Carlos Alberto Torres diz que “está passando da hora” de Fla oficializar Zé Ricardo

Comentarista afirma que interino não tem mais “o que provar” para merecer chance à frente do time. Treinador tem cinco vitórias em nove jogos no Brasileirão

Há um mês no comando do Flamengo, Zé Ricardo tem sido capaz de levar a equipe para a parte de cima tabela e já acumula seis vitórias em nove jogos. O comentarista Carlos Alberto Torres defende que o interino deve ser oficializado no cargo pela diretoria do Rubro-Negro. Em participação no “Troca de Passes”, Capita destacou que o técnico já provou ter experiência e habilidade para treinar o Fla.

– Acho que está passando da hora da diretoria do Flamengo, do presidente, chamar o Zé Ricardo, chamar a imprensa toda, e falar “assina aí, agora você é o técnico do Flamengo”. O que o rapaz tem que fazer para provar que ele é um bom treinador? Só porque é jovem? Todo mundo fala que tem que ser jovem, dizem que treinador que passou dos 60 é velho. É jovem, fez bom trabalho na base, tem que efetivar.

Zé Ricardo foi campeão da Copa São Paulo de Futebol Júnior com o Flamengo no início do ano e acabou assumindo o time titular após a saída do técnico Muricy Ramalho. Sua estreia foi na vitória por 2 a 1 sobre a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli. De lá para cá, foram cinco vitórias, três derrotas e um empate.

img_6526[1]O comentarista Wagner Vilaron destacou que Zé Ricardo conseguiu organizar melhor o Flamengo. Apesar dos gols não estarem saindo, ele disse acreditar que é uma questão de tempo para o ataque rubro-negro ficar ainda mais eficiente.

– Ela aproximou os atletas, os setores. Flamengo conseguiu ser uma equipe mais organizada. Com isso, tem conseguido as vitórias. Não faz tantos gols como a torcida gostaria, mas acho que isso é só uma etapa de transição.

O Flamengo encara o Corinthians neste domingo, às 16h (de Brasília), pela 13ª rodada do Brasileirão. O jogo acontece na arena alvinegra. O Fla é o quinto colocado na tabela, com 20 pontos.

Fonte: Sportv

  • O motivo de não terem efetivado é justamente para não cometerem os mesmos erros que ocorreram com Jayme e Andrade. Obviamente o Zé é mais gabaritado e estudado, mas o Flamengo por anos e anos tem o costume de dar contratos absurdos para jogadores/técnicos que mostram alguma qualidade e posteriormente somem. Deveriam manter o Zé até o fim do ano e ver se compensa efetivar.

  • pfff

Comentários não são permitidos.