Torcedores são liberados para entrar no Ninho e conversam com Bandeira

Um grupo de torcedores entrou antes do treino da manhã desta sexta-feira no Ninho do Urubu e foi recebido pelo presidente Eduardo Bandeira de Mello e pelo diretor de futebol Rodrigo Caetano. A conversa a portas fechadas dentro do Centro de Treinamento, marca o primeiro dia de trabalho de Zé Ricardo, técnico dos juniores que assume o time interinamente após saída de Muricy Ramalho do comando do time profissional do Flamengo. A atividade está marcada para 11h.

No fim de março um grupo de organizadas foi acusado pela diretoria de invadir o CT. O clube soltou nota oficial de repúdio à atitude. A organizada do Flamengo contestou a versão.

Na noite dessa quinta-feira, o zagueiro César Martins teve vidro do carro quebrado por membros de organizada que o reconheceram no estacionamento do supermercado. Ele estava com a mulher e a filha de quatro meses no veículo. O jogador lamentou o episódio e a diretoria, em nova nota oficial, criticou a atitude dos torcedores, dando apoio ao atleta.

Fonte: GE

Veja também

  • Não vejo problema algum nessas reuniões com a torcida, desde que haja diálogo em bom nível, sem agressões.

  • Em um momento como esse acho até melhor que eles recebam mesmo. Desde que não envolvam o técnico e os jogadores, fazem bem.

  • O futebol imitando a vida(aqui no Brasil). País com um dos piores índices de educação,onde ser honesto, é ser bobo.Roubar , atropelar e matar não dá nada.Impunidade,faz o cidadão/torcedor de bem, refém , infelizmente.O pior que essa gente,acha que está fazendo o “certo”.O Brasil poderia ter evoluído,como fez os japoneses,coreanos,que investiram na Educação,dos futuros cidadãos (criançada),e colheu frutos,30anos depois, aliás,ambos arrasados por guerras.Viraram potência , econômicas mesmo sem recursos.A grande culpa é dos políticos,os maiores ladrões.

  • Isso NÃO é torcedor. Isso é bandido.

  • Falaram na reportagem: GRUPO DE TORCEDORES.

    To vendo a galera aqui reclamar que não deve receber bandido..mas, não vi nenhuma alusão a serem integrantes de TO. Podem ser sócios, né?!

    Se forem pessoas de bem, que irão demonstrar sua insatisfação com o time, não vejo problema nenhum.

    TO quando vai, quer regalias, dá uma diretor de futebol mandando expulsar do clube jogador A ou B e amedrontar a galera.

    Penso dessa forma.

    • Realmente, pela matéria, não dá pra tirar nenhuma conclusão.

    • Sim, tive a mesma impressão. Não me pareceu ser o caso de TO dando pressão.

  • é inadimissível que u, presidente de um clube do tamanho do fla ainda mantenha relações e apoio a torcidas organizadas, isto é um absurdo, apesar de sempre ser a favor da gesta EBM, cada vez mais me faz pensar que para apoiar estas organizadas e recebe-las existe financiamento do clube, e aia então o rabo preso

  • Isso não ajuda em nada mesmo. Agora, se eles, ao receberem esses torcedores, conseguirem blindar os jogadores e o técnico, ainda pouco experiente, terão feito a coisa certa.
    Pode ser que esse recebimento pelo presidente e pelo diretor de futebol dê segurança aos jogadores, blindando-os da pressão.
    Não acho o certo a se fazer, mas compreendo que pode ser o necessário nesse momento tão conturbado.

  • Prezado Bandeira, você está rasgando a sua história no Fla.
    Receber bandidos não resolverá o problema, ao contrário, vai piorar.
    Muito triste!!!!!

  • Porra,vao ficar recebendo esses caras agora igual o Corinthians gambás fez?
    Viramos corinthians nessa porra?

    Na minha opinião isso nao ajuda em nada

    • No Corinthians o buraco foi mais embaixo, o próprio presidente chamou alguns membros de torcida organizada pra “conversar” com os jogadores. Uma das coisas mais absurdas que já vi no futebol, só faltou trancar a porta e dizer “resolvam-se”. No caso do Flamengo, resta saber se o fato de terem recebido esses torcedores que foram ao Ninho tem alguma relação com o que aconteceu com o César Martins (podem ter identificado ou suspeitarem quem foram os caras que o ameaçaram) ou se foi pra evitar confusão e blindar o grupo. Como da última vez o clube lançou uma nota repudiando o protesto e relatando o que aconteceu, prefiro esperar pra entender o que passou.

  • Tem que prender esses marginais e proibir de ir aos jogos

  • vandalismo

Comentários não são permitidos.