…

    Empresa sem vergonha, só faz política.

Comentários não são permitidos.