Com Diego em campo, aproveitamento do Flamengo é de 91,6%

Desde que chegou ao Flamengo, a Nação deposita em Diego a esperança de bons jogos e resultados positivos – e não se decepcionou. Com o camisa 35 em campo, o Mais Querido disputou oito partidas, vencendo sete e empatando apenas uma, totalizando 91,6% de aproveitamento.

Diego estreou na vitória rubro-negra contra o Grêmio (2×1), em Brasilía. O início não poderia ser melhor, além dos três pontos, o meia ainda marcou um dos gols da partida. Em seguida, Chapecoense (3×1), Ponte Preta (2×1), Vitória (2×1), Palmeiras (1×1), Figueirense (2×0) e Cruzeiro (2×1), todos pelo Campeonato Brasileiro. O meia também estava presente no duelo contra o Figueirense pela Sul-Americana. Na ocasião, o Maior do Mundo venceu por 3 a 1.

No próximo sábado (01), o camisa 35 tem mais um importante confronto pelo Brasileirão e espera manter a boa média com o Manto. O duelo contra o São Paulo está marcado para às 16h, no Morumbi.

Fonte: Flamengo Oficial

  • Ficou nítido no jogo pela Sul Americana que faltou um jogador com inteligência e capacidade para reger o time…Patrick estava morto em campo além de ser muito lerdo. O jogador que poderia ser essa referência (Mancuello), no banco…ai se pergunta orque dá merda…MA, Cirino, só o Zé Ricardo que vê essa importância neles. MA está uma merda só e Cirino eu nem comento mais. MA é para ser opção e nunca titular. Cuellar é muito melhor, mas claro que está sem ritmo. Tem que dar a ele uns três jogos, com o time titular, equilibrado e não entrar no fogo e no final dos jogos. No mais agora é bola pra frente.

Comentários não são permitidos.