A tesoura grotesca e o crime de Héber com Flamengo

Diretoria, técnico e torcida do Flamengo estão detonando a arbitragem de Héber Roberto Lopes, na derrota por 4 a 0 para o Corinthians. A reclamação atinge um lance em especial: a falta do corintiano Fágner sobre o flamenguista Éderson, ainda no primeiro tempo.

Já dá para inscrever o lance na corrida ao “Oscar” dos erros de arbitragem deste Brasileiro – taí uma ideia, premiar a “melhor” barbeiragem todo final da temporada. Fágner aplica uma tesoura, com extrema violência, em Éderson, ação que poderia ter destruído joelho e tornozelo do rubro-negro. Veja aqui, é grotesco.

Um juiz fraco daria amarelo. Um árbitro razoável expulsaria o alvinegro. Héber apontou apenas a infração. E, a partir daí, verificamos aquilo que, na falta de uma expressão melhor, chamo de “efeito borboleta” dos apitadores. Às vezes, um simples vacilo provoca um rastro de destruição. Como ocorreu neste caso.

Ao reclamar do lance, com justiça, o técnico Zé Ricardo foi expulso por Héber – ou seja, o Flamengo ficou um tempo inteiro sem seu comandante. Mais tarde, Rodrigo Caetano, diretor do Fla, protestou com o juiz e foi parar na súmula do jogo, o que pode render punição. E numa partida em que poderia ter atuado com um a mais por 45 minutos, caso Héber fizesse somente o óbvio, o Rubro-Negro acabou goleado.

É uma influência descomunal no destino de um confronto. Inaceitável.

E no caso de Héber, há também um agravante. O apitador de Londrina parece ter orgulho das bobagens que apronta no gramado (e são muitas). É extremamente vaidoso e várias vezes erra com uma “convicção” tremenda. É daqueles que tem prazer em interferir no andamento dos duelos, quase sempre com expulsões precipitadas – curiosamente, arregou para mandar Fágner para o chuveiro.

Comportamento que Chile e Argentina puderam verificar. Árbitro da final da Copa América, Héber expulsou dois atletas já na fase inicial. E, direta ou indiretamente, transformou a decisão numa partida chata e covarde, 0 a 0 por 120 minutos com os dois times mais preocupados em defender. Protagonizou ainda lance ridículo, quando trombou com Messi e se agarrou ao craque, que estava de costas, para levantar.

Como gosta de aparecer. Pena que na condição de vilão.

Fonte: Gazeta do Povo

Veja também

  • Não tira a responsabilidade pela patética apresentação do segundo tempo, mas que se tivesse atuado de forma correta, teria dado o vermelho para o Fágner e teríamos jogado o segundo tempo com nosso técnico e mais um em campo… Time mandou no primeiro tempo do jogo e o lance desestabilizou o time, mas sejamos francos, não podemos tomar 4 gols em 30 min. Inadmissível a apresentação do time no segundo tempo.

    Agora esse sujeito aí, que se acha árbitro de futebol deveria ser afastado pela comissão de arbitragem. E os comentaristas deveriam tomar vergonha na cara ao falar do lance. Arnaldo “nada sabe” Coelho vem dizer que foi uma entrada temerária e deveria ter tomado amarelo….kkkkk coloca o Júnior Baiano dando uma entrada dessa em qq atacante que o cara seria levado por um camburão!

    Ridículo, tudo e todos ridículos. Futebol brasileiro é uma vergonha… arbitragem horrível, formação de base horrível, “malandragem” do jogador brasileiro (sempre usada de maneira errada) horrível… tem quetomar de 7 nas olimpíadas de novo.

  • Este incompetente infeliz quer se aparecer mais do que aquele árbitro conhecido por Margarida. Quer ficar conhecido, mesmo por arbitragens incoerentes e polêmicas. Ele não quer ficar fora dos centros das atenções. Fora já dos clássicos!

  • Excelente reportagem. Escaldou este infeliz metido juiz de merda.

  • E não vai acontecer nada com esse porcaria desse árbitro? O STJD tinha que anular a expulsão do Zé Ricardo e colocar esse juiz na reciclagem.

