Fla estreia na Sul-Americana em Floripa e emenda maratona

São três jogos de duas competições diferentes e mais de três mil quilômetros a percorrer desde ontem, quando o Flamengo deixou o Ninho do Urubu e seguiu caminho para Florianópolis, onde enfrentará nesta quarta-feira, às 21h45m, o Figueirense pela Copa Sul-Americana. Para não chegarem ao fim da viagem, que ainda passará por Chapecó e Cariacica, esgotados, jogadores podem ser poupados para o time ganhar fôlego.

Na estreia da competição internacional, uma equipe alternativa daria as caras. Ainda que o técnico Zé Ricardo não confirme o time, que poderia até contar com Diego e Guerrero, que cumpriu suspensão na última rodada, juntos pela primeira vez, o mais provável é o uso da reserva para chegar inteiro no fim da jornada, que ainda prevê uma parada em Chapecó, no domingo, para enfrentar a Chapecoense, pelo Brasileiro, e uma esticada até Cariacica, no Espírito Santo, sede do jogo de volta com o Figueirense, na próxima quarta.

— Todo sacrifício é válido neste momento, até a distância da família. Se conquistarmos os títulos, vai valer a pena. É concentração total — declarou Pará, sem adiantar se joga a Sul-Americana, o que, para ele também é uma estreia:

— Nunca disputei uma Sul-Americana, mas aqui no Flamengo colocamos na cabeça que é um campeonato importante e que vamos até o fim. Dá uma vaga na Libertadores, é uma competição internacional e daria retorno financeiro ao clube também.

RIVAL COM TÉCNICO INTERINO

A delegação rubro-negra embarcou com 26 jogadores. Na segunda-feira, durante treino, Zé Ricardo chegou a testar uma formação reserva, que não foi confirmada pelo técnico ontem. Ele avisou que a montagem do time dependerá de uma conversa com os jogadores, mas, se depender deles, todos querem ir a campo.

— Quero jogar. Mas quem decide é o Zé — lembrou Pará.

A fornecedora de material esportivo do Flamengo lançou um novo modelo de uniforme para viagens, sem a predominância do rubro-negro. Nas redes sociais, a reclamação foi devido ao preço: R$ 419,99.

Com a saída do técnico Argel Fucks, o Figueirense será comandado hoje pelo auxiliar Tuca Guimarães.

Fonte: O Globo

Veja também