Zé Ricardo fecha ‘seu turno’ com campanha que Fla só viu uma vez melhor

No dia 26 de maio, a diretoria do Flamengo anunciou que Muricy Ramalho não seguiria no comando da equipe. O interino Zé Ricardo, portanto, recebia a chance de comandar o time rubro-negro. De lá para cá, o treinador foi efetivado no cargo. E, no último domingo, Zé Ricardo completou ‘um turno’ no comando do Flamengo no Campeonato Brasileiro. E o desempenho até agora levou o time para a vice-liderança da competição. A vitória sobre a Chapecoense na Arena Condá representou a 19ª partida de Zé Ricardo à frente da equipe carioca no Brasileirão, somando 11 triunfos, 3 empates e 5 derrotas.

Os 36 pontos conquistados nessa campanha, somados com os 4 da ‘Era Muricy Ramalho’, deixam o Flamengo com 40 pontos, apenas três atrás do líder Palmeiras neste momento do Brasileirão.

A pontuação que o Flamengo atingiu sob o comando de Zé Ricardo é significativa. Desde o início da era de pontos corridos do Campeonato Brasileiro, só em uma oportunidade o Flamengo teve um turno ou returno com pontuação maior: foi no segundo turno de 2009, com 38 pontos. Na ocasião, a espetacular arrancada do Flamengo levou o time ao título do Campeonato Brasileiro.

Na temporada de 2011, o Flamengo também conseguiu somar 36 pontos ao longo do primeiro turno. No entanto, o desempenho do time de Zé Ricardo é melhor, uma vez que obteve duas vitórias a mais em relação ao turno da equipe de cinco anos atrás.

Relembrando

O primeiro jogo de Zé Ricardo no comando do Flamengo foi no dia 29 de maio, quando a equipe rubro-negra conseguiu uma grande vitória sobre a Ponte Preta por 2 a 1, jogando no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. Depois dessa partida, foram mais dez resultados positivos, contra: Vitória, Cruzeiro, Santa Cruz, Internacional, Atlético-MG, América-MG, Coritiba, Atlético-PR, Grêmio e Chapecoense.

No período, o Flamengo também empatou três vezes, contra São Paulo, Botafogo e Santos, e foi derrotado em cinco oportunidades, diante de Palmeiras, Figueirense, Fluminense, Corinthians e Sport. Zé Ricardo, portanto, tem um aproveitamento de 63,1%.

O próximo desafio do Flamengo no Campeonato Brasileiro é no dia 7 de setembro, quarta-feira, contra a Ponte Preta, no estádio Kleber Andrade, em Cariacica. Antes porém, na próxima quarta, o Flamengo duela com o Figueirense, também em Cariacica, pelo confronto de volta da segunda fase da Copa Sul-Americana. Na ida, o time catarinense triunfou por 4 a 2.

Fonte: ESPN

Veja também

  • Alguém pode explicar o q deram pro Pará!? Rapaz! A corrida q ele deu da zaga direto pro ataque pra poder dar a assistência pro Diego foi espetacular! Garoto ta representando!
    Zé seu vacilo foi ter subestimado o Figueirense e superestimado nosso banco, agora vamo ver o q agente arranja na quarta feira. SRN!

    • A questão do Figueirense não foi erro do Zé, amigo. Se você pegar as notícias aqui antes do jogo contra o Figueirense, 90 % da torcida montava seu time alternativo exatamente como ele montou, o que não se esperava era que o Figueirense iria crescer de produção como fez, que inclusive barrou o Santos titular esse fim de semana na Vila, tarefa difícil de acontecer.

      • Creio nos mérito do Figueira tbm, mas técnico não pode cair na pilha de torcida, ele ta o tempo todo com os caras poderia ter tido a percepção q Juan por exemplo tava totalmente fora de ritmo, PV tbm, Chiquinho não é jogador de futebol entre outros, mas dos males o menor, fizemos dois gols é um placar totalmente buscável quarta feira!! Vamo pra cima!!! SRN6! #quecheirinhobom

        • Isso mesmo, tem razão. Agora é ir para cima e fazer o 1º logo no 1º tempo.

      • A escalação não foi o erro, o erro foi o banco de reservas que ele levou e a passividade com que assistiu um time penoso jogar.

Comentários não são permitidos.