  • Eu já pensei que era alguma estratégia “maluca” da diretoria colocar o Mancuello, Cuellar no banco para preservar da “janela” e colocar os “bondes” em exposição pra vir uns “malucos” lá de fora pra contratar… Se isso for verdade essa diretoria é “suicida”, pois se fosse verdade, já teria perdido pontos preciosos pro G4, difíceis de recuperar… Acho (sempre achei) essa diretoria ruim mesmo…

    • Gostaria de acreditar nessa teoria, seria uma tacada de mestre. Mas ta mais pra não da certo, pois esses perebas não fazem nada de bom!!!

  • É uma puta com herpes!

  • Influenciou sim no resultado do jogo. Deixou de dar falta no Edérson, inverteu várias faltas no jogo e inventou aquele escanteio que culminou no gol dos gambás.

  • Juiz não fez 4 gols. Caiam na Real

    • o Fagner é um dos maiores desafogos do Corinthians. Sem dúvida teria que tirar um atacante para cobrir o buraco na zaga. muda tudo.

      • Muda muito, sairia um cara importante para o esquema e alem do mais era o capitão ontem… Não dá para dizer se ganharíamos ou nao… mas que ia influenciar, isso ia… Fora que 5 min depois deu cartão pro Ederson numa faltinha de nada… FDP

  • Ainda teve outro lance, em que esse apitador covarde deu uma falta inexistente contra o Flamengo, amarelou o MA e na sequência do lance sai um gol.

    Criminosa essa arbitragem.

  • bom foi o comentário do Cleber machado depois que o Ederson dá a entrevista no intervalo; uma pena ver que o cleber machado queria mesmo que a perna tivesse quebrado, ele diz: “uma coisa não tem nada a ver com a outra”

    • Eu vi. Chega a ser nojento.

      Se tivessem dado uma dessa no Neymar, esses cuzões iriam ficar todo preocupadinhos e indignados.

      • Por isso parei de assistir futebol depois dessa merda deste Héber R. Lopes parei definitivamente. Ele conseguiu me fazer dar um tempo de tanto nojo desta arregância em que foi vizivel.

    • E o Arnaldo que teve a cara de pau de dizer que não foi nada!??

    • Arnaldo verme pediu desculpas no bem amigos pela merda que falou. Pra mim não diminui em nada vamos hostilizar esse FDP em qualquer lugar.

  • Outro pra botar a culpa só no fraco juiz, enquanto os jogadores estão descansando até quarta,(não sei de que Pq nem correram no segundo tempo.)?os caras não fizeram nem um esforço no depois do primeiro gol, e a culpa é só do juiz horroso?errou e muito mas tbm nos beneficiou em alguns lances, como no impedimento do Cirino que se saísse gol e nos ganhássemos de 1 x 0, queria ver jogador,presidente,torcedor,colunista…fazer tanto escândalo. o maior culpado foi os 11 em campo sim.

    • Culpado foi o juiz que errou no lance é influenciou no resultado…vc.no.minimo e.viuvo da paty

      • E vc um baba ovo do Márcio Araujocerto ?

    • cara. Influencia e muito. imagina, sem o fagner, que é um excelente apoiador, o CB teria que tirar um atacante para recompor a zaga e os gambás perderiam duplamente. Um atacante e um grande apoiador. Ele pode não ser um craque, mas tá rendendo e isso é o que importa.

    • O ruim de uma grande parte de nos, rubro negros, é sempre colocar a culpa no juiz, na torcida (lembra de Brasília), do campo, dá falta de um CT e etc e não admitir que o time é ruim e ponto final. Quando a torcida se conscientizar disso, talvez, as coisas comecem a mudar, mas enquanto isso temos que aguentar Everton, Gabriel, Ederson, Guerrero e demais figuras que só ocupam espaço no clube com tudo do bom e do melhor.

      • Fala isso não mano, todos aqui são dono da verdade e não aceitam críticas ao fraco elenco que temos.

  • Além do juiz, pelo que soube, para o segundo tempo, só foi molhado o lado do campo do ataque do Corinthians.

  • Esse cara conseguiu arrumar problema com o Messi, não precisa dizer mais nada !!

Comentários não são permitidos.