Na Ucrânia, ex-Fla dá vitória ao Shakhtar contra o Dínamo

Eduardo da Silva resolve, e Wellington Nem deixa o seu no 3 a 0 diante do Dinamo; árbitro tem trabalho e mostra três vermelhos após desentendimento no 2º tempo

Mesmo sem chances de brigar pelo título do Campeonato Ucraniano, o Shakhtar Donestk deu uma demonstração de força. Neste domingo, sob comando de Eduardo da Silva, a equipe venceu o campeão antecipado Dinamo de Kiev por 3 a 0 e ganhou moral para o confronto diante do Sevilla, no jogo de volta da semifinal da Liga Europa. O ex-atacante do Flamengo marcou duas vezes, e Wellington Nem completou o placar.

O jogo ainda foi marcado por uma confusão generalizada aos 35 minutos do segundo tempo, quando Yarmolenko deu um chute em um adversário do Shakhtar. Jogadores saíram do banco para tentar acalmar os ânimos, e o árbitro mostrou vermelho para o camisa 10 do Dínamo, e para Stepanenko, volante do time de Donetsk, que ainda teve Kucher também expulso, após invadir o campo no meio da confusão.

O treinador Mircea Lucescu poupou os principais jogadores visando a decisão na competição continental, mas deve ter saído satisfeito da Lviv Arena. Aos 33 minutos, Eduardo da Silva aproveitou assistência de Bernard para abrir o marcador. Wellington Nem, já na etapa complementar, marcou o segundo antes de ser substituído por Marlos. Logo no primeiro toque na bola, o camisa 11 deu o passe para o brasileiro naturalizado croata definir o placar.

Mesmo com quatro pontos de vantagem a duas rodadas do fim, o Shakhtar já não tem mais chances no Ucraniano. Na 25ª rodada, o time de Kiev encararia o Metalurh, que acabou expulso da competição, computando automaticamente mais três pontos para o líder.

O próximo compromisso do time de Donetsk é tido como o mais importante da temporada. Nesta quinta-feira, a equipe de Lucescu encara o Sevilla, na Espanha. No jogo de ida, 2 a 2, com partida destacada de Marlos.

Fonte: GE

  • Mais uma matéria super relevante

Comentários não são permitidos.