Em semana de grandes emoções, Fla mira concentração dos jogadores

O Flamengo vive um caldeirão emocional nesta semana. Às vésperas do clássico contra o Corinthians, que marcará o retorno do time ao Maracanã depois de quase 11 meses, os jogadores precisam lidar também com a incerteza gerada pela não homologação da vitória sobre o Fluminense, na partida do último dia 13. A preocupação de todos na Gávea é evitar que isso interfira no desempenho nas próximas partidas.

Ex-psicólogo rubro-negro, Paulo Ribeiro destaca que, neste momento, o mais importante é que a diretoria consiga blindar o elenco em relação à questão judicial. Se os jogadores se preocuparem também com o resultado do tribunal, acabarão devendo nas quatro linhas.

– As pessoas só prestam atenção em uma coisa de cada vez – afirmou: – A expressão é batida, mas a diretoria precisa realmente blindar os jogadores. Eles não podem pensar em outra coisa que não seja a partida.

A tarefa, na verdade, não é das mais fáceis. O zagueiro Rever, por exemplo, já foi questionado a respeito do papel do tribunal nesta reta final do Brasileiro. O Figueirense tentou anular a derrota para o Palmeiras na última rodada, mas o pedido foi negado ontem pelo STJD.

– Acredito que virou moda, mas que não vai pegar. É um negócio muito ruim – lamentou o capitão rubro-negro: – Optamos por não tocar mais nesse assunto jurídico. Nós, jogadores, temos de esquecer isso e seguir nossa caminhada em campo.

Fonte: Extra

Veja também