Fla aprova novos patrocínios de menos de R$ 1 milhão e muda contrato da Adidas

A diretoria do Flamengo aprovou no Conselho Deliberativo, na noite desta quinta feira, os novos contratos com os patrocinadores Ifood e Clipper, que em 45 dias vão render pouco menos de R$ 1 milhão ao clube. No Conselho, o valor não foi revelado, pois fica abaixo do exigido pelo estatuto para aprovação de contratos.

A Clipper será a primeira a ser utilizada. A estreia da marca no Manto Sagrado será neste domingo, às 16h, contra o Figueirense, no Estádio Orlando Scarpelli, pelo Campeonato Brasileiro.

Na reunião, o clube ainda aprovou um aditivo ao contrato da Adidas que prevê repasse de parte do valor (8,5%) dos patrocinadores pontuais situados na parte inferior das costas (abaixo do número) e nas mangas. Isso valerá para a plataforma de alimentos delivery iFood mas ainda não líder para a Clipper, que começará nas costas. Se mudar de lugar com a chegada de uma nova marca em definitivo, é cobrada a taxa.

– Nos 45 dias de contrato para estampar a camisa, inicialmente a marca ficará na parte superior de costas superior. Enviamos para aprovação dos conselheiros para que a marca possa passar para costas inferior no momento que julgarmos adequado – explicou o gerente de marketing, Bruno Spindel.

Fonte: Extra

Veja também

  • Vou dizer mais uma vez, este site deveria se chamar ” Coluna do AntiFlamengo”. Como ele mesmo já diz, pouco menos que 1 milhão em 45 dias, pouco né??!!! É impressionante…

    • Vdd esse site as vezes me cheira anti-flamengo desde que o ElKhouri saiu esses novos só querem ganhar com o google adsense

  • Tem um certo time ai de segunda divisão que nem patrocinios pontuais consegue.

  • Quase 1 milhão por 45 dias de patrocínio…
    Se fosse anual, proporcionalmente seriam uns 8 milhões…
    Nada mal numa época de crise brava dessa que temos aí…

  • Em tempos de crise, a criatividade é a saída para manter um bom fluxo de caixa, portanto, está correta a postura do flamengo, já que o mercado exige medidas criativas e diferentes do tradicional.

Comentários não são permitidos.