‘Estamos colhendo o que nós plantamos’, diz Bandeira de Mello sobre Diego

O meia Diego foi apresentado nesta quarta-feira no Flamengo, depois de ter sido recebido com festa pelos torcedores que marcaram presença no aeroporto Santos Dumont. Para o presidente do clube, Eduardo Bandeira de Mello, a contratação do jogador é fruto de uma política de responsabilidade financeira que tem sido seguida à risca nos últimos anos.

“A política de responsabilidade do Flamengo não acabou e nem vai acabar. Nós estamos colhendo o que nós plantamos. Estamos em uma situação que já permite voos mais altos. Toda contratação que fizermos, o torcedor pode ter certeza que cada centavo será pago. É essa credibilidade que recuperamos que permite que jogadores do nível do Diego se interessem a vir ao Flamengo, o que não ocorria antigamente”, disse.

A maneira como Diego foi recebido pelos torcedores flamenguistas dá indícios ao presidente de que será possível lucrar com essa contratação fora das quatro linhas. “Não tenho números concretos, mas ouvi dizer que após o anuncio da contratação do Diego começou a ter um crescimento significativo nos sócio-torcedores. Esperamos que isso mantenha, e depois que ele estreie, e que a gente comece a exibir nosso produto, nossos resultados sejam melhores”, afirmou.

Mas o que falou mais alto mesmo nesta negociação foi a capacidade de Diego fazer coisas boas dentro de campo. “A nossa intenção é sempre o aspecto técnico”, declarou. “O que o trouxe ao Flamengo é o fato de ele ser um jogador excepcional. Isso vai movimentar a torcida e nós vamos poder também arrecadar através de ações de marketing. Não adiantaria nada trazer um jogador extremamente popular e que não rendesse em campo.”

Fonte: ESPN

Veja também

  • Nico López, 36 milhões de reais, Inter ta contratando. Nao vi UM jornalistazinho afirmando ser contratação arriscada, e q pelos valores nao faria, assim como fazem com QLQR contratação do Fla. Por isso falo, essa classezinha esportiva deve envergonhar o Jornalismo de verdade. Qualquer opinião desses caras deve ter importância zero pra quem acompanha futebol. SRN!

    • E ainda ficam posando de “preocupados” com a responsabilidade fiscal no CRF. Enquanto isso, alguns clubes fazem verdadeiras orgias fiscais com seus orçamentos, e eles nada dizem. Um Fla bem administrado era tudo com o que eles não contavam.

Comentários não são permitidos.