Concessionária do Maracanã diz que negociação por rescisão avançou

A pouco mais de um mês da data prevista para a entrega do Maracanã pelo Comitê Rio 2016 a negociação para encerrar o atual contrato de concessão continua, e não tem data para terminar. Consultada pelo blog, a concessionária que administra o estádio afirmou que houve avanço nas conversas para a rescisão com o Governo do Estado do Rio de Janeiro – o que espera que aconteça de forma amigável. Mas, ainda assim, não há qualquer garantia de que a questão seja resovida até 30 de outubro, data em que a organização da Olimpíada tem de liberar a arena. Dessa forma, é provável que o estádio seja de fato devolvido para a concessionária que, contudo, demitiu a maior parte do seu staff. O governo já anunciou que fará uma nova licitação.

A empresa não respondeu ao questionamento sobre o seu quadro de funcionários, mas, sem a rescisão assinada, permanece com a obrigação sobre a operação. E afirmou, através de assessoria, que a cumprirá.

– A Concessionária Maracanã informa que houve avanço nas tratativas com o Poder Concedente, mas a rescisão do contrato ainda não está assinada. A Concessionária acredita numa rescisão amigável.

A Casa Civil, por sua vez, também não deu detalhes sobre como será a operação a partir do dia em que o Maracanã for devolvido pelo Rio 2016, mas deixou claro que, se o contrato não for rescindido até o dia 30, a concessionária continuará “a cargo” da administração:

– As negociações entre o Estado e a Concessionária continuam. O Governo do Estado contratou a Fundação Getúlio Vargas para elaboração da modelagem do processo licitatório de outorga dos serviços de gestão, operação e manutenção do Complexo Maracanã. O Complexo está sob responsabilidade do Comitê Rio 2016 até o dia 30 de outubro. Após esse período, a administração continua a cargo da Concessionária – disse a assessoria do órgão.

Fonte: Bastidores FC

Veja também

  • Historicamente o Brasil não é conhecido como um País que cumpra seus prazos, que dirá antecipá-los. Fico então preocupado se o jogo contra o Corinthians será realizado no Maracanã.
    Olhando para o campeonato como um todo, e jogo contra o Corinthians foi o desvio padrão do campeonato pois o time tomou 4 gols, não fez nenhum e ainda teve o Zé Ricardo expulso no primeiro tempo. O jogo da volta tem de ser a forra em termos de campeonato e ter o Maracaná como palco e mais de 50mil torcedores apoiando o Flamengo seria fantástico.
    SRN

Comentários não são permitidos